[Superliga] Maringá estreia na seletiva com vitória e vai decidir vaga contra o JF Vôlei

Nesta terça-feira (29) o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) estreou na seletiva derrotando o UPIS/ Brasília (DF) por 3 sets a 0 (25/16, 25/18 e 25/19), no Ginásio da UFJF. Com a segunda derrota, a equipe da capital está eliminada da competição, já Maringá decidirá nesta quarta-feira (30), às 19h30, contra o JF Vôlei (MG), qual equipe ficará com a última vaga disponível na próxima edição da Superliga Masculina.

 Juiz de Fora e Maringá se enfrentaram duas vezes na Superliga, com uma vitória para cada lado, mas para esse terceiro confronto, as duas equipes têm mudanças significativas. A equipe paranaense perdeu seus dois ponteiros titulares, Thiago Sens, que se transferiu para o Modena (Itália) e o japonês Fukuzawa que retornou ao Japão, mas poderá contar com o experiente levantador Ricardinho que passou a maior parte da Superliga se recuperando de uma lesão. Pelo lado mineiro, o desfalque é o ponteiro  Renato, sétimo maior pontuador da fase de classificação, que foi jogar no voleibol da Indonésia.

 

Após a estreia de sua equipe, o técnico Horácio Dileo comentou do torneio e sobre as mudanças na forma de jogar do seu time. “Para nós é uma seletiva muito difícil, porque tivemos que reajustar todo nosso esquema de recepção e ataque. Amanhã é um jogo que não vai ganhar o melhor, vai ganhar quem estiver melhor e eles têm uma vantagem sobre nós, mas bola para frente”, falou o treinador sobre o confronto decisivo.

O JOGO

Mais experiente, a equipe de Maringá começou a partida melhor, com o levantador Ricardinho distribuindo bem as jogadas (6×3). Precisando vencer o jogo, já que havia perdido o primeiro confronto, a jovem equipe brasiliense acumulava erros e não conseguia parar os ataques do oposto Luan (18×12). A equipe até buscou uma reação após a sequência de bons saques do ponteiro Fernando que atrapalhou a recepção adversária (22×15), mas com longa vantagem, o Copel Telecom não encontrou dificuldades em fechar o 1º set (25×16), em 24 minutos.

 2º set

A segunda parcial começou com a equipe do UPIS mais vibrante e mais regular, o que deu a liderança do placar para o time do Distrito Federal (3×5), mas já na primeira parada técnica, os paranaenses já haviam retomado o marcador (8×7). Com uma sequência de bloqueios, Maringá abriu três pontos (10×7). O técnico do Copel, Horácio Dileo, modificou a equipe, colocando Alemão e Gelinski para jogar nos lugares de Ricardinho e Luan, respectivamente. Aproveitando os erros do adversário e pontuando nos contra-ataques, Maringá foi aumentando a vantagem (21×15) e seguiram para fechar o segundo set (25×18), em 26 minutos.

3º set

Com o oposto Luan e o levantador Ricardinho de volta, Maringá começou a terceira parcial impondo o seu ritmo e no tempo técnico tinha o dobro de pontos do adversário (8×4). A equipe do UPIS/Brasília foi buscar o placar e com excelente saque de Perotto, a desvantagem brasiliense caiu para apenas um ponto (15×14). Após a reação do adversário Maringá voltou a sacar bem com Deivid e Alemão e a equipe voltou a abrir (20×16) e assim se encaminharam para fechar o set (25×19), em 27 minutos.

Foto: Lucilia Bortoe/Sacandoovolei.com

EQUIPES

COPEL TELECOM MARINGÁ VÔLEI: Ricardinho, Luan, Kaio, Uallas, Deivid, Exoce. Líbero Guiherme Gentil

Entraram: Alemão, Gelinski,Élder, Mudo , Aureliano, Rogerinho

Técnico – Horácio Dileo

UPIS/BRASÍLIA: Paulinho, Abuba, Jerson, Perotto, Anderson, Ceará. Líbero: Charles

Entraram: Fernando, Onérikis, Kaic, Arthur

Técnico: Flávio Thiessen

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s