[Superliga] Em clássico mineiro, Sada/Cruzeiro derrota o Montes Claros Vôlei

A quinta rodada do turno da Superliga Masculina teve, nesta quinta-feira (26), o clássico mineiro entre Montes Claros Vôlei x Sada/Cruzeiro, marcado pela rivalidade. Até então com uma campanha igual, três vitórias e apenas uma derrota, a equipe do Norte de Minas recebeu, no seu ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (MG), o Cruzeiro, atual campeão da competição, e acabou derrotado por 1 x 3. Parciais de 24 x 26, 21 x 25, 26 x 24 e 22×25.

Uma curiosidade da partida é que ela reuniu jogadores familiarizados com os dois lados. Nesta temporada, o ponteiro Kadu e o líbero Kachel defendem MOC, mas pertencem ao Cruzeiro. Já o central Pedrão, que este ano atua pelo lado cruzeirense, na temporada anterior defendia a equipe do interior.  Essa troca se deve a uma parceria em que os times têm entre si.

O JOGO

Como se esperava, o clássico mineiro começou de forma muito equilibrada, com as equipes forçando muito o saque e tentando atrapalhar a recepção do rival. O set seguiu empatado (11×11), com os levantadores, William, do Cruzeiro, e Índio, de Montes Claros, acelerando as jogadas e levando vantagem sobre o bloqueio adversário (17 x17). Além disso, o set teve uma disputa de opostos, do lado cruzeirense, Wallace, oposto titular da seleção brasileira, do outro, o multicampeão André Nascimento, o Canha, que por muitos anos foi o dono incontestável da posição na seleção nacional. Com o ataque dos times se sobressaindo sobre a parte defensiva, o set seguiu empatado até o fim (23×23), quando, Leal, ponteiro do Sada desequilibrou e fechou o set para os visitantes (24×26), em 30 minutos.

2º set

Os visitantes começaram a segunda parcial mais concentrados (1×3). No tempo técnico, os cruzeirenses tinham o dobro de pontos de Montes Claros (4×8).  Na volta à quadra, a equipe do Cruzeiro seguiu mais agressiva e cometendo mais erros (5 x10). Com a recepção funcionando bem, William abusava das jogadas de meio com Isac. Na segunda parada obrigatória, a equipe de Belo Horizonte liderava por seis pontos (10×16). Na volta à quadra, MOC voltou melhor e reagiu, no bloqueio de Salsa, a equipe do Norte de Minas diminuiu a desvantagem para dois pontos (20×22). Mas no bloqueio de Isac, o Sada freou a reação do adversário e fechou a segunda parcial (21 x 25), em 29 minutos.

3º set

Precisando da vitória para permanecer vivo na partida, os donos da casa começaram impondo o ritmo, com destaque para o ponteiro Kadu, que começou o 3º set como titular (6×3).  O Cruzeiro foi buscar o marcador, porém, com contra-ataques eficientes de Bob, Montes Claros construiu novamente uma excelente vantagem (10 x 7). Com a torcida incentivando, os jogadores correspondiam dentro de quadra, após excelente defesa do líbero Kachel, MOC pontuou no contra-ataque e chegou ao tempo técnico com três pontos à frente (16×13). Na sequência do jogo, a equipe cruzeirense voltou mais regular e foi buscar o set (18×18). A parcial seguiu empatada (20×20), quando, no contra-ataque, o ponteiro Kadu explorou o bloqueio e deu vantagem para os donos da casa (22×20). OS visitantes voltaram a empatar a parcial (23 x 23) e tiveram a chance de tr a bola do jogo, mas Filipe atacou para fora, dando set point para Montes Claros (24×23), e aproveitando dois contra-ataques com Bob, a equipe da casa fechou o set (26×24), para o delírio da torcida presente.

4º set

Assim como na parcial anterior, MOC começou melhor (3 x 0). A recepção a equipe do Norte de Minas funcionava muito bem, facilitando a distribuição do levantador Índio (8×6). Na volta do jogo, o Cruzeiro equilibrou o set e passou à frente, com boa sequência de pontos (11×14).  Na segunda parada técnica obrigatória os visitantes lideravam com quatro pontos de vantagem (12 x 16). Após bela jogada do levantador Rodrigo, Montes Claros diminuiu a desvantagem para dois pontos (17×19) e encostou de vez no placar após erro de ataque do ponteiro Filipe (21 x22), provocando um pedido de tempo de Marcelo Mendez. Com um final de set nervoso, Cruzeiro fechou o set (22 x 25), após erro de ataque de Juninho.

[Foto: Jornal O Tempo]

EQUIPES

Montes Claros Vôlei – Índio,André Nascimento, Rafael, Bob, Renan, Salsa, e Kachel.

Entraram: Wagner, Kadu, Rodrigo, Juninho. Maicon, Rafael

Técnico: Marcelinho Ramos

Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Éder Levi, Isac, Leal, Filipe e Serginho

Entraram: Alan, Fernando,

Técnico: Marcelo Mendez

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s