[Superliga] Sada/Cruzeiro confirma favoritismo, elimina São José e enfrenta Sesi na semifinal

A equipe do Sada/Cruzeiro segue firme na tentativa de defender o título da Superliga.  Mesmo longe da sua melhor atuação, os mineiros voltaram a vencer o São José Vôlei por 3 sets a 0(28×26, 25×20 e 25×20) e avançaram para a semifinal. Na próxima fase a equipe cruzeirense irá enfrentar o Sesi, que eliminou o Montes Claros nas quartas de final. As datas das partidas ainda não foram divulgadas pela CBV (Confederação Brasileira de Vôlei).

O JOGO

Aproveitando melhor os contra-ataques e no saque forçado de Leal, o Cruzeiro iniciou a partida liderando o marcador (1×4). Porém, precisando da vitória, São José demostrava garra para buscar o placar e não deixar o adversário deslanchar (10×11). A pressão da equipe paulista deu resultado e, no ace de Alberto, o time da casa passou à frente no marcador (13×12). Insatisfeito com a sua recepção, o técnico Marcelo Mendez colocou o canadense Winters no lugar de Filipe, mas a equipe seguiu inconstante e viu São José abrir dois pontos importantes na reta final do set. Foi a vez dos cruzeirenses buscarem o placar e, novamente na força do saque, a equipe igualou a parcial 20×20). O final do set foi equilibrado, com os dois times tendo chances de definir. Após 33 minutos, Wallace bloqueou Diogo e o Sada fechou o 1º set (26×28).

2º set

Assim como no set anterior, o saque foi o fundamento em destaque. Com dois aces seguidos de Leal, o Cruzeiro começou abrindo vantagem (3×7). Mais regulares na recepção, o levantador William tinha mais alternativas para distribuir as jogadas (13×19). Se do lado mineiro a recepção melhorou, do lado paulista a equipe enfrentava dificuldades em recepcionar e consequentemente virar as bolas. O técnico Renato modificou sua equipe, tirando Lorena e colocando Hugo, mas pouca coisa mudou. Com larga vantagem do adversário, os jogadores se São José arriscaram mais no saque e o resultado foram dois pontos diretos desse fundamento, um de Diogo, outro de Alberto, diminuindo a desvantagem para quatro pontos (16×20), porém não foi o suficiente para impedir que os visitantes fechassem também o segundo set (20×25).

 3º set

O Sada saiu na frente (0x2), mas São José foi buscar o marcador (5×4), no ataque do ponteiro Polaco. A equipe mineira voltou a oscilar e, o técnico Marcelo tentando conter o crescimento do time paulista promoveu modificações, Éder e William saíram para a entrada de Pedrão e Cachopa, respectivamente. As mudanças deram um novo ânimo ao Cruzeiro que voltou a abrir no marcador (13×16). São José chegou a diminuir a desvantagem para apenas um ponto (17×18), mas voltou a cometer erros nos momentos decisivos (19×23) e viu o Cruzeiro fechar o set no mesmo placar da parcial anterior (20×25) e o jogo por 3 sets a 0.  Com 15 pontos, o ponteiro Leal foi eleito o melhor jogador da partida e ganhou o troféu Viva Vôlei.

 Foto:Renato Araújo / Divulgação Sada Cruzeiro

 EQUIPES

SÃO JOSÉ VÔLEI: Rodriguinho, Lorena, Alberto, Everton, Diogo, Polaco. Líbero: Mário Júnior

Entraram: Alemão, Lucas Salim, Matheus, Hugo, Brunão

Técnico: Renato Júnior

 SADA CRUZEIRO: William, Wallace, Isac, Éder, Filipe, Leal.  Líbero: Serginho

Entraram: Winters, Alan, Cachopa, Pedrão

Técnico: Marcelo Mendez

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s