[Pré-olímpico] Irã consegue virada e vence Canadá no tie-break

IranheadcoachLOZANORaulLuciocelebratesvictoryoverCanadaA vitória canadense parecia que viria fácil após abrir 2×0 na partida, porém os iranianos reencontraram sua força para empatar o confronto e vencer o tie-break (29×27, 25×19, 20×25, 21×25 e 14×16).

Apesar da derrota, Gavin Schmitt terminou o confronto como maior pontuador (27 pontos: 22 de ataque, 2 de bloqueio e 3 de saque).

As equipes folgam hoje e voltam à quadra amanhã (30). O Canadá enfrenta a Austrália às 22h10 (horário de Brasília) e o Irã pega a França na madrugada do dia 31, às 3h40 (horário de Brasília).

O jogo

A boa distribuição de jogo do levantador Sanders sem sobrecarregar seus atacantes, principalmente o oposto Schmitt que fez sua primeira partida como titular, ajudou os canadenses a abrir vantagem na parcial. Irã cresceu pouco antes da 2ª parada técnica e reequilibrou o set. Após várias trocas de pontos, um erro de ataque iraniano deu o set para o Canadá 29×27.

2º set

Canadá conseguiu abriu dois pontos no início na parcial, assim como fez no 1º set, e em dois pontos de saque de Schmitt ampliou (8×4). O bloqueio iraniano não encontrava os atacantes adversários, e, sem confiança, os atacantes iranianos não aproveitaram seu poderio nos golpes, facilitando a vida da defesa canadense (18×10). Após pedido de tempo de Raul Lozano, o Irã fez três pontos seguidos em belos rallys. Sem nada a perder, os iranianos foram com tudo para o saque e conseguiram diminuir a vantagem adversária mais uma vez (18×15). Aproveitando a larga vantagem do segundo terço do set, o Canadá fez 2×0 na partida (25×19).

3º set

A vantagem de três pontos conquistada pelo Irã no início do 3º set chegou a ser ameaçada em algumas oportunidades, porém o levantador iraniano Marouf reencontrou o caminho que deu aos iranianos a vitória na estreia. Matando os pontos no side-out e aproveitando as oportunidades nos contra-ataques, o Irã se mostrou mais vibrante em quadra (11×15). Errando saques, os canadenses foram dando pontos de graça aos adversários. Com o aproveitamento no saque em queda, os canadenses não conseguiam compensar no ataque e bloqueio. Em mais um erro de saque do Canadá, o Irã venceu o 3º set por 25×20.

4º set

Embalados pela recuperação no set anterior, os iranianos não diminuíram o ritmo no ataque. Após o ace de Ghaemi, o Irã conseguiu abrir dois pontos (10×12). Sofrendo com os saques adversários, a seleção canadense foi perdendo a confiança e os ponteiros iranianos foram ganhando terreno. Mais uma vez, a boa distribuição de jogo de Marouf e o grande volume de jogo mantiveram a vantagem do Irã que venceu o set em 25×21.

5º set

Sentindo a recuperação iraniana, os canadenses erravam bastante e facilitaram a vida adversária no início do set decisivo (1×3). Com a recepção abaixo do ideal, o levantador Sanders teve dificuldades para distribuir as jogadas (4×7). Após rally, os canadenses conseguiram empatar a parcial e passar à frente no placar pela primeira vez (9×8). Porém, a reação parou ali e, confiantes, os jogadores iranianos voltaram a crescer e venceram o tie-break em 16×14.

Fotos: FIVb

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s