Sem recursos, Bento Vôlei desiste da Superliga 2017/2018

Após anunciar parceria com o Minas Tênis Clube, o Bento Vôlei desistiu de participar da Superliga 2017/2018. Em Nota Oficial publicada na página da equipe no Facebook, o clube agradeceu os esforços de sua diretoria para captação de recursos para a disputa da competição nacional, porém não alcançaram o mínimo necessário para dar continuidade aos trabalhos para a temporada. “Esta decisão tomada veio após um grande esforço da diretoria em buscar alternativas de diversos âmbitos que garantissem a nossa permanência na elite do voleibol gaúcho e nacional”, diz a nota.

Além da dificuldade em angariar recursos da iniciativa privada, o Bento Vôlei não pôde mais contar com a ajuda do projeto Pró-esporte da Prefeitura da cidade gaúcha e que beneficiava a equipe desde 2013 através da Lei de Incentivo ao Esporte. Em 2017, o Bento Vôlei já sofreu com atraso de repasses para o seu projeto social Sacada Solidária. “No momento em que um dos principais apoiadores, o Pró-Esporte, se encontrou fechado até este presente momento e a prefeitura municipal cessando a disponibilidade de recursos financeiros ao clube, ficamos dependentes apenas do setor privado, mas os recursos da iniciativa privada não foram suficientes para viabilizar a participação do clube na Superliga”.

Na edição 2016/2017, o Bento Vôlei terminou na 9ª colocação. Hoje (23), será realizada a reunião dos clubes participantes da Superliga para definição da tabela e regulamento da competição.

Confira abaixo a nota completa:

“NOTA OFICIAL

A Sociedade Educativa, Cultural e Poliesportiva Bento Gonçalves (Bento Vôlei), comunica, com extremo desalento de toda a sua diretoria, a sua desistência de participar da Superliga 2017/2018, disponibilizando nossa vaga relativa a competição nacional à Confederação Brasileira de Voleibol.
Apesar de todos os esforços e da força-tarefa desempenhada por todos os membros da diretoria para que possibilitássemos a participação do clube na principal competição de voleibol do país, esbarramos na crise econômica do país e infelizmente não obtivemos a captação mínima necessária para atingirmos os recursos essenciais que garantissem a realização plena da temporada. Desta forma, fomos obrigados a tomar essa decisão almejando não comprometer a saúde financeira do clube e sua tradição de cumprir severamente com o seu dever.
Queremos agradecer ao setor privado, em especial a empresa Isabela/Grupo M.Dias Branco, a qual soma a sua quarta temporada apoiando o esporte do nosso município e que mais uma vez se propôs a manter o patrocínio junto ao clube; a Rede de Hotéis Dall’Onder por novamente estar conosco apoiando a equipe para a temporada 2017/18 e, por fim, ao Minas Tênis Clube, na pessoa Carlos Alberto Villar Castanheira, o Cebola, que se propôs a criar uma parceria com o Bento Vôlei com o intuito de viabilizar a nossa participação na Superliga.
Esta decisão tomada veio após um grande esforço da diretoria em buscar alternativas de diversos âmbitos que garantissem a nossa permanência na elite do voleibol gaúcho e nacional. Desde a retomada do voleibol profissional pelo Bento Volei Bento Vôlei, os alicerces para a manutenção das atividades da equipe de alto-rendimento sempre foram a iniciativa privada e o setor público, assim como todos os demais clubes da Superliga. No momento em que um dos principais apoiadores, o Pró-Esporte, se encontrou fechado até este presente momento e a prefeitura municipal cessando a disponibilidade de recursos financeiros ao clube, ficamos dependentes apenas do setor privado, mas os recursos da iniciativa privada não foram suficientes para viabilizar a participação do clube na Superliga.
Esta decisão não se deve a vontade individual de nenhum dos membros da diretoria, porém a situação nos obrigou a tomar essa medida, por mais difícil que ela seja. Precisamos ter responsabilidade para com a história e com a tradição do clube, honrando os princípios do clube, que vem desempenhando um papel importante e fundamental no município de Bento Gonçalves.
Agradecemos a toda a comunidade de Bento Gonçalves e a todos que estiveram nestes anos apoiando e levando ao ginásio um dos maiores públicos da Superliga, bem como quebrando recordes de público em um evento esportivo no município. Agradecemos a cada torcedor e a cada família pelo apoio e o incentivo de que sempre foi nos dado com muito amor e carinho. O Bento Vôlei não para por aqui, muito pelo contrário. Continuaremos o nosso trabalho e dever com a base do clube e com todas as nossas crianças do projeto social, visando sempre um mundo melhor através do esporte.
O clube estará aberto para mais esclarecimentos em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, dia 23, às 17h, no Ginásio Municipal de Esportes.”

Com informações do Bento Vôlei

Anúncios

Em dificuldade, Bento Vôlei acerta parceria com o Minas para a Superliga

20479885_707023642822796_6052379095828786335_nA parceria entre Sada Cruzeiro e JF Vôlei não será a única nesta temporada: Bento Vôlei e Minas Tênis Clube juntarão forças para a manutenção da equipe gaúcha. O anúncio foi feito nesta semana, e o Minas cederá mais de 10 jogadores e parte da comissão técnica ao Bento. “Para essa temporada (2017/2018), fizemos uma parceria com a equipe do Minas, um dos times mais tradicionais do país, onde receberemos alguns atletas por empréstimo, tudo isso resultado da credibilidade que a equipe conquistou no cenário do vôlei brasileiro”, disse o diretor executivo do Bento Vôlei e ex-jogador Dentinho.

Na última temporada, quando terminou a Superliga em nono lugar, o time sofreu bastante com atrasos em repasses de programas estaduais, o que refletiu nos projetos sociais e categorias de base. Ainda buscando recursos e apoiadores, a equipe gaúcha não descarta realizar suas partidas fora de Bento Gonçalves ou até mesmo do estado do Rio Grande do Sul.

 

Com informações do Bento Vôlei
Foto destaque: Lucilia Bortone/Sacandoovolei
Foto interna: Bento Vôlei/Reprodução Facebook

[Superliga] Mantendo a boa fase, Sesi vence Bento Vôlei de virada

Sem o ponteiro Murilo, lesionado, e o central Lucão, com uma virose, o Sesi-SP segue na vice-liderança da Superliga 2016/2017. A equipe da Vila Leopoldina venceu, em casa, o Bento Vôlei/Isabela, na noite de ontem (4) por 3×1 (21×25, 25×17, 25×23, 25×19). O troféu VivaVôlei ficou com Bruninho, eleito em votação no portal da CBV.

Com a derrota, o Bento Vôlei mantém os 15 pontos conquistados, dois a menos que o oitavo colocado Lebes Gedore Canoas. Na próxima quarta-feira (8), o time gaúcho enfrenta o Funvic Taubaté, no Vale do Paraíba. Enquanto o Sesi recebe o Montes Claros no mesmo dia.

O jogo

Logo no início da partida, o saque pesado do Sesi desestabilizou a recepção do Bento que errou dois ataques seguidos (3×0). O começo ruim fez com que o técnico Paulão queimasse seu primeiro pedido de tempo (4×0). Aos poucos, Bento se colocou na partida aproveitando seu volume de jogo e contra-ataques (9×7). O time visitante encostou no placar com um belo bloqueio do central Michel pra cima de Riad, empatando na sequência no contra-ataque de Clinty pela entrada de rede (10×10). Com o confronto equilibrado, nenhuma das equipes conseguia desgarrar no placar (15×15). O bloqueio do Bento Vôlei colocou os visitantes dois pontos na frente (17×19). Os donos da casa chegaram a empatar (20×20), porém dois erros de ataque seguidos do Sesi deram ao time gaúcho o set point (21×24). Com a defesa atenta, Clinty fechou o set para o Bento Vôlei no contra-ataque de meio-fundo (21×25).

2º set

A segunda parcial começou equilibrada e com rallys (6×4). Variando o saque, o Sesi conseguiu dificultar o passe e desacelerar o ataque de Bento (10×7). Com Bruninho no saque, o Sesi não desperdiçou as oportunidades e ampliou a vantagem no bloqueio simples de Douglas pra cima de Wagner (13×8). Errando ataques, Bento viu os paulistas abrirem nove pontos no marcador (17×8). Com a recepção falhando, Paulão colocou Deivid e Dante nos lugares de Gabriel e Clinty. Administrando a vantagem e jogando solto, o Sesi fechou o set em 25×17.

3º set

Os erros de saque dividiram a atenção no início da terceira parcial com a discussão entre os técnicos das duas equipes. Aproveitando os erros do Sesi, o time gaúcho abriu três pontos no marcador (6×9). Os paulistas encostaram com o bloqueio de Theo e Aracaju, parando o ataque do central Michel, e empataram no erro de ataque do meio-de-rede de Bento (10×10). No saque do levantador Bruninho, o Sesi passou à frente (19×18). Na reta final, uma bola duvidosa deu ao Sesi a vitória pela vantagem mínima (25×23).

4º set

Buscando salvar um ponto, Bento começou o 4º set quente no saque, desestabilizando o passe do Sesi (2×4). Com a marcação de bloqueio pesada, Bento foi ampliando a vantagem e forçou pedido de tempo de Marcos Pacheco (5×9). Aracaju e Douglas Souza recolocaram o Sesi no set após pegarem Wagner no bloqueio (9×10). Em um erro da arbitragem, Bento viu o Sesi empatar a parcial e passar à frente no ace de Bruninho (11×10). A entrada do ponteiro Vaccari deu novo gás ao Sesi que abriu quatro pontos (18×14). Sem grandes problemas, o Sesi fez 25×19 e garantiu os três pontos.

Sesi-SP
Bruninho, Theo, Fábio, Douglas Souza, Riad, Aracaju. Líbero: Serginho
Entraram: Alan, Rafinha, Leitzke, Vaccari
Técnico: Marcos Pacheco

Bento Vôlei/Isabela
Sandro, Wagner, Gabriel, Clinty, Ze Ricardo, Michel. Líbero: Daniel
Entraram: Deivid, Dante, Rivoli, Tarcísio
Técnico: Paulão

Fotos: Divulgação Sesi-SP/Facebook

[Superliga] Embalado, JF Vôlei vence Bento Vôlei por 3 a 0

Nesta noite de quarta-feira(7), o JF Vôlei voltou à quadra em seu ginásio em Juiz de Fora(MG) e conquistou mais uma vitória, a sexta consecutiva, na competição. Desta vez, o time mineiro superou o Bento Vôlei Isabela(RS) por 3 a 0, parciais de(25×23, 25x 20 e 25×20), em 1h32 de partida. Como já virou rotina, o oposto Renan foi o maior pontuador, com 23 pontos, mas o troféu para o melhor jogador em quadra foi para o ponteiro Ricardo, que voltou ao time depois de sofrer uma lesão.

Com seis vitórias em oito partidas, o JF Vôlei encaminhou sua classificação para a Copa do Brasil, chega ao 16 pontos e ocupa o sexto lugar na tabela. Já o Bento Vôlei Isabela, que começou a oitava rodada em oitavo lugar,  não somou pontos, segue com seis. Os gaúchos perderam duas posições, sendo ultrapassados  pelo Lebes Gedore Canoas, com nove, e Minas Tênis Clube, com sete.

A torcida juiz-forana prestou homenagem à Chapecoense (Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei)

A torcida juiz-forana prestou homenagem à Chapecoense (Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei)

O JOGO

 O jogo começou disputado e sem nenhuma equipe conseguir abrir vantagem mínima de dois pontos (8×8).  Com um bloqueio, os visitantes tomaram a liderança do placar (12×13), mas a parcial seguiu com os times se alternando à frente do marcador.  Depois de uma longa troca de bolas, JF explorou o bloqueio e pontuou (17×16). O equilíbrio permaneceu até o fim, após contra-ataque de Renan, os mineiros fecharam o set (25×23), em 29 minutos.

2º set

 O segundo set começou melhor para os visitantes (0x3). Mas, rapidamente, os donos da casa passaram (5×4). O time gaúcho errava muitos ataques e, do outro lado, o JF Vôlei não encontrava dificuldades para definir (14×9). Paulão, técnico de Bento, paralisou a partida para cobrar mais atitude de seus comandados, mas os mineiros seguiram dominando a parcial (20×15) e, novamente, coube ao oposto Renan dar números finais ao set (25×20), em 27 minutos.

3º set

Na virada de lado, o técnico do Bento Vôlei reuniu seus jogadores e cobrou uma postura mais aguerrida. O chamado até parecia que ia fazer bem ao time (1×3), porém, com ataques de Renan e Ricardo, Juiz de Fora abriu vantagem (7×3), porém, com o ponteiro Clinty liderando o time gaúcho deixou tudo igual (7×7).  O set seguiu nervoso e houve uma discussão na rede, que o árbitro acabou punido o líbero Daniel, do time gaúcho, com cartão vermelho, dando um ponto ao adversário (13×9). Na sequência, a torcida voltou a ser o sétimo jogador de Juiz de Fora e incentivava o time que respondeu dentro de quadra e ampliou a diferença (24×20) e se encaminhou para fechar o set (25×20), em 29 minutos, e o jogo por 3 a 0

Equipes: 

JF VÔLEI: Rodrigo, Raphael ,Rammé, Renan, Rômulo, Bruno e Fábio Paes

Entraram: Juan Mendez, Franco e Ricardo

Técnico: Henrique Furtado

BENTO VÔLEI ISABELA:  Sandro, Clinty, Bérgamo, Michel,  Zé Ricardo, Deivid e Daniel

Entraram: Guinter, Wagner, Gabriel e Rivoli

Técnico: Paulão

[Superliga] Confira os resultados da rodada de abertura

A primeira partida da Superliga 2016/17 foi realizada em Juiz de Fora (MG), com a equipe da casa, JF Vôlei(MG), sendo superado, de virada, pelos atuais vice-campeões, o Vôlei Brasil Kirin(SP).Com 21 pontos, o oposto campineiro Rivaldo foi o maior pontuador e eleito, pela comissão técnica, o melhor jogador em quadra, recebendo o Troféu Viva Vôlei.

O Sesi(SP) estreou com uma vitória importante por 3 a 0(25/18, 25/16, 25/20), fora de casa, diante do Copel Telecom Maringá Vôlei (PR). A partida marcou a reestreia do levantador Bruno e do central Lucão na competição nacional, depois que ambos atuaram pelo Modena, da Itália, na última temporada. Em votação pela internet, Bruninho foi eleito o melhor jogador em quadra e recebeu o troféu de melhor da partida.

Em Belo Horizonte, Minas Tênis Clube (MG) e Bento Vôlei Isabela (RS) fizeram um jogo equilibrado e quem levou melhor foram os mineiros, 3 a 1, parciais de (23/25, 25/18, 25/18 e 25/23).  Mesmo com a derrota, o ponteiro Deivid foi o maior pontuador do confronto, com 21 acertos. Mão, ponteiro minastenista, foi eleito o melhor jogador da partida, em votação popular realizada no site da CBV(Confederação Brasileira de Vôlei).

Em outro duelo envolvendo equipes mineiras e gaúchas, o Montes Claros Vôlei(MG) recebeu no Ginásio Tancredo Neves a equipe do Lebes Gedore Canoas (RS) e levou a melhor por 3 a 1, parciais de (25×22,22×25,25×20 e 25×23). O central Thiago Salsa recebeu o troféu Vila Vôlei como o melhor em quadra, indicação da comissão técnica.

O time paranaense do Caramuru Vôlei Castro estreou na Superliga B recebendo o Funvic Taubaté (SP). E a equipe paulista levou a melhor em sets diretos, 3 a 0, parciais de (25/20, 25/21 e 25/22), em 1h15. O oposto Wallace foi eleito o melhor da partida e recebeu o Troféu Viva Vôlei. O ponteiro Robinho, do Castro, foi o maior pontuador com 12 acertos.

A rodada inicial da Superliga só irá se completar no dia 17 de novembro,  quando o São Bernardo Vôlei (SP) receberá o Sada Cruzeiro Vôlei (MG), às 21h45, no Adib Moysés Dib, em São Bernardo do Campo (SP). A partida foi adiada  pois o Sada Cruzeiro estava disputando o Mundial de Clubes e , logo em seguida, disputou a final da Supercopa, vale ressaltar que os cruzeirenses saíram vitoriosas nas duas competições.

Foto de capa: Washington Alves/Inovafoto/CBV

[Superliga] Jogos da segunda rodada do returno

Após a segunda fase da Copa do Brasil no meio da semana, a Superliga Masculina está de volta neste sábado(16), com os confrontos válidos pela segunda rodada do returno da competição. Devido ao mau tempo que atinge a maior parte do Brasil, dois jogos foram cancelados.

A partida entre o quarto colocado Minas Tênis Clube e o  vice-líder Funvic/Taubaté(SP), que seria realizado na Arena Minas, às 18h, na Arena Minas foi adiado pois o Aeroporto de Confins está fechado desde sexta-feira(15), e a equipe paulista não conseguiu desembarcar na capital mineira. Ainda não foi divulgado uma nova data para o jogo.

Outro duelo adiado por motivos climáticos,  foi entre o oitavo colocado  São José Vôlei (SP)  e Montes Claros Vôlei (MG) seto colocado, que seria às 19h  na quinta-feira(14) no Tênis Clube, em São José dos Campos (SP).A partida foi remarcada para o dia 21 de janeiro.

Hoje, às 18h, serão duas partidas. O quinto colocado Brasil/Kirin(SP) recebe o Lebes/Gedore/Canoas(RS), sétimo colocado,no ginásio do Taquaral, em Campinas(SP).] No mesmo horário, o JF Vôlei, lanterna da competição, recebe, no Ginásio da UFJF, o Bento Vôlei/Isabela(RS), nono colocado.

O líder Sada/ Cruzeiro(MG) enfrenta o Voleisul/Paquetá(RS), às 19h, no Riacho, em Contagem(MG). Já às 21h30,  Sesi(SP) e Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) duelam na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), com transmissão do canal Sportv.

*Com informações da CBV

Foto: Divulgação Sesi- SP

[Superliga] Em partida adiada, Minas bate Bento Vôlei em Belo Horizonte

Na noite de ontem (14), o Minas Tênis Clube conquistou sua terceira vitória seguida na Superliga ao bater o Bento Vôlei/Isabela por 3×2 (28×26, 21×25, 25×14, 24×26 e 15×12), na Arena Minas. Eleito melhor da partida, o levantador Everaldo falou sobre o triunfo diante da equipe gaúcha. “Demos um pouco de azar no quarto set, mas aquela parcial foi importante para entramos vem no tie break. Crescemos naquele momento, os jogadores mais novos entraram no quarto set, com uma alegria enorme e isso nos ajudou muito. Ainda temos muitos jogos pela frente e temos que evoluir cada vez mais”, disse.

Para o Bento Vôlei, décimo colocado na tabela, resta concentrar os treinamentos no confronto de quinta-feira (17) contra o Brasil Kirin, em Bento Golçalves. Já o Minas viaja para o sul do país e enfrenta o Copel Telecom Maringá no sábado (19).

 

Foto e informações da Confederação Brasileira de Voleibol – CBV