[Superliga] Em confronto direto, Montes Claros leva a melhor sobre o JF Vôlei

Empatados em números de vitórias e derrotas, JF Vôlei e Montes Claros entraram em quadra na noite de ontem (13) com a pressão do confronto direto. Prevaleceu a experiência, e a equipe do Norte de Minas levou a melhor e venceu os juiz-foranos por 3×1, no ginásio da UFJF, com parciais de 23×25, 20×25, 25×20 e 23×25. O troféu Viva Vôlei ficou com o oposto Lorena, do Montes Claros.

Com uma campanha muito aquém do potencial da equipe, Montes Claros comemorou bastante a vitória fora de casa. “A importância, mais do que nunca, foi de o grupo ganhar confiança. Não treinamos mal, fazemos jogos muito bons, perdemos alguns sets para times grandes jogando de igual para igual. Temos passado por situações difíceis e o grupo tem tomado atitudes de que quer passar por cima dos problemas. Foi importante a vitória para já pensar longe, em querer estar entre os oito, e, num confronto direto de seis pontos, não podemos dar mole”, disse o técnico do Montes Claros, Sérgio Cunha.

DSC00665.jpgBastante criticada nas arquibancadas, a recepção de Juiz de Fora sofreu com a variação de saque de Montes Claros nos momentos decisivos. “A nossa recepção funcionou por muito tempo com pouquíssimos erros, talvez, em alguns momentos, ela não estava perfeita na mão do levantador. Eles praticamente não fizeram ponto de saque, o que foi um ponto positivo. O flutuante deles foi um flutuante muito agressivo, acelerado e próximo à rede, um saque muito difícil de receber. É trabalhar cada vez mais que os passes C virem passes B e que os passes B virem passes A para que a gente possa fazer uma boa saída de jogo e elevar o nível do ataque”, avaliou Henrique Furtado, treinador do JF Vôlei.

Na próxima rodada, Montes Claros recebe o Minas Tênis Clube, em mais um clássico estadual, no dia 19 de janeiro. No dia seguinte, o JF Vôlei enfrenta o Vôlei Renata, no ginásio do Taquaral, em Campinas.

O jogo

A partida começou bem equilibrada, porém Montes Claros pecava bastante no saque (13×12). Mesmo sem muitas oportunidades no side-out (devido aos erros de MOC no fundamento), a distribuição de jogo do levantador Adami proporcionou dinamismo ao jogo de Juiz de Fora. Na reta final do set, os donos da casa abriram quatro pontos de vantagem, forçando dois pedidos de tempo de Sérgio Cunha. Após as pausas e as entradas de Cristiano, Alemão e Luan, Montes Claros conseguiu encostar com dois bloqueios do central Mesa. Confiante na recuperação, o MOC empatou a parcial e virou o jogo para vencer o 1º set em 23×25.

DSC00608.jpgAssim como no set inicial, o jogo se manteve equilibrado e com o bloqueio de Juiz de Fora incomodando. Porém, Montes Claros se manteve focado na defesa e, aproveitando a melhora de seu saque, conseguiu fazer com que a recepção do JF Vôlei dificultasse os levantamentos (10×12). Com o ataque caindo de produção, os juiz-foranos pouco puderam fazer para reequilibrar o duelo e foram superados por 20×25. Destaque para a boa distribuição de jogo do levantador Sandro, principalmente nos contra-ataques com o oposto Lorena.

Precisando da vitória no set para poder sonhar com pelo menos um ponto a mais na classificação, o JF Vôlei conseguiu manter a calma para aproveitar os erros de Montes Claros (15×13). Ao contrário do 1º set, os juiz-foranos não deixaram MOC encostar após abrir quatro pontos no placar (20×16). No fim, Juiz de Fora devolveu o placar do set anterior e se manteve vivo no jogo.

Os donos da casa começaram bem no 4º set, chegando a abrir quatro pontos com a ajuda do bloqueio e contra-ataques (5×1). Após sequência de saques do oposto Lorena, Montes Claros conseguiu a reação e passou à frente (14×15). E foi neste mesmo fundamento que o central Tarcísio voltou a bagunçar a recepção de Juiz de Fora, dando ao Pequi Atômico boa vantagem no final do set (16×19). Juiz de Fora esboçou uma reação após dois erros de ataque de Lorena, porém o oposto não desperdiçou a terceira oportunidade e fechou o set em 23×25 para os visitantes.

JF Vôlei
Adami, Emerson, Bruno, Rômulo, Leozinho, Rammé. Líbero: Juan.
Entraram: Welinton, Felipe, Athos
Técnico: Henrique Furtado

Montes Claros Vôlei
Sandro, Lorena, Mesa, Tarcísio, Zanotti, Najari. Líbero: Vanderson.
Entraram: Cristiano, Alemão, Luan

Fotos: Lucilia Bortone/Sacandoovolei

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s