[Superliga] Derrota para o Sesi no tie-break tira Cruzeiro da liderança

O Sesi-SP suou para vencer o Sada/Cruzeiro na noite deste sábado. A equipe de Marcos Pacheco venceu o então líder Sada/Cruzeiro no tie-break, parciais de 22×25, 25×19, 25×23, 15×25 e 15×12. Com a derrota na Vila Leopoldina, o Sada perdeu a liderança já que o Funvic/Taubaté bateu Maringá também por 3×2 e leva vantagem nos critérios de desempate.

Eleito melhor do jogo, o ponteiro Murilo terminou a partida com 15 pontos. O maior pontuador foi o oposto do Sesi, Theo, com 18 acertos.

O jogo

Longos rallys e alto volume de jogo em ambos os lados mostraram que a partida seria equilibrada. Aproveitando erro na recepção do Sesi, William armou o contra-ataque com Filipe e o Sada chegou à primeira parada obrigatória com 6×8 no marcador. Com eficiência nos contra-ataques e aproveitando erros do Sesi, os cruzeirenses conseguiram abrir vantagem (7×10). Buscando encostar no placar, o técnico do Sesi, Marcos Pacheco, fez a inversão do 5-1 colocando Vinhedo e Rafael em quadra. A mudança surtiu efeito e, em dois bloqueios seguidos, os donos da casa empataram em 16×16. Na reta final do set, o Sesi voltou a errar e o Cruzeiro voltou a ter dois pontos de vantagem. Com o central Isac inspirado no ataque, o Sada manteve a boa atuação e fechou a parcial em 22×25.

Oposto Theo foi o maior pontuador do confronto. (Foto: Sesi-SP/Reprodução Facebook)

2º set

O início do 2º set não foi diferente do primeiro, as duas equipes foram trocando pontos até o bloqueio do Sesi pegar Wallace na saída de rede e, na sequência, pontuar no contra-ataque (7×4). Os erros mudaram de lado e o Sesi aproveitou para ampliar a vantagem (12×8). Na segunda parada técnica, o Sesi vencia por 16×11. Após erro de ataque do ponteiro Douglas Souza, Marcos Pacheco pediu tempo para tentar parar a reação cruzeirense (16×13). Em uma sequência de dois erros do ataque cruzeirense (Isac e Leal), o Sesi abriu seis pontos e Marcelo Mendez pediu tempo (19×13). Atentos na defesa, os paulistas pararam ataque adversário, ampliando a vantagem para sete pontos (21×14). Com o apoio da torcida, o Sesi fechou o set em 25×19 e empatou a partida.

3º set

Vibrante em quadra, o Sesi chegou embalado pela vitória no set anterior e, no contra-ataque do oposto Theo, chegou à primeira parada técnica com dois pontos na frente do Cruzeiro (8×6). Em um dos raros pontos do bloqueio cruzeirense, Leal, Isac e Wallace fecharam a porta para Theo e empataram o set em 9×9. A parcial continuou equilibrada e ninguém conseguia abrir vantagem considerável. No fim do set, prevaleceu o volume de jogo paulista que deu a vitória por 25×23 aos donos da casa.

4º set

Logo no início do set, Marcelo Mendez colocou Winters em quadra no lugar de Filipe. No bloqueio simples em cima do oposto Wallace, Murilo marcou o 5º ponto do Sesi (5×4) e levantou a torcida na Vila Leopoldina. Porém, o Cruzeiro passou à frente em erro de ataque da equipe paulista (6×8). Precisando da vitória para manter a liderança no campeonato, o Sada/Cruzeiro se manteve equilibrado e abriu quatro pontos (11×15). Após pedido de tempo de Marcos Pacheco, o Sesi voltou a errar e deu mais um ponto de graça aos cruzeirenses (11×16). Com Winters no saque, o Cruzeiro continuou a abrir no marcador (11×20). Marcos Pacheco colocou Thaigo Alves em quadra no lugar de Douglas Souza, mas os visitantes estavam inspirados e levaram o set (15×25), empatando o jogo em 2×2.

5º set

O canadense Winters continuou em quadra pelo Cruzeiro, enquanto Pacheco colocou em quadra o time que começou a partida. Após erro da arbitragem e bloqueio em cima de Wallace, o Sesi abriu dois pontos importantes (4×2). Na sequência, Thiaguinho acionou Gustavão no contra-ataque e Marcelo Mendez pediu tempo (5×2). O Sada conseguiu encostar num ponto de bloqueio em cima de Douglas Souza (6×5), mas desperdiçou o saque com o central Éder (7×5). Na troca de lados, o Sesi tinha a vantagem no placar (8×7). Mais uma vez o Sesi abriu vantagem após bloqueio de Aracaju pra cima de Wallace (10×7). Buscando a recuperação, Marcelo Mendez colocou Filipe de volta em quadra no lugar de Winters. O Cruzeiro conseguiu diminuir a vantagem, mas o ponteiro Murilo fechou o set em 15×12 e a partida em 3×2.

Sesi-SP

Thiaguinho, Theo, Aracaju, Gustavão, Murilo, Douglas. Líbero: Serginho (Escadinha)
Entraram: Vinhedo, Rafael, Johan, Thiago Alves
Técnico: Marcos Pacheco

Sada/Cruzeiro

William, Wallace, Isac, Éder, Filipe, Leal. Líbero: Serginho
Entraram: Cachopa, Alan, Vanderson, Winters
Técnico: Marcelo Mendez

Foto destaque: Sesi-SP/Divulgação

Anúncios

2 pensamentos sobre “[Superliga] Derrota para o Sesi no tie-break tira Cruzeiro da liderança

  1. Pingback: [Superliga] Voleisul cai diante do Minas em Belo Horizonte; confira os outros resultados | SACANDO O VOLEI

  2. Pingback: [Superliga] Na briga pela recuperação, Voleisul recebe o Sesi | SACANDO O VOLEI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s