[Olimpíadas] Brasil estreia com susto e apatia diante do México

Após um sonoro 3×0 da Itália contra a França na partida que abriu o primeiro dia do vôlei masculino nos Jogos do Rio, foi a vez do Brasil fazer sua estreia na competição. O que se viu, porém, foi uma equipe nervosa e assustada diante da vitória mexicana no primeiro set. A torcida sentiu o momento ruim dos brasileiros e conseguiu empurrar a seleção à vitória nos três sets seguintes. As parciais foram 23×25, 25×19, 25×14 e 25×18.

“Nosso saque não foi eficiente no primeiro set e a velocidade que o México apresentou nos pegou de surpresa. Queríamos ter jogado melhor, mas o saque é muito importante no voleibol moderno e, como o nosso não funcionou, a defesa também teve problemas”, analisou o técnico Bernadinho.

Rudy Verhoeff of Canada celebrate

Canadá sobra diante dos EUA

Um dos resultados surpreendentes do dia foi a vitória do Canadá sobre os Estados Unidos por 3×0 (25×23, 25×17, 25×23). Os canadenses sobraram diante dos americanos que cederam 28 pontos em erros.

A apatia francesa no início do primeiro set contra os italianos foi outra surpresa do dia. A seleção italiana chegou a abrir 9×0 na parcial e a atitude da seleção da França custou o resultado, dando a vitória para a Itália por 3×0, parciais de 25×20, 25×20 e 25×15

Confira os resultados da rodada

Jogos Olímpicos 2016

Fase de Grupos – 1ª rodada – Masculino – 07.08.2016

Grupo A

Itália 3 x 0 França (25×20, 25×20, 25×15)
Brasil 3 x 1 México (23×25, 25×19, 25×17, 25×18)
EUA 0 x 3 Canadá (23×25, 17×25, 23×25)

Grupo B

Polônia 3 x 0 Egito (25×18, 25×20, 25×17)
Rússia 3 x 0 Cuba (25×17, 25×19, 22×25, 25×18)
Argentina 3 x 0 Irã (25×23, 26×24, 25×18)

Com informações da Rio 2016
Fotos: FIVb

Anúncios

[Jogos Olímpicos] Egito derrota Minas em amistosos e sonha com primeira vitória em Olimpíadas

DSC01262Em Juiz de Fora, a seleção do Egito venceu os dois amistosos contra o Minas Tênis Clube durante sua preparação para os Jogos Olímpicos do Rio. Ontem (28), no primeiro encontro, os egípcios fizeram 3×2 e demonstraram seu bom potencial de ataque e volume de jogo. Já nesta sexta-feira (29), os africanos venceram por 3×0 e também levaram o set “extra”.

As partidas, que aconteceram na Universidade Federal de Juiz de Fora, tiveram grande público, apesar do frio. Além da receptividade da torcida, a descontração dos atletas também chamou bastante atenção. O central egípcio Halim foi um dos que caíram nos braços dos juiz-foranos tanto pela simpatia quanto pelo nome “inusitado”.


Veja mais imagens dos confrontos: Jogo 1 | Jogo 2


Amistoso Egito x Minas Tenis ClubeO período dos egípcios em Juiz de Fora se encerra nos próximos dias quando a equipe parte para o Rio de Janeiro, onde dará continuidade aos treinamentos para a estreia nos Jogos, no dia 7 de agosto, contra a Polônia. A tarefa não será fácil, porém a evolução do grupo já foi sentida pela comissão técnica. “Alcançamos todos os nossos objetivos até agora, entre eles chegar ao Rio em um bom nível, uma vez que tínhamos três jogadores recém-integrados à equipe, dois deles voltando de lesão. Jogamos bem os amistosos, principalmente a segunda partida”, disse o técnico Sherif Elshemerly.

O treinador vê como possível o sonho da primeira vitória em uma edição de Jogos Olímpicos. “Nosso maior objetivo nos Jogos é vencer uma partida pela primeira vez. Esperamos nos apresentar bem na estreia contra a Polônia e, após essa partida, analisaremos nosso confronto com Cuba”, finalizou.

Os egípcios estão no Grupo B ao lado de Argentina, Polônia, Cuba, Irã e Russia Recentemente a equipe disputou a 2ª divisão da Liga Mundial que teve o Canadá como campeão.

Fotos: Lucilia Bortone/Sacandoovolei

[Jogos Olímpicos] Canadá, Polônia e Egito realizam amistosos com equipes brasileiras

Falta pouco mais de uma semana para a abertura dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro e diversas seleções já estão em solo brasileiro para aclimatação. Campeões mundiais em 2014, os poloneses escolheram Belo Horizonte e o CT do Sada/Cruzeiro para seus treinamentos; já o Canadá, que venceu o Grupo 2 da Liga Mundial em 2016, está em Taubaté.

Treino Egito 25072016

Egito treina em Juiz de Fora desde a última segunda-feira (25) [Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei]

Apesar de não figurarem entre as grandes equipes no cenário mundial, a seleção egípcia é uma das delegações que utiliza o Centro Olímpico da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Entretanto, a preparação dessas equipes não se limita a treinamentos. Na noite de hoje (28) e na tarde de amanhã (29), o Egito faz amistosos com o Minas Tênis Clube no ginásio da UFJF. A entrada é restrita para aqueles que se cadastraram no Portal da Universidade.

Também na sexta-feira, o ginásio do Riacho, em Contagem, será o palco do primeiro confronto entre Sada/Cruzeiro e Polônia; o segundo encontro entre poloneses e cruzeirenses acontece na terça-feira (2). A venda de ingressos começou nesta quinta-feira na Sede Administrativa do clube mineiro.

No sábado (30), o Funvic/Taubaté abre os portões do Abaeté para o amistoso contra o Canadá, que chegou ontem (27) à cidade do Vale do Paraíba. Para o Taubaté esta será uma oportunidade de fortalecer a preparação da equipe para a Copa São Paulo que será disputada no próximo mês.

Com informações do Sada/Cruzeiro, UFJF e Vôlei Taubaté

[Jogos Olímpicos] Com surpresa na lista, Bernardinho divulga os 12 atletas convocados

Depois de conquistar o vice-campeonato da Liga Mundial, nesta segunda-feira (18), Bernardinho definiu os 12 atletas que irão disputar os Jogos Olímpicos.A grande surpresa foi o corte do bicampeão mundial Murilo, o jogador que se recuperava de uma contusão na panturrilha esquerda e já não tinha participado da fase final da Liga Mundial, era o ponteiro mais experiente do Brasil. Os outros dois jogadores cortados foram o central Isac , que também vinha se recuperando de lesão nas costas e o líbero Tiago Brendle, que perdeu a disputa para o experiente Serginho.

Murilo Endres é bicampeão mundial (2006 e 2010), e foi escolhido como o melhor jogador do mundo em 2010. Nas duas últimas Olimpíadas (2008 e 2012), foi vice-campeão olímpico, sendo eleito o MVP dos Jogos de Londres.  Porém, nos últimos anos o jogador vem sofrendo com lesões, foram duas cirurgias no ombro, algumas leves contusões e só nesta Liga Mundial, o ponteiro sofreu com estiramento no peito e uma contusão na panturrilha.

A seleção brasileira chega na manhã desta terça- feira(18) no país e os jogadores terão dois dias de folga e se reapresentam na sexta-feira(22), em Saquarema, Rio de Janeiro para o treinamento final para a Olimpíada.

O Brasil está no grupo A da Olimpíada, ao lado de Canadá, Estados Unidos, França, México e Itália. A estreia brasileira será no dia 07/08, contra os mexicanos. O grupo B tem Argentina, Cuba,Egito, Irã, Polônia e Rússia.

Lista de convocados

Levantadores: Bruno e William

Opostos: Wallace e Evandro

Ponteiros: Lucarelli, Maurício Borges, Lipe e Douglas Souza

Centrais: Lucas, Éder e Maurício Souza

Líbero: Serginho

[ Foto: Internet]

[Liga Mundial] Sem dificuldades, Brasil vence Itália na abertura da fase final

 

A seleção brasileira estreou muito bem diante da Itália na fase final da Liga Mundial, fase que está sendo disputada em Cracóvia, na Polônia.  O Brasil se impôs e não deu chances aos italianos, vitória por 3×0, parciais de 25-18, 25-20 e 25-19.  O ponteiro Lucarelli, que era dúvida antes do jogo por causa de uma lombalgia, foi novamente o maior pontuador da partida, com 14 pontos. Amanhã (14), os brasileiros têm folga e voltam à quadra na sexta (15), às 15h30, para um duelo diante dos Estados Unidos. O jogo terá transmissão do Sportv.

Um fundamento que ganhou elogio do sempre exigente Bernardinho foi o saque, para o comandante brasileiro, esse foi a chave do bom jogo de sua equipe. “Eu acho que fizemos um bom jogo. Estamos trabalhando duro no saque, é muito importante para todos os times do mundo. Talvez nos anos anteriores tivemos problema neste elemento, mas nós estamos tentando corrigi-lo”

Bruno, levantador e capitão da seleção verde e amarelo também elogiou a equipe, mas fez questão de ressaltar que não tem nada ganho. “É claro que estamos felizes com o resultado, pois competimos e vencemos uma forte equipe, mas não podemos ser muito confiantes, porque há um longo caminho pela frente. A Itália não jogou o máximo das suas capacidades e precisamos lembrar disso. Nos Jogos Olímpicos nós estaremos no mesmo grupo e teremos de estar focados como o hoje para fazer o mesmo.

O JOGO

A Itália abriu o placar com um ponto espetacular com Juantorena.  Os jogadores do técnico Roberto Blengini começaram melhores e construíram uma vantagem de dois pontos, mas o Brasil não desistiu e levou 8-7 no primeiro tempo técnico fora.  Após a volta da parada técnica os brasileiros se acertaram e impulsionados pelos ataques da dupla Lucarelli-Wallace construíram uma vantagem16-12. Zaytsev tentava recolocar a Itália no set, mas no ataque de Maurício Souza os brasileiros venceram a parcial 25-18.

wallace

_  Wallace enfrenta bloqueio de Zaytsev e Birarelli. (Foto: FIVB/Divulgação)

 Assim como no set anterior, a Azzurra iniciou na frente, mas viu o adversário virar o placar 10-7. Sem intensidade a Itália via os brasileiros comandarem o marcador 14-8. Os italianos buscaram uma reação 17-14, mas que foi rapidamente interrompida pelo Brasil 25-20.

O Brasil construiu uma vantagem de três pontos no primeiro tempo técnico 8-5. Porém, a Itália não estava disposta a entregar a partida tão facilmente para o adversário e fez uma primeira metade de set equilibrada 14-14. Novamente o volume de jogo brasileiro fez a diferença e eles voltaram a dominar o set 20-15, e se encaminharam para fechar o set 25-19, após ataque do central Maurício, que realizou uma ótima partida.

– Com fotos e informações da FIVB

[Jogos Olímpicos] Seleção de Bernardinho cai em ‘grupo da morte’

Com o fim do pré-olímpico de vôlei e a definição das 12 seleções masculinas que irão disputar a Olimpíada, competição que acontece entre os dias 7 a 21 de agosto, no Rio de Janeiro. Nesta segunda-feira (6), foram divulgados como ficou a divisão. A equipe da casa está no Grupo A, ao lado de Canadá, Estados Unidos, França, México e Itália. Do outro lado, no Grupo B, estão Argentina, Cuba, Egito, Polônia, Rússia e Irã, que fará sua estreia na principal competição esportiva. Se classificam para a segunda fase os quatro primeiros colocados de cada grupo.

O Grupo A  já pode ser considerado o “da morte” da fase  inicial dos Jogos Olímpicos, pois conta com rivais tradicionais como Itália, segunda maior vencedora da Liga Mundial,apenas atrás dos brasileiros; EUA que foram campeões olímpicos em 2008; a França, que vem crescendo no cenário mundial nos últimos anos e é a atual campeã da Liga Mundial; além de Canadá e México que podem aprontar diante de seus adversários.

Veja como cada seleção garantiu a classificação para os Jogos Olímpicos:

MenGroupsOGArgentina –Pré-olímpico sul-americano; Brasil – País sede; Canadá – Pré-olímpico Mundial/Tóquio;
Cuba –Pré-olímpico Norceca; Egito –  Pre- olímpico africano; EUA – Campeã da Copa do Mundo 2015; França – Pré-olímpico Mundial/Tóquio; Itália –Vice-campeã da Copa do Mundo 2015; Irã –  Pré-olímpico Mundial/Tóquio; México – Pré-olímpico Mundial/Cidade do México; Polônia – Pré-olímpico Mundial/Tóquio; Rússia –Pré-olímpico Europeu
Com fotos e informações da FIVb