[Superliga] Returno começa hoje (21) e promete mais equilíbrio

Sem chance de respirar, a Superliga 2017/2018 já inicia a segunda metade da fase de classificação. Hoje (21), cinco partidas abrem a disputa do returno da competição nacional: Sesi-SP x Copel Telecom Maringá Vôlei; Montes Claros x Lebes Canoas; Minas Tênis Clube x JF Vôlei; Vôlei Renata x Ponta Grossa Caramuru Vôlei; e EMS Taubaté Funvic x Sesc-RJ.

O duelo entre Taubaté e Sesc, que abriu esta edição da Superliga, encerra o calendário de 2017 com muita história. Surpreendendo muita gente, a equipe do Rio de Janeiro logo mostrou a que veio vencendo os atuais vice-campeões na estreia. De certa forma, será a chance de uma revanche. “Estamos muito focados e fazendo uma preparação muito forte, pois esse jogo vai exigir nosso máximo em todos os aspectos. O Sesc-RJ está fazendo um campeonato muito regular. E a motivação é muito alta, principalmente por termos perdido a primeira partida lá no Rio”, disse o central Otávio.

DSC09447.jpgEquilíbrio de topo ao lanterna
Com apenas 3 pontos separando o Caramuru de uma posição entre os oito primeiros, a briga por uma vaga nos playoffs vai se acirrando e toda partida agora é uma final. Atualmente na nona colocação com 11 pontos, os paranaenses terão a chance de incomodar ainda mais o Vôlei Renata e o Canoas na tabela. Mesmo atrás em número de vitórias, o Ponta Grossa Caramuru vem se apresentando muito bem nessa temporada. Porém, Caramuru não pode relaxar porque, mesmo não fazendo um bom 1º turno, o Montes Claros (10º) pode recuperar a nona colocação se vencer o Canoas nesta quinta-feira.

Com apenas dois pontos conquistados, JF Vôlei e Maringá estão na luta pela recuperação na Superliga. Os mineiros vêm fazendo boas partidas, porém pecando bastante nos finais de sets. Oscilando mais, o Copel Telecom Maringá ainda não conquistou uma vitória na competição e, assim como Juiz de Fora, precisa pontuar para não ficar mais perto da Superliga B.

Superliga 2017/2018 - JF Vôlei 0 x 3 Corinthians-Guarulhos - 14Cruzeiro e Corinthians? Só em 2018

Devido à participação no Mundial de Clubes e a longa viagem de volta ao Brasil, o Sada Cruzeiro encerra da 1ª rodada do returno enfrentando o Corinthians-Guarulhos somente no dia 16 de janeiro. Sobre a longa folga, o técnico do Corinthians, Alexandre Stanzione, não vê só pontos negativos. “Tem os dois lados. Atrapalha um pouco porque você perde um pouco de ritmo, mas nós estamos numa tocada muito grande desde a Taça Ouro. Agradecemos um pouco o espaço para dar uma zerada na cabeça, cuidar do corpo, e voltar bem, com uma intensidade maior. Lógico que se perde um pouco de ritmo trabalho de jogo, mas acho que vamos ganhar um pouquinho na nossa consistência física”, disse Stanzione após a vitória diante do JF Vôlei na última rodada do turno.

Superliga Masculina 2017/2018 – 1ª rodada – RETURNO

21.12.17
19h – Sesi-SP x Copel Telecom Maringá Vôlei
19h – Montes Claros Vôlei x Lebes Canoas
19h30 – Minas Tênis Clube x JF Vôlei
20h – Vôlei Renata x Ponta Grossa Caramuru
21h30 – EMS Taubaté Funvic x Sesc-RJ (SPORTV)

16.01.18
20h – Sada Cruzeiro x Corinthians-Guarulhos (SPORTV)

Com informações da CBV
Fotos: Lucilia Bortone/Sacandoovolei

Com Sesi já garantido nas finais, Copa Brasil 2018 tem tabela divulgada

Com o término do turno da Superliga 2017/2018, já temos as equipes classificadas para a edição 2018 da Copa Brasil. Além do Sesi-SP – que sediará a fase final da competição –, estarão na disputa: Sada Cruzeiro, Sesc-RJ, EMS Taubaté Funvic (atual campeão), Minas Tênis Clube, Corinthians-Guarulhos e Vôlei Renata.

A fase classificatória da Copa Brasil terá três partidas no dia 9 de janeiro de 2018 que definirão os semifinalistas que se juntarão ao Sesi na reta final na Vila Leopoldina. Voltando da folga de fim de ano e da conquista do bronze no Mundial de Clubes, o Sada Cruzeiro enfrenta o Vôlei Renata, em Minas Gerais, e o Sesc-RJ recebe o Corinthians-Guarulhos. Defendendo o título conquistado em 2017, o EMS Taubaté terá o Minas Tênis Clube como adversário. Semifinais e final estão marcadas para os dias 25 e 27 de janeiro, respectivamente.

Parte do calendário desde 2014, apenas Sada Cruzeiro e Taubaté conquistaram o título da Copa Brasil neste formato. Em 2007 a competição foi em caráter amistoso e teve a extinta equipe da Cimed conquistando o título.

Copa Brasil 2018 – Masculino

Fase classificatória – partida única

09.01 (TERÇA-FEIRA) – Sada Cruzeiro (MG) x Vôlei Renata (SP), às 20h, no Riacho, em Contagem (MG)
09.01 (TERÇA-FEIRA) – Sesc RJ x Corinthians-Guarulhos (SP), às 17h, no Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ)
09.01 (TERÇA-FEIRA) – EMS Taubaté Funvic (SP) x Minas Tênis Clube (MG), às 20h, no Abaeté, em Taubaté (SP)

Semifinais

25.01 (QUINTA-FEIRA) – Vencedor do jogo 1º x 6º x Vencedor de 2º x 5º, às 20h, no Sesi da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP)
25.01 (QUINTA-FEIRA) – Sesi-SP x Vencedor do jogo 3o x 4º, às 17h30, no Sesi da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP)

Final
27.01 (SÁBADO) – Vencedor do jogo 4 x Vencedor do jogo 5, às 21h30, no Sesi da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) – SPORTV

 

Invicto e sem perder sets, Zenit Kazan finalmente conquista o Mundial de Clubes

Após esbarrar no Sada Cruzeiro em duas oportunidades, o Zenit Kazan finalmente levantou o troféu de campeão do Mundial de Clubes. Campeão invicto e sem perder um set em toda a competição em 2017, a equipe russa superou o Lube Civitanova por 3×0 (27×25, 25×22, 25×22).

Pode não ser o estilo de jogo mais bonito, porém é eficiente. Mesmo com os atacantes abaixo do ideal, o Zenit conseguiu aproveitar contra-ataques no momento certo no 1º set e o alto número de erros dos italianos, além de dificultar a vida do líbero Grebennikov durante toda a partida. “Agora tenho duas pratas e o ouro. Não lembro da última vez que estive tão feliz quanto agora. O título da Champions League foi ótimo, todos estavam felizes, mas a vitória de hoje [ontem] era o objetivo principal. Sempre foi difícil jogar contra os campeões brasileiros, mas finalmente os vencemos [na semifinal]”, disse o líbero russo Verbov.

Do lado italiano, o treinador Giampaolo Medei não escondeu a decepção da derrota. “Com certeza não estamos felizes com o resultado, porque acho que jogamos no mesmo nível dos nossos oponentes. Mas perdemos por 3×0. Tivemos algumas chances, especialmente durante o 1º set e não as usamos. Meu time queria jogar pelo 1º lugar aqui, mas resumindo todo o torneio nós fizemos um trabalho incrível no Mundial de Clubes. Jogamos hoje [ontem] um bom voleibol contra provavelmente o melhor time do mundo, então estou confiante sobre o futuro”, avaliou Medei.

lube_sada.jpg

Sada conquista o bronze e Juantorena é o MVP

Sem tempo de remoer a derrota na semifinal, o Sada Cruzeiro se recompôs e conquistou o 3º lugar no Mundial vencendo o Skra Belchatow. “Para nós foi um grande prazer jogar em um lugar tão incrível. A 3ª posição é algo importante, porque foi muito difícil defender o título, então estamos muito felizes”, disse o capitão cruzeirense Filipe.

mundial-de-clubes2017_selecao.jpgCom tantas estrelas no campeonato, não foi surpresa a escolha do time dos. Com Juantorena conquistando seu 4º título de MVP no Mundial, os cubanos foram maioria na seleção: Leon (Zenit Kazan) e Leal (Sada Cruzeiro) foram os melhores ponteiros, e Simon (Sada Cruzeiro) um dos melhores centrais. A seleção se completou com o levantador Butko (Zenit Kazan), o meio-de-rede Samoylenko (Zenit Kazan), o líbero Grebennikov (Lube Civitanova) e o oposto Sokolov (Lube Civitanova).

Com informações da FIVb
Fotos: FIVb