[Superliga] Com incêndio, lesão e muitos erros, Funvic/Taubaté vence primeiro duelo da semifinal contra Campinas

O incêndio em um dos refletores do Ginásio do Abaeté também incendiou a equipe do Funvic/Taubaté na primeira partida da série semifinal contra o Vôlei Brasil Kirin. Diante do seu torcedor, a equipe de Taubaté fez 3×1 (25×19, 25×17, 20×25 e 25×19) e saiu na frente na melhor de três da semifinal da Superliga Masculina.

O ponteiro Lucarelli levou o Troféu VivaVôlei e Lipe foi o maior pontuador, com 19 acertos.

A segunda partida entre as duas equipes será na próxima sexta-feira (1º), em Campinas. O confronto está marcado para às 20h.

O jogo

Por conta do incêndio no ginásio, a partida teve 15 minutos de atraso. Taubaté começou a partida aproveitando os contra-ataques e logo abriu três pontos de frente (5×2). Em um momento de desatenção dos donos da casa, o Brasil Kirin aproveitou para encostar no placar (5×5). Entretanto, a reação durou pouco (8×5). Devido à sequência de erros de Campinas, o técnico Alexandre Stanzioni pediu tempo (11×6). Com dificuldades, o levantador de Campinas, Gonzalez, não conseguia armar as jogadas com seus atacantes O sistema defensivo de Taubaté passou a funcionar e a vantagem dos donos da casa só foi aumentando (16×9). Após abrir dez pontos, Taubaté diminuiu o ritmo e viu Campinas diminuir (23×18). No erro de saque de Lucas Loh, Taubaté fechou o set em 25×19.

2º set

Assim como na primeira parcial, Taubaté contou com contra-ataques para abrir 5×2. Abusando dos erros de saque, Campinas foi dando pontos de graça para Taubaté (8×6). O Funvic/Taubaté foi construindo o placar em erros de Campinas e abriu quatro pontos (14×10). Impaciente, o Brasil Kirin voltou a parar no bloqueio adversário (22×15). No ponto de ataque do central Otávio, Taubaté fez 25×17 e abriu 2 sets a 0 na partida.

3º set

O equilíbrio marcou o início do 3º set. Após rally com boa defesas do líbero de Campinas, o ponteiro Lucas Loh colocou os visitantes na frente (6×7). A vantagem trocou de lado. Após torcer o tornozelo na descida do bloqueio, Lucas Loh saiu de quadra e deu lugar a Ceará, que, na sequência, marcou um ponto de bloqueio (8×9). O Brasil Kirin abriu dois pontos (10×12), forçando pedido de tempo de Cezar Douglas. Aproveitando a confiança adquirida no set, Campinas conseguiu segurar o avanço adversário e se manteve vivo no jogo ao fechar a parcial em 20×25 no erro de ataque de Lucarelli.

4º set

Precisando levar a partida para o tie-break, Campinas entrou mais concentrado para o 4º set. Tentando reencontrar a boa atuação dos dois primeiros sets, Taubaté buscava aproveitar a potência de seus atacante, mas parou e parou no bloqueio de Campinas (7×8). A oportunidade da virada veio em dois pontos seguidos do ponteiro Lipe – um em bola de xeque e outro no bloqueio simples – após bom saque de Lucarelli (11×9). Em um erro da arbitragem, Taubaté fez 12×9, o que abalou Campinas. Para recolocar a equipe no jogo, Stanzioni parou a partida e o Brasil Kirin conseguiu ensaiar uma reação ao parar Sanchez no bloqueio (16×13). No erro de saque de Wallace, Taubaté fechou o set em 25×20.

Funvic/Taubaté
Titulares: Rapha, Sanchez, Deivid, Otávio, Lipe, Lucarelli. Líbero: Felipe
Entraram: Leozão, Pedro, Japa
Técnico: Cezar Douglas

Vôlei Brasil Kirin
Titulares: Gonzalez, Wallace, Maurício, Luizinho, Lucas Loh, Piá. Líbero: Brendle
Entraram: Jotinha, Michael, Vini
Técnico: Alexandre Stanzioni

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s