INGREDIENTE A MAIS NO CLÁSSICO BRASIL X ARGENTINA

A seleção brasileira venceu o clássico contra a Argentina por 3 sets a 0(25/22, 25/20 e 25/21) na estreia da terceira fase da Copa do Mundo de Volei, a competição que é disputada no Japão parecia acontecer no Brasil. A cidade d Hamamatsu (local da competição), é uma cidade com grande números de  brasileiros,  por isso, a arquibancada estava tomada de verde e amarelo e o coro de ” Brasil, Brasil “ecoava no ginásio.Porém, o que mais chamou a atenção no jogo ocorreu fora das quatro linhas.

Dentro das quadras, a fim de não levar sustos como no jogo anterior diante da China,  o Brasil entrou com o time titular Marlon, Sidão, Lucão, Giba,  Murilo, Leandro Vissotto e o líbero Serginho.

O JOGO:

1º set:

As seleções entram em quadra  contra a seleção brasileira dispostas a jogar tudo o que sabem. E não foi diferente contra os hermanos. A seleção argentina começou melhor no jogo e já abriu vantagem logo no início, com desfalque do ponteiro Facundo Conte( sentiu dores no joelho), os ataques ficaram por conta do oposto Federico Pereyra( que atua no Brasil na equipe de Montes Claros)  e do ponteiro Rodrigo Quiroga, sem consegui encaixar o bloqueio o Brasil tinha dificuldades em passar na frente do marcador, a vantagem só veio no 14 X 12. A seleção até consgeuiu uma folga no marcador no fim do set, mas a Argentina  voltou a igualar o placar: 22 X 22. Bernardinho parou o jogo e na volta do tempo técnico só deu Brasil: 25 X22.

2º set:

O início do segundo set brasileiro foi melhor e relação ao primeiro, Leandro Vissotto foi o destaque do set e do jogo( no total foram 17 pontos do nosso oposto). Mas na segunda parada obrigatória uma discussão entre o líbero Serginho e o técnico Bernardinho chamou a atenção. O placar marcava 16 X 13 para o Brasil, mas Serginho insatisfeito com os erros infantis do Brasil resolveu desabafar, sobrando até para o técnico brasileiro que acostumado a gritar, dessa vez apenas ouviu. No fim do jogo Serginho minimizou o desentendimento:

Líbero Serginho (Fonte: FIVB)

“- Esse tipo de coisa faz parte. Não conseguimos jogar calados. A nossa equipe tem um espírito guerreiro dentro da quadra e isso foi uma discussão normal. Já havia acontecido outras vezes. O importante é que o campeonato segue e  vamos continuar unidos como sempre. Se for pra discutir e vencer por 3 a 0 sempre, não tem problema.”

A seleção não se deixou se abater após o desentendimento e fechou o set: 25 X 20, abrindo 2 sets a 0 no jogo.

     3º set:

Novamente um início de set equilibrado, mas com bons saques de Giba a seleção abriu no placar 11 X 7. Com um bom volume de jogo a seleção se encaminhava para fechar  a partida.  Na segunda parada técnica o placar mostrava 16 X 10 pra seleção brasileira. No final, a Argentina até tentou diminuir a diferença, mas já nao dava tempo: 25 X 21 para o Brasil e 3 sets a 0 no placar final.

No fim do jogo o Técnico Bernardinho fez sua análise do jogo:

“- Estivemos um pouco apáticos no início do jogo e, independentemente do resultado, temos que buscar uma melhora de atuação sempre. Acho que hoje não alcançamos esse objetivo de melhorar e de usar o jogo de hoje como um degrau a mais para conseguir um desempenho ainda melhor”.

O penúltimo confronto da seleção brasileira será às 4h, segunda-feira, contra a seleção de Cuba. Os canais SPORTV, GLOBO e Esporte Interativo transmitem a partida.

Confira a sguir o momento em que o  líbero Serginho e o técnico Bernardinho discutem:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s