[Mineiro] Sada fecha fase classificatória com vitória diante do Minas

Sada Cruzeiro e Minas Tênis Clube fizeram mais um clássico estadual no Ginásio do Riacho, em Contagem. Em partida válida pelo Campeonato Mineiro 2017, a Raposa venceu o duelo por 3×1, parciais de 25×22, 25×21, 20×25 e 26×24, e o ponteiro Leal foi eleito o melhor da noite de sexta-feira (15).

Desta maneira, o Sada terminou a fase classificatória de maneira quase perfeita, não fosse o ponto perdido na vitória contra o Montes Claros, os comandados de Marcelo Mendez teriam 100% de aproveitamento em pontos. Invictos, os cruzeirenses agora dão uma pausa no Estadual e viajam para a Argentina onde disputam um torneio amistoso como parte da preparação para o Mundial de Clubes.

O Minas, por sua vez, viaja a Montes Claros para duas partidas contra a equipe local nos dias 19 (terça) e 21 (quinta).

O jogo

Com bloqueio bem colocado e com o passe na mão do levantador Uriarte, o Sada Cruzeiro comandou o placar do início ao fim na primeira parcial. Errando bastante, o Minas só conseguiu um respiro na reta final quando melhorou seu saque flutuante. Porém, o Sada Cruzeiro levou o primeiro set em 25×22.

DJzg7x7UIAAEft8.jpgMantendo o equilíbrio no saque, o Minas começou melhor no 2º set, entretanto voltou a cometer erros no fundamento. O Sada Cruzeiro conseguiu abrir dois pontos no placar mesmo sendo incomodado com a presença do bloqueio adversário (19×17). Aproveitando mais as oportunidades, os donos da casa fecharam o set em 25×21 no ponto de Leal na pipe.

O Minas chegou com várias mudanças em sua formação no 3º set que deram novo gás à equipe, com destaque para o jovem ponteiro Honorato. A defesa do Minas também mostrou melhora assim como o saque. Enquanto isso, o Sada parecia bagunçado em quadra, errando bastante no ataque (11×17). Os minastenistas mantiveram o ritmo e conseguiram vencer a parcial em 20×25, após erro de saque de Pablo.

O 4º set foi inteiro de alternâncias no placar e o jogo teve uma esquentada nos ânimos devido a marcações da arbitragem em lances difíceis. O Minas caiu um pouco de rendimento e o volume de jogo do Sada voltou a aparecer (12×10). Após pedido de tempo e com o retorno do ponteiro Bob, o Minas reequilibrou o jogo (19×19). Na reta final do set, ambas as equipes voltaram a se exaltar com a arbitragem. Os visitantes chegaram a ter um set point a favor, porém dois erros seguidos deram o match point para os cruzeirenses que não desperdiçaram. No contra-ataque de Filipe, o Sada fez 26×24 e fechou o jogo em 3×1.

Sada Cruzeiro
Uriarte, Evandro, Simon, Éder Levi, Filipe, Leal. Líbero: Serginho.
Entraram: Pablo, Cachopa, Alemão e Robert.
Técnico: Marcelo Mendez

Minas Tênis Clube
Marlon, Davy, Flávio, Pétrus, Bob, Bisset. Líbero: Maique.
Entraram: Carísio, Felipe Roque, Honorato, Rogerinho e Vanole.
Técnico: Nery Tambeiro

Fotos: Sada Cruzeiro/Reprodução Twitter

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s