Apostando na base, JF Vôlei inicia a temporada 2018/2019 com novidades

DSC00123-2.jpgO fim de tarde chuvoso em Juiz de Fora foi a trilha sonora do recomeço do JF Vôlei. Ontem (1), a equipe mineira se reapresentou para a temporada 2018/2019 com novidades após o rompimento da parceria com o Sada/Cruzeiro. “Conseguimos montar um grupo que, para mim, é um grupo fantástico. Estudamos bastante e fomos pontuais nas contratações. É uma alegria e responsabilidade muito grande, são meninos jovens, com um futuro promissor dentro do vôlei. O principal objetivo é fazer com que eles cresçam como atletas”, disse o novo treinador Marcos Henrique, que atuou como auxiliar na temporada passada.

Dentre os novos atletas, dois rostos conhecidos: o levantador Tarik e o líbero Athos. Tarik defendeu o JF Vôlei ao lado do irmão, o líbero Tatinho, na temporada 2015/2016. “Depois que saí de Juiz de Fora eu rodei bastante: fiquei três anos em São Paulo, voltei pra cá, fui jogar no Brasil Kirin [hoje Vôlei Renata], e fiquei os dois últimos anos em Goiânia jogando a Superliga B. Vou tentar ao máximo ajudar os meninos mais novos – claro, eu sou novo também, tenho muito a aprender – mas toda a bagagem que eu conquistei durante todo esse tempo eu vou tentar passar pra eles, pra que o grupo consiga crescer de forma conjunta”, disse o levantador de 22 anos.

JF Volei 3 x 2 Voleisul/Paqueta Esportes - 09.01.2016

Tarik (à esquerda) e o irmão Tatinho (1) atuaram juntos na equipe mineira (Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei – arquivo)

Mineiro e Superliga B
Rebaixado para Superliga B, o JF Vôlei espera entrar em quadra pela competição nacional em janeiro de 2019. Enquanto isso, os juiz-foranos aguardam a confirmação das datas do Estadual, previsto para o próximo mês. Segundo o diretor Maurício Bara, o grupo não está fechado, abrindo possibilidades para novas contratações, que, por sua vez, dependem de recursos vindo de patrocínios. Com o calendário ainda em aberto, o JF Vôlei estuda a realização de amistosos e participações em outros torneios, inclusive o Campeonato Carioca.

 

Confira abaixo o elenco do JF Vôlei:

Levantadores: Léo Rocha e Tarik Bellini;
Ponteiros: Antony Gabriel, Thiago Guilherme e Vitor Henrique;
Oposto: Chizoba;
Centrais: Lucas de Oliveira e Symon Lima;
Líbero: Athos Machado.

Atletas da categoria de base que vão integrar o elenco: Pedro Henrique (Central/Ponteiro), Joel Machado (Central/Oposto) e Álvaro Gonçalves (Líbero).
Atletas da categoria de base que irão compor os treinamentos: Diego Almeida, Gabriel Spinelli e Yan Foresti.

Comissão Técnica
Técnico: Marcos Henrique;
Preparador Físico: Vinicius Figueiroa;
Fisioterapeuta: Lucas Mostaro;
Médico: Oseas Joaquim;
Auxiliares Técnicos: Fernanda Brandão, Marcos Vinicius e Saulo Oliveira;
Analista de Desempenho/Auxiliar: José Augusto

 

Anúncios

[Mineiro] Com Simón inspirado, Sada Cruzeiro conquista 9º título estadual

Diante de seu torcedor, o Sada Cruzeiro superou o Minas Tênis Clube e levantou seu nono título do Campeonato Mineiro. Na final de ontem (7), os cruzeirenses venceram por 3×1, parciais de 25×23, 25×15, 22×25 e 25×14, e o central Simón foi eleito melhor jogador da decisão. “Estamos treinando bastante e é o resultado de um bom trabalho. Agora temos que continuar centrados para as competições que estão chegando, porque estamos apenas no início. Hoje nós jogamos bem. Em alguns momentos não entrava o saque, mas o bloqueio ia bem. Quando o bloqueio não ia bem, compensávamos no ataque. Isso mostra como jogamos como um time, como uma família. Juntos sempre. Se ajudando, apoiando. Isso é muito lindo e temos que continuar trabalhando assim”, comentou o jogador cubano.

O saque do Cruzeiro foi um dos fatores que contribuíram para o resultado, desestabilizando a recepção adversária e dificultando o trabalho do levantador Marlon. Apesar do equilíbrio no primeiro set e a vitória na quarta parcial, o Minas não conseguiu manter o ritmo. Uma das referências da equipe minastenista, o central Flávio acredita que a equipe amadureceu durante a competição, algo importante para a disputa da Superliga a partir da próxima semana. “O primeiro set foi decidido no finalzinho. O segundo set, fomos mal. No terceiro sabíamos que era vida ou morte, precisávamos ganhar para continuar na disputa e entramos focados para levar o set. E no quarto, o Simón sacou muito forte e foi mérito deles. Agora é focar na Superliga. O Campeonato Mineiro agregou muita coisa para que a equipe ganhasse entrosamento. É uma pena que não tenhamos outras equipes na competição, mas foram boas experiências para começar bem o torneio nacional” disse.

Minas Tênis Clube e Sada Cruzeiro fazem suas primeiras partidas na Superliga no dia 14 de outubro. Antes da estreia diante do Corinthians-Guarulhos, que joga sua primeira temporada na elite, os cruzeirenses disputam a Supercopa no dia 11 contra o EMS Taubaté Funvic. Já o Minas pega o JF Vôlei na 1ª rodada da Superliga 2017/2018.

Com informações do Sada Cruzeiro e Federação Mineira de Vôlei.
Foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro

[Mineiro] De virada, Sada Cruzeiro vence e garante mais uma final

Atual campeão mineiro, o Sada Cruzeiro passou pelo JF Vôlei na semifinal do Estadual 2017. Na noite de ontem (5), os cruzeirenses saíram perdendo, mas logo recuperaram o ritmo no saque e bloqueio para fechar o jogo em 3×1 (22×25, 25×19, 25×17, 25×18). A grande final será no sábado (7), em Contagem, contra o Minas Tênis Clube, que eliminou o Montes Claros – os ingressos já estão à venda pela internet e pontos espalhados pela região metropolitana de Belo Horizonte.

“Mais uma vez a gente entrou com a responsabilidade de ganhar. Os outros times aproveitam, jogam mais soltos e o trabalho se torna mais fácil pra eles. Mas o que faz o nosso time vencedor é que a gente consegue jogar bem por mais tempo que os adversários. No segundo e no terceiro set também não foi o melhor jogo, mas foi o suficiente para ganhar com uma certa tranquilidade. Agora é decisão e acho que vamos ter um jogo bem mais difícil na final. O Minas é um time mais entrosado, mais experiente. A gente sabe que o Sada Cruzeiro carrega esse peso do favoritismo, nós lidamos bem com isso e temos que imprimir nosso ritmo o tempo todo no jogo”, disse o líbero Serginho.

Com o encerramento de sua participação no Campeonato Mineiro, o JF Vôlei agora volta sua atenção para a estreia na Superliga, no dia 14 de outubro, contra o Minas. “Foi um jogo muito bem jogado. Apresentamos uma boa consistência no saque, na recepção e no ataque. E enfrentamos um adversário que o tempo inteiro teve uma rodagem de bola muito alta, rodou muito bem com o passe quebrado. E eu achei que nós tivemos uma resposta positiva em relação a um grande time que enfrentamos. E a gente sai fortalecido para encarar uma difícil Superliga a partir da semana que vem”, comentou o treinador da equipe, Henrique Furtado.

Com informações do Sada Cruzeiro e JF Vôlei
Foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro

Bola rápida – Estaduais

– No sábado (30), o Campeonato Mineiro definiu o primeiro finalista da edição 2017. Em Montes Claros, os donos da casa foram superados pelo Minas Tênis Clube por 3×0, parciais de 25×20, 25×21 e 25×21. Os minastenistas esperam a definição do adversário da decisão que saíra do confronto entre Sada Cruzeiro e JF Vôlei na próxima quarta-feira (4).

solesitesemifinal

Taubaté é o atual campeão paulista e decide o título em 2017 contra o Corinthians (Foto: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic)

– Os ingressos para a semifinal entre Cruzeiro e Juiz de Fora estão disponíveis. A semifinal será no dia 4 de outubro, no Ginásio do Riacho, às 20h. A partida terá transmissão do jornal O Tempo.

– No Paulista, o EMS Taubaté Funvic passou pelo Sesi e decide o título com o Corinthians Guarulhos, que eliminou o Vôlei Renata. A primeira partida será na quarta-feira, 4, em Taubaté, e a segunda está marcado para o sábado, 7, em Guarulhos – ambas com transmissão do Sportv 2. Caso termine com uma vitória para cada lado, o título será decidido no Golden set.

 

Foto destaque: Montes Claros Vôlei/Divulgação
Com informações do Montes Claros Vôlei, Sada Cruzeiro e EMS Taubaté Funvic

[Mineiro] No tie break, JF Vôlei bate Minas e conquista primeira vitória no Estadual

JF Vôlei e Minas Tênis Clube voltaram à quadra nesta quarta-feira (27) para a última rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro. Em um jogo muito equilibrado, diferente da partida da noite anterior, o time da Zona da Mata venceu no quinto set, com parciais de (25×21,22×25, 25×21, 23×25 e 15×8), conquistando a primeira vitória no Estadual. O ponteiro e capitão de Juiz de Fora, Leozinho, foi escolhido o melhor jogador do confronto. Com o resultado, o JF Vôlei somou seus primeiros pontos, terminando a classificação com dois pontos e o quarto lugar. O Minas terminou em terceiro, com seis pontos, enquanto Montes Claros foi o segundo, com sete, e o Sada Cruzeiro, líder com 17 pontos.

Sem chances de mudar a posições na tabela, o time de Belo Horizonte colocou seus jovens jogadores em quadra, enquanto os titulares voltaram para Belo Horizonte, já visando o confronto de semifinal diante de Montes Claros, que será realizado no sábado (30), às 17h, na casa do Pequi Atômico, como explicou o técnico Nery Tambeiro:  “Nós já estamos pensando em MOC, tanto é que os titulares já estão em casa descansando, se preparando. Normalmente a gente coloca a força máxima e acaba sobrando pouco oportunidade para esses jovens. Eles fizeram um ótimo jogo, foi um 3 a 2, e eles tiveram a oportunidade de mostrar o trabalho deles, ver o que está dando certo e o que está dando errado para corrigir”, explicou o técnico do Minas.

Satisfeito com a primeira vitória, o treinador do JF Vôlei, Henrique Furtado, comemorou o crescimento de sua equipe. “O time teve uma evolução muito grande no sistema ofensivo e trabalhou muito bem no ataque contra uma equipe que jogou muito agressivo no saque. Nós conseguimos ter um equilíbrio muito grande na recepção, no levantamento e no ataque. Todo mundo atacou bem, isso é muito mérito do nosso levantador, que fez uma partida muito boa, trabalhou com muita precisão, qualidade e a equipe como um todo evoluiu bastante. ” Agora o time tem pela frente o Sada Cruzeiro, a partida será na semana, mas a data oficial ainda não foi divulgada.

O jogo

A partida começou equilibrada, com os times se alternando à frente do marcador. Após boa sequência de saques de Honorato (11×13), o JF Vôlei pediu tempo. A parada fez bem ao time da casa, que voltou mais ligado e retomou o comando do placar (15×13). A recepção de Juiz de Fora funcionava bem e o levantador Felipe fazia uma boa distribuição das jogadas. Do outro lado, com bons ataques, com destaque para Davy, os visitantes equilibravam o set e não deixavam o adversário deslanchar no placar (21×19). Após erro dos minastenistas, o JF Vôlei fechou o primeiro set (25×21).

 Na segunda parcial o Minas abriu vantagem logo no início, após boa sequência de saques de Vanole (0x3). O time da casa buscou o placar e tomou a liderança (12×11) equilibrando o set (17×17). O JF Vôlei desperdiçou chances, viu  e viu o adversário abrir vantagem mínima e se encaminhar para fechar o set (22×25), em 26 minutos.

Mineiro 2017 - JF Vôlei 3x2 Minas Tenis Clube - 27.09.2017

Mineiro 2017 – JF Vôlei 3×2 Minas Tenis Clube – 27.09.2017

Foi o início mais equilibrado  dos sets (10×10). Porém,  o time de Belo Horizonte cometeu mais erros do que anteriormente e viu os donos da casa se distanciarem no placar (19×14). Com Leozinho sendo o principal nome no ataque e o bloqueio dando trabalho ao ataque adversário, Juiz de Fora fez (25×21).

No set decisivo,  o JF Vôlei começou com um bom saque balanceado de Bruno, o que dificultou a recepção adversária(3×0). O time da Zona da Mata continuou ditando o ritmo e na troca de lado de quadra tinha cinco pontos de vantagem (8×3).  Após uma linda recuperação do levantador Felipe, a equipe de Juiz de Fora foi premiada com o erro de ataque do Minas (11×4). Superior durante todo o tie break, o time da casa fechou o set (15×8) e o jogo, conquistando os primeiros pontos no Mineiro.

Equipes:

JF VÔLEI: Felipe, Emerson Rodríguez, Leozinho, Rammé, Bruno, Drago e líbero Juan Mendez

Entraram: Adami e Raphael

Técnico: Henrique Furtado

Minas Tênis Clube: Carísio,Davy, Honorato, Vanole, Elian, Mascarenhas e líbero Maique

Entrou: Rogerinho

Técnico: Nery Tambeiro

[Mineiro] Minas vence JF Vôlei por 3 a 0 fora de casa e garante o terceiro lugar na fase de classificação

O JF Vôlei fez, nesta terça(26), seu primeiro jogo oficial no ginásio da Faculdade de Educação Física e Desportos(FAEFID) da temporada 2017/2018. Em partida válida pela 5ª rodada do Campeonato Mineiro, o time recebeu o Minas Tênis Clube e foi derrotado por 3 sets a 0, parciais (25×20, 22×25 e 12×25). O grande nome da partida foi o oposto canhoto minastenista Felipe Roque, que curiosamente nasceu e foi revelado nas categorias de base de Juiz de Fora.

Mesmo com mais uma derrota, o treinador do time da Zona da Mata, Henrique Furtado, comentou sobre a evolução do seu time, que comandou o placar por um bom período nos dois primeiros sets e elogiou o adversário.  “O Minas impôs um ritmo de saque muito agressivo e alguns jogadores tiveram uma constância muito grande na virada de bola, o que nos impediu de rodar a  bola no mesmo nível durante todo o tempo. Nós  acabamos deixando  o placar muito elástico e não conseguindo ter o mesmo rendimento dos outros dois sets, mas seguimos lutando por uma evolução no sistema ofensivo, por jogar bem por mais tempo”, afirmou Henrique.

Nesta quarta-feira (27)  Juiz de Fora e Minas voltam a se enfrentar pela última rodada do Estadual, mas as posições e os confrontos das semifinais já estão definidos. Com mais três pontos adquiridos, o Minas chegou aos seis pontos,  se garantiu no terceiro lugar na tabela e irá à Montes Claros, que terminou a fase de classificação em segundo com sete pontos, para a disputa da semifinal. Ainda sem marcar pontos, o JF Vôlei é o quarto colocado e vai enfrentar o Sada Cruzeiro, líder isolado da primeira fase com 17 pontos.

 O JOGO

O JF Vôlei iniciou a partida com muito volume de jogo, bons ataques de Emerson Rodriguez e Leozinho, além de boas defesas do líbero Juan, que proporcionaram contra-ataque para o time da Zona da Mata (12×9). Após o pedido de tempo do técnico Nery, sua equipe voltou mais ligada, errando menos e empataram a parcial (15×15). Mesclando a experiência, como a do levantador Marlon, e a juventude do oposto Felipe Roque, o Minas passou a liderar o marcador e a abrir vantagem (17×21). A combinação saque e  bloqueio dos minastenistas fizeram a diferença e o time se encaminhou para fechar a primeira parcial (20×25) em 26 minutos.

Mineiro 2017 - JF Vôlei x Minas Tenis Clube

Defendendo as cores do Minas, o juizforano Felipe Roque foi eleito o melhor jogador da partida.

Assim como no primeiro set, Juiz de Fora começou à frente do marcador (14×11) e viu o time de Belo Horizonte se ajustar, aproveitar os erros do adversário, além de contar com uma noite inspirada de Roque, que manteve um alto aproveitamento e eficiência de ataque. O treinador de Juiz de Fora, Henrique Furtado, chamou a atenção de seus comandados, mas os mandantes sacavam mal e não conseguiram parar o poder ofensivo do outro lado da quadra(22×25), em 27 minutos.

O time da Capital voltou impondo um ritmo muito forte (1×8). Abatido, o JF Vôlei não conseguia buscar uma reação. O bloqueio do Minas com Flávio e Pétrus incomodava os atacantes adversários que não conseguiam botar a bola no chão(4×11).  A parcial seguiu muito favorável para os visitantes que abriram dez pontos de vantagem(5×15). Do lado da quadra Henrique Furtado tentava incentivar seus jogadores, mas o set se encaminhava tranquilamente a favor da equipe de Belo Horizonte(12×25) em 19 minutos.

Equipes:

JF VÔLEI: Felipe, Emerson Rodríguez, Leozinho, Rammé, Bruno, Drago e líbero Juan Mendez

Entraram: Adami e Raphael

Técnico: Henrique Furtado

Minas Tênis Clube: Marlon, Felipe Roque, Bisset, Bob, Flávio, Pétrus e líbero Rogerinho

Entraram: Maique, Carísio,  Davy e Vanole

Técnico: Nery Tambeiro

[Mineiro] Montes Claros garante vice-liderança e semifinal em casa

O Montes Claros Vôlei recebeu o Minas Tênia Clube na terça (19) e na quinta (21), e conseguiu garantir a vice-liderança do Campeonato Mineiro. Desta maneira, o Pequi Atômico terá o direito de disputar a semifinal do Estadual diante de seu torcedor no ginásio Tancredo Neves.

No primeiro confronto, o Minas levou a melhor e superou, de virada, os donos da casa. Os erros foram determinantes para a queda de rendimento da equipe de Chico dos Santos e o Minas não perdeu as oportunidades que teve, principalmente no final do 2º set.

Na quinta-feira, o MOC devolveu o placar com parciais de 27×25, 20×25, 25×21 e 25×18. Cometendo menos erros, o Montes Claros teve ainda o levantador Sandro eleito como melhor jogador da partida.

A fase classificatória do Mineiro termina na próxima semana com as duas partidas do Minas Tênis Clube contra o JF Vôlei. Os juiz-foranos recebem os minastenistas nos dias 26 e 27 no ginásio da UFJF.

Foto: Montes Claros Vôlei/Divulgação