SUPERLIGA 2012/ 2013- RJX está na final da competição

          por Luara Herédia

           A final da SUPERLIGA MASCULINA 2012/ 2013 está definida. Se de um lado o SADA/ CRUZEIRO venceu com facilidade as duas partidas da semifinal e aguardava o seu adversário, RJX X VIVO/ MINAS fizeram três ótimos jogos. No primeiro jogo,  a equipe carioca venceu no tie- break. No segundo jogo, o MINAS empatou a série vencendo por 3 x 0 em casa.

            Hoje, no terceiro jogo da série , o RJX voltou a jogar em casa e em mais um jogo eletrizante com a força da torcida soube fazer o mando de campo  e conquistou a vaga na final por 3 sets a 1.Parciais de 29 x 27, 25  x 17, 22 x 25 e 27 x 25. O central Lucão foi eleito o melhor jogador em quadra.

               A final entre RJX X SADA/ CRUZEIRO será no ginásio do Maracãnazinho , no dia 14/04, às 10h. A Globo transmite a partida ao vivo.

 

Imagem

RJX garante vaga na final da SUPERLIGA 2012/ 2013 e enfrenta o SADA/ CRUZEIRO na decisão

O JOGO

           O primeiro ponto do jogo, já demostrou o que seria um jogo> defesas, ataques e rallys.  O primeiro ponto do jogo foi do MINAS, no erro do ponteiro Dante. Thiago Alves, pela entrada de rede colocou o time carioca na frente: 2 x 1. Na jogada de meio, Maurício empatou o jogo: 3 x 3. Com dois pontos de bloqueio seguidas o time mineiro  abriu vantagem no placar: 6 x 4. O oposto Filip errou o ataque  e o RJX diminuiu a diferença. Na primeira parada técnica, o placar era 8 x 6, VIVO/MINAS. Na  volta do jogo, Théo marcou pela saída de rede: 8 x7.  NO erro de ataque de Lucarelli, o jogo ficou novamente empatado : 9 x 9. Filip recolocou o Minas na frente:  10×9. Após saque de Lucão, a bola voltou para o time carioca que errou a formação da jogada: 11 x 1 0, Minas.  O RJX teve a bola do contra-ataque para virar o set, mas cometeu o erro que virou ponto do Minas: 14 x 13. Após rally,  Quiroga cometeu o erro e o set ficou igual. No saque, o levantador Bruninho colocou o time carioca na frente. Na sequência, Dante no bloqueio colocou o time da casa com dois pontos de vantagem: 16 x 1 4.

           Dante, de novo colocou o time carioca com três pontos de vantagem. O Minas encostou no placar com Lucarelli: 19 x 18, RJX. Na bola de xeque, Filip empatou o set: 20 x 20. No erro de Thiago Alves, o VIVO/ MINAS passou a frente: 2 1 x 20.  No bloqueio duplo de Dante e Riad, o RJX retomou o placar, fazendo o técnico minastenista parar a partida : 22 x 2 1, RJX. O ponteiro da equipe carioca pisou na linha dos três e o set ficou igual de novo. Após o erro, Thiago Alves saiu para a entrada de Thaigo Sens. Quando o placar era 23 x23, o técnico Marcelo Fronckowiak pediu tempo. Empatado em 24 x 24, o  fim do  primeiro set seguiu emocionante. O levantador Evandro entrou para aumentar a rede do Minas. Lucarelli, no contra-ataque recolocou o Minas na frente: 25 x 24. Lucão deixou tudo igual: 25 x 25. Lucão, no bloqueio deu mais um set point para a equipe da casa: 26 x 25. O técnico, Horacio Dileo gastou sue segundo tempo técnico. No bloqueio, Thiago Alves fechou o primeiro set para o RJX: 29 x 27, em 36 minutos.

          2º set        

            No erro de saque de Dante, o Minas abriu o primeiro ponto. Após rally, Lucarelli cometeu o erro e o jogo empatou: 1 x 1. Outro erro do jovem ponteiro  e o time carioca passou a frente: 3 x 2. No bloqueio mineiro tudo igual novamente: 4 x 4. No contra-ataque, Théo colocou a bola no chão e a equipe carioca  abriu dois pontos: 6 x 4. Com dois bloqueios, um pela entrada e o outro pela saída o RJX foi para a parada técnica obrigatória com o dobro de pontos do adversário: 8 x 4. A equipe mineira errava demais e  Horácio Dileo parou a partida para conversar com sua equipe:10 x 5, RJX. O central Henrique marcou ponto de saque e diminuiu a diferença no placar para quatro pontos: 11 x 8. Em mais um erro do time minastenista, o RJX abriu novamente cinco pontos: 14 x 9. Na segunda parada técnica o placar era 16 x 1 1 a favor do RJX.

            No saque forçado de Riad, a bola voltou para o time carioca, na bola de xeque, Dante ampliou a vantagem do RJX. Horácio Dileo parou novamente a partida. NA sequência, o técnico promoveu a inversão do 5 x 1. O RJX demonstrou muito mais volume de jogo, mais sólido e Imagemerrando bem menos que o adversário, o time abriu oito pontos: 21 x 13. Com ampla vantagem e empurrados pela torcida a equipe carioca se encaminhava para vencer fácil o  set. O central Riad fechou o segundo set em 25 x 7, em 22 minutos.

 3º set

           O primeiro ponto do set foi do time carioca. No ponto de saque, Dante colocou o RJX com dois pontos de frente: 2 x 0.  No erro de Lucão, o Minas diminuiu a desvantagem: 3 x 2, RJX.  O VIVO/ MINAS continua mais irregular e cometendo muitos erros viu o adversário abrir vantagem no set: 7 x 4. No primeiro tempo técnico o placar era 8 x 5, para o time da casa. Filip, na largadinha marcou o sétimo ponto da equipe mineira: 9 x 7. O time carioca matinha três pontos de vantagem: 12 x 9. No bloqueio, o VIVO/ MINAS tentou reagir no set e encostou no marcador: 14 x 13, RJX. E usando novamente o bloqueio, o Minas empatou o set: 15 x 15. O MINAS foi com vantagem na segunda parada técnica: 16 x 15.  

           Filip, no saque ampliou a vantagem mineira para dois pontos : 19 x 17, o técnico da equipe carioca parou o jogo. No erro  de ataque de Théo, o Minas abriu Três pontos: 20 x 17.  Inversão de 5 x 1 no time carioca: Da Silva e Guilherme entraram  para o jogo no lugar de Bruno e Théo.  Thiago Sens entrou no lugar de Thiago Alves,  Fronckowiak parou o jogo para ajustar sua equipe. O placar marcava 22 x 19 para o VIVO/ MINAS. O oposto, Da Silva invadiu a quadra adversária e com isso o time mineiro fez: 24 x 20. No saque balanceado de Bruno, o líbero Lukinha errou a Imagemrecepção: 24 x 22, Horácio Dileo parou o jogo. Na sequência, o RJX cometeu erro  que deu o set para o adversário. Em 32 minutos, o Minas venceu por 25 x 22.

 

4º set            

            O central Maurício abriu o set para o Minas. Dante deixou tudo igual: 1  x1 . Henrique, pelo meio fez:  3 x 2, VIVO/ MINAS. No erro de ataque de Thiago Alves, a equipe minastenista abriu dois pontos:  5x 3. No bloqueio, o Minas abriu três pontos e o técnico do RJX, gastou logo um dos seus tempos técnicos. Na primeira parada técnica obrigatória, o placar era 8 x5 a favor dos visitantes. Após rally, Riad marcou o ponto no contra- ataque 8 x 6. Na sequência, o central fez ace  8 x 7. Após invasão por baixo do central Maurício ( que torceu o pé), o set voltou a ficar empatado: 8 x 8. Lucão colocou o RJX com dois pontos de vantagem: 11x 9. Horácio Dileo parou o jogo para reorganizar o time mineiro. Filip, pela saída de rede diminuiu a desvantagem mineira 12  x 11. No bloqueio, Henrique empatou o set. Depois do bloqueio do central Maurício, o Minas tinha dois pontos de vantagem: 16 x14.

Imagem

O aniversariante do dia, Henrique, não recebeu o presente que gostaria.
FOTO: CBV- ALEXANDRE ARRUDA

                Na volta do jogo, o Minas parou mais um ataque do time carioca: 17 x 14. O oposto Da Silva entrou no jogo no lugar de Théo. Lucarelli ampliou a vantagem mineira 18 x14. O ponteiro, Lucas Loh que se recuperou de uma lesão entrou na partida para sacar: 20 x 16, Minas. Lucão diminuiu a desvantagem dos cariocas para dois pontos e o técnico do VIVO/ MINAS pediu tempo para evitar a reação do adversário. O central Lucão, cresceu no set e virou mais uma bola para o RJX: 22x x 20, Minas. Da Silva , enfrentando o bloqueio duplo marcou para os donos da casa: 22 x 21, Minas. A comissão técnica do Minas atrasou a troca de jogadores e a equipe ficou sem o central na rede. Pelo lado do RJX, o central Uallas entrou  no lugar de Bruno para aumentar a rede. O placar era 24 x 23, Minas, Thiago Alves foi para o saque e empatou o set: 24 x 24. Na sequência, Da Silva deu o ponto do jogo  e da final para o RJX: 25 x 24. Lucarelli errou o saque e o time carioca teve mais um match point 26 x 25. A  equipe carioca fechou o set em 27 x 25 , o jogo por 3 x 1 e agora  enfrenta outro time mineiro, o SADA/ CRUZEIRO.

Imagem

VIVO/ MINAS: Marcelinho( levantador), Quiroga e Lucarelli ( ponteiros), Maurício e Henrique ( centrais),  Filip ( oposto) e o líbero Lukinha. Técnico Horacio Dileo

ENTRARAM: Evandro, Michel, Lucas Loh

 RJX:  Bruninho ( levantador) , Dante e Thiago Alves ( ponteiros), Lucão e  Riad (centrais). Théo (oposto) e o líbero Mário Jr. Técnico Marcelo Fronckowiak

ENTRARAM: Thiago Sens, Guilherme, Da Silva, Uallas

 

FOTOS: CBV 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s