SUPERLIGA 2012/2013- UFJF perde mais uma e segue sem vencer

A equipe da UFJF sofreu sua quarta derrota na SUPERLIGA 2012/2013. Depois de jogar três partidas em casa a equipe de Juiz de Fora viajou para São Paulo para enfrentar a equipe do SESI, mas também não conseguiu vencer. Derrota por 3 sets a 0, parciais de 25 x 23, 25 x 21 e 25 x O próximo confronto será na sexta-feira, às 18h , em São Bernardo do Campo, contra a equipe da casa.

A experiente equipe do SESI cresce nas horas decisivas e vence o jogo. FOTO:  Divulgação-CBV

A experiente equipe do SESI cresce nas horas decisivas e vence o jogo. FOTO: Divulgação-CBV

O JOGO:

O time de Juiz de Fora começou a partida com os seguintes jogadores: o levantador Danilo Gelinski, os ponteiros Juninho e Japa, o líbero Fabio Paes, o oposto Luan e os centrais Aureliano e Lucas( que fez sua estreia na competição).A UFJF começou a partida muito bem. No bloqueio de Lucas, a equipe fez o primeiro ponto. No erro de ataque do oposto Lorena, a UFJF abriu três pontos: 4 x 1. No contra- ataque a equipe do SESI encostou no placar: 5 x 4. No saque de Tiago Bart, o SESI empatou a partida: 6 x6. No bloqueio de Japa , a UFJF foi com vantagem no placar no primeiro tempo técnico: 8 x 6. Mais um erro de ataque do time da casa, 11 x 8 UFJF.

O time da UFJF comemora mais um ponto do oposto Luan

O time da UFJF comemora mais um ponto do oposto Luan. Foto: CBV

 

 Luan forçou o saque e atrapalhou a recepção do SESI, no contra-ataque o oposto da UFJF atacou da linha dos três e marcou o ponto para a equipe mineira: 13 x9.
No bloqueio de Lorena, o SESI diminuiu a vantagem do adversário para dois pontos, mas no erro de saque de Murilo a equipe mineira tinha 16 x 13 na parada técnica. No bloqueio duplo o SESI se recuperou no set , 17×16, o técnico da UFJF, Maurício Bara parou a partida. Bloqueio de Aureliano em cima de Murilo e a UFJF abriu três pontos no fim do set: 20 x 17. em linda defesa de Gelinski, a UFJF pontua no bloqueio 21 x 17. Murilo finalmente fez seu primeiro ponto no set e o SESI voltou para o set: 21 x 20, Bara parou a partida. a UFJF. A Inversão de 5 x 1 não funcionou na UFJF e o time do SESI cresceu no fim do set e virou a partida para 23 x 22. Tiago Bart fechou o set para o SESI em 25 x 23.
          2 ° set
Lorena fez dois pontos e a equipe do SESI fez 2 x 1. No bloqueio a UFJF empatou: 3 x 3. primeiro tempo técnico vantagem minima para o SESI: 8 X 7. A equipe de Juiz de Fora sentiu a virada do priemrio set e o SESI aproveitou para abrir: 11 x7, Bara parou o jogo. Hugo entrou no lugar de Japa e Clinty no lugar de Juninho, mas o SESI no bloqueio ampliou a vantagem 14 x 7, o técnico de UFJF gastou o segundo tempo técnico. Na segunda parada técnica, o time da casa tinha o dobro de pontos: 16 x 8. Na jogada fundo meio, Murilo marcou mais um ponto pro SESI: 19 x 12. A UFJF se recuperou no set com bloqueios de CLinty, Giovane Gávio parou o jogo, 21 x 17 SESI. Em linda jogada de defesa, a UFJF marcou o vigésimo ponto: 23 x 20. No ponto de Lorena o SESI fechou em 25 x 21 e abriu 2×0.

         3 ° set
O terceiro set começou equilibrado, 2 x 2. No erro de jogada de Gelinski para Lucão, o SESI abriu dois pontos: 4 x 2. O levantador da UFJF, Danilo Gelinski sentiu o tornozelo, mas se recuperou. O SESI abriu vantagem no placar, no ponto de Clinty pela entrada de rede a UFJF diminuiu para 6 x 3 a vantagem do SESI. No primeiro tempo técnico : 8 x 4 SESI. O oposto Lorena marcou o décimo ponto: 10 x 5, SESI. Bloqueio de Sidão em cima do Luan e a equipe da casa abriu sete pontos: 12 x 5, a UFJF parou o jogo para pedir equilíbrio para sua equipe.

A equipe do SESI estava mais equilibrada no set e cresceu na partida, Murilo e Lorena chamaram a responsabilidade e na segunda parada técnica o time paulista tinha o dobro de pontos: 16 x 8. Na marcação errada da arbitragem o SESI marcou mais um ponto e no contra ataque a equipe abriu dez pontos: 18 X 10. após um rally, Lorena marcou mais um ponto para o SESI : 20 x9. A UFJF sentiu o placar e não conseguiu reagir, 23 x 11 SESI. No erro de saque de Luan, match point SESI. No ataque o SESI fechou o set em 25 x 12 e o jogo por 3 sets a 0. O troféu viva vôlei de melhor em quadra foi para o ponteiro: MURILO ENDRES.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s