[Europeu] Em final emocionante, Rússia vence Alemanha no tie-break

A final do Europeu reservou grandes emoções para os torcedores de Rússia e Alemanha neste domingo (3), em Cracóvia (Polônia). Após cinco sets e reviravoltas, os russos conquistaram o título continental com o triunfo diante dos alemães por 3×2 (19×25, 25×20, 22×25, 25×17, 13×15). Mais cedo, a Sérvia superou a Bélgica também por 3×2 e ficou com o bronze.

003059_CEV_EUROVOLLEY_M_20170903-232303.JPGA Rússia, que não havia perdido um set na competição até a partida final, sofreu bastante em sua linha de recepção. O equilíbrio no saque deu aos alemães uma pequena vantagem diante dos russos que não conseguiram manter o passe na mão dos levantadores Grankin e Butko durante o confronto. Porém, conseguiram aproveitar os deslizes da Alemanha no set decisivo e conquistar o seu 14º título Europeu.

Mesmo sem o título, o grupo alemão fez história ao chegar ao pódio pela primeira vez e colocou três jogadores na seleção do campeonato. Além disso, o oposto Grozer foi o maior pontuador da final com 27 pontos.

O jogo

A partida começou já exigindo bastante do sistema defensivo das duas seleções. Com a linha de recepção sofrendo com os saques do ponteiro Volkov, o treinador da Alemanha, Andrea Giani, parou a partida em 2×6. Sem o passe na mão, o levantador Kampa acabou forçando demais o jogo em cima do oposto Grozer, facilitando a marcação russa (9×13). A equipe alemã conseguiu equilibrar a parcial, porém cometeu muitos erros no saque e no ataque, dando tranquilidade para os adversários fecharem o 1º set em 19×25.

2º set
Ao contrário do set anterior, a Alemanha se ajustou no passe e ajudar a distribuição de jogo do levantador Kampa, que mostrou boa sintonia com os ponteiros nas jogadas de meio-fundo (4×2). DO lado russo, o levantador Grankin passou a ter dificuldades após boa sequência de saques dos adversários, e os atacantes também não estavam sendo efetivos no ataque (10×6). Comandando o placar e tranquilos na defesa, a Alemanha se manteve equilibrada no ataque (18×11) e jogando a pressão para o outro lado. Elétrico, o oposto Grozer empatou o confronto (25×20).

220949_CEV_EUROVOLLEY_M_20170903-214742.JPG3º set
Após a pausa (quase eterna) de dez minutos entre os sets, o bloqueio russo voltou a aparecer (5×7). Assim como no 1º set, os erros de saque da Alemanha e a eficiência russa no mesmo fundamento, principalmente com o ponteiro Volkov, colocaram a Rússia na frente (6×10). A equipe de Andrea Giani tentou parar os russos nos bloqueios e contra-ataques, porém, mais uma vez, caiu nos próprios erros. Aproveitando as oportunidades cedidas e os ataques do oposto Mikhaylov, os russos voltaram à frente no jogo e fecharam o set em 22×25.

4º set
Buscando levar o jogo para o tie-break, a Alemanha veio com tudo no 4º set. Com bloqueios em momentos importantes e os erros do ataque russo, a seleção alemã conquistou a confiança necessária para arriscar no saque (12×9). Perdidos em quadra, os russos viram os adversários abrir oito pontos (18×10). Restava apenas se reorganizar para o tie-break, e foi o que o treinador Sergey Shylapnikov fez após tirar o levantador Butko e recolocar Grankin em quadra. Mais uma vez, Grozer fechou o set para a Alemanha (25×17) e o título foi decidido no set desempate.

5º set
Um set de tiro curto pede mais atenção das equipes e, assim, o equilíbrio ditou o ritmo do tie-break. Na virada de quadra, a Alemanha vencia por 8×7, porém os russos conseguiram a virada com um ponto de Volkov explorando o bloqueio alemão (8×9). A Alemanha passou pecar nos ataques e a sofrer com a presença do bloqueio russo, que tinha três atacantes na rede (9×12). Com a confiança minada, o saque alemão, que antes havia feito estrago na recepção dos russos, perdeu a potência e deu a tranquilidade necessária para a armação das jogadas dos adversários. Oscilante em outros momentos, o oposto Mikhaylov apareceu no momento certo e fechou o set em 13×15.

Rússia
Grankin, Mikhaylov, Volkov, Volvich, Vlasov, Berezkho. Líberos: Martynyuk e Golubev
Entraram: Kliuka, Butko, Zhigalov, Kurkaev.
Técnico: Sergey Shylapnikov

Alemanha
Kampa, Grozer, Krick, Kaliberda, Fromm, Böhme. Líbero: Zenger
Entraram: Schott, Hirsch, Zimmermann
Técnico: Andrea Giani

Fotos: CEV.lu

Anúncios

Um pensamento sobre “[Europeu] Em final emocionante, Rússia vence Alemanha no tie-break

  1. Pingback: [Europeu] Rússia e Alemanha dominam a seleção do Campeonato; Mikhaylov é MVP | SACANDO O VOLEI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s