[Mundial de Clubes] Sada/Cruzeiro vence e enfrenta Zenit Kazan na grande final

No segundo jogo da semifinal do Mundial de Clubes, o Sada/Cruzeiro cumpriu o seu dever e venceu o Paykan Tehran, do Irã, por 3 sets a 0.Parciais de (25 x 19, 25 x 17 e 25 x 17), garantindo o seu lugar na final da competição, para a alegria da torcida cruzeirense que lotou o Ginásio Divino Braga em Betim (MG). Agora a equipe cruzeirense vai em busca do bicampeonato mundial, mas não terá moleza pela frente. Os brasileiros vão enfrentar o poderoso time russo do Zenit Kazan, que mais cedo venceu o UPCN, da Argentina. A partida será às 15horas, com transmissão do canal ESPN. Antes, às 11h30, UPCN e Paykan se enfrentam pela disputa do 3º lugar.

 Foi a melhor partida da equipe cruzeirense no campeonato, que contou com uma ótima atuação do seu sistema defensivo, sobretudo no bloqueio, que pontuou 11 vezes, contra 5 do adversário.  O ponteiro Leal foi o maior pontuador do confronto com 16 pontos, sendo 14 de ataque, 1 de bloqueio e 1 de saque.

O jogo

 O início de partida foi melhor para a equipe brasileira que chegou a primeira parada técnica obrigatória à frente (8 x 5).  Com a recepção chegando nas mãos do levantador William de forma perfeita, o jogador distribuía as jogadas, dificultando o bloqueio adversário (16 x 12). Se por um lado o bloqueio da equipe iraniana não funcionava, o mesmo fundamento era destaque do lado cruzeirense, contribuindo para o time celeste sair na frente (25 x 19), em 31 minutos.

2º set

O Paykan Tehran voltou à quadra mais vibrante, e no ataque errado do Sada passou à frente pela primeira vez no jogo (2 x 4). Porém, a liderança iraniana não durou muito tempo, na primeira parada técnica os brasileiros já lideravam o marcador (8 x 7). Pontuando no contra-ataque e com um sistema defensivo eficiente, o Cruzeiro construiu uma ótima vantagem (8 x 15).

O técnico da equipe iraniana promoveu algumas alterações em sua equipe, inclusive tirando o experiente levantador italiano Vermiglio. As alterações deram um novo gás ao Paykan, que diminuiu a desvantagem para cinco pontos (20x 15). Mas, com uma ótima margem, os donos da casa se impuseram novamente, e fecharam o set (25 x 17), em 30 minutos.

3º set

 O set começou de um modo mais cauteloso, com as equipes se alternando à frente do marcador (8×7).  No saque, os cruzeirenses ampliaram a vantagem (9×7). No segundo tempo técnico obrigatório, os cruzeirenses lideravam o placar com três pontos (16 x 13). Com um ótimo ritmo em quadra e embalados pela torcida nas arquibancadas, o Sada/Cruzeiro deslanchou no marcador (21 x 14) e se encaminhou para fechar o set com tranquilidade, repetindo o placar o set anterior (25 x 17), e o jogo por 3 sets a 0, se garantindo, mais uma vez, na final do Mundial de Clubes.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: William Arjona, Wallace De Souza, Yoandy Leal , Isac Santos, Eder Carbonera, Filipe Ferraz e Sergio Nogueira

Entraram: Alan Souza, Fernando Kreling, Rodrigo Leão

Técnico: Marcelo Mendez

Paykan Tehran: Saman Faezi, Farhad Ghaemi, Valerio Vermiglio, Amir Ghafour, Mojtaba Mirzajanpour M., Nikolay Nikolov e Mahdi Marandi

Entraram: Mohammadjavad Manavinezhad, Mohammad Reza Hosseini Pouya,

Técnico: Peyman Akbari

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s