[Campeonato Mineiro] Fora de casa, Lavras Vôlei vence JF Vôlei e conquista a segunda vitória na competição

Na noite desta quinta (27), o JF Vôlei recebeu o Lavras Vôlei no ginásio da UFJF para mais uma rodada do Campeonato Mineiro e, mais uma vez, não conseguiu sair com um resultado positivo. Vitória dos visitantes por 3 a 0, parciais de 22×25, 17×25 e 17×25.

Foi a quinta derrota do time da Zona da Mata, que ainda não venceu na competição e está em quarto e último lugar na tabela. Já Lavras conseguiu a segunda vitória, as duas sobre Juiz de Fora, e ocupa o terceiro lugar.  Completam a tabela o Sada Cruzeiro (2º) e o Minas Tênis Clube, líder do Mineiro.

O JOGO

A partida começou equilibrada e foi assim até a primeira metade do set (11×11).  Com o levantador Pablo utilizando bastante o oposto Gabriel, os visitantes abriram uma vantagem de dois pontos (14×16).  Juiz de Fora buscou o placar no final da parcial e deixou tudo empatado novamente (20×20), com bons ataques de Anthony e Thiago. Contando com jogadores um pouco mais experientes, Lavras voltou a crescer e saiu na frente: 22 x 25.

 O time da casa demonstrava dificuldades na recepção, além de uma ansiedade dentro de quadra, o que foi se transformando em erros bobos e, consequentemente, pontos para o adversário (4×8).  Do outro lado, os visitantes seguiram com mais ritmo de jogo e foram ampliando a diferença no marcador e venceram com tranquilidade (17×25).

Mineiro 2018 - JF Volei 0 x 3 Lavras Vôlei - 27.09.2018

– Gabriel foi eleito o melhor jogador do jogo. [ Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovôlei.com]

O terceiro set começou com o JF Vôlei tendo que substituir Tarik, que sentiu uma lesão no pé direito, dando lugar ao levantador reserva Leonardo.  Porém, a instabilidade da equipe demonstrada nas parciais anteriores se manteve (7×11). Melhor para Lavras que apresentava um bom volume e se encaminhou para fechar o set com a mesma parcial do anterior (17×25) e o jogo por 3 a 0, conquistando mais três pontos. Gabriel, oposto do Lavras Vôlei foi eleito o melhor jogador do confronto.

 

Na próxima rodada, Juiz de Fora vai a Belo Horizonte enfrentar o Sada Cruzeiro, partida que será realizada na quarta-feira(3), às 20h.  Na sexta- feira (5), às 20h, é o Lavras que enfrenta os cruzeirenses.

EQUIPES:

JF Vôlei: Tarik, Thiago, Anthony, Lucas, Symon,Vitor e o líbero Athos.

Entraram: Leonardo e Gabriel

Técnico: Marcos “Marcão” Nascimento

Lavras Vôlei: Pablo, Abrahan, Rhendrick, Ualas, Bruno, Gabriel e o líbero Juan Mendez.

Entrou: Paulo Anchieta

Técnico: Henrique Furtado

 

 

[Mineiro] Sada Cruzeiro vence na estreia do Estadual 2018

O frio no feriado de 7 de setembro não espantou a torcida na abertura do Campeonato Mineiro 2018. No ginásio da Faculdade de Educação Física da UFJF, o JF Vôlei foi superado pelo Sada Cruzeiro por 3×0 (25/21, 25/16, 25/17). O levantador Cachopa, que começou como titular pela primeira vez, foi escolhido o melhor da partida.

Mineiro 2018 - JF Volei 0 x 3 Sada Cruzeiro - 07.09.2018

O oposto Luan foi o maior pontuador na vitória cruzeirense [Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei]

Donos de oito títulos estaduais, os cruzeirenses não forçaram muito o ritmo da partida e o técnico Marcelo Mendez fez poucas alterações na formação da equipe. “Foi uma boa estreia, temos que seguir trabalhando, fazendo o time crescer, para que, quando cheguem os outros jogadores, o time esteja mais entrosado ainda”, disse o treinador cruzeirense, que espera as chegadas do central francês Le Roux, do ponteiro norte-americano Taylor Sander, do oposto Evandro e do central Isac – os quatro estão com suas seleções para a disputa do Mundial da categoria que começa amanhã (9).

Com um time muito jovem, a equipe do JF Vôlei teve boa atuação diante do Sada Cruzeiro.  “O time deles tem mais experiência e a nossa equipe é mais jovem. A gente entrou firme, com determinação – que foi o que o professor [o técnico Marcos] pediu, independente do nome, ir pra cima deles, mas, infelizmente, não deu”, disse o ponteiro Thiago, um dos destaques da partida pelo JF Vôlei ao lado do também ponteiro Antony.

Retornando ao Sada Cruzeiro após oito anos, o levantador Sandro entrou durante a partida e falou sobre a reestreia. “A gente fica treinando e treinando, não vê a hora de jogar. É a hora que a gente pode mostrar tudo o que a gente vem trabalhando ao longo desses dois meses de treinamento forte. A gente vem muito forte pra brigar por muitos títulos; além do Mineiro, temos muitas competições: Superliga, Sul-americano, Mundial. Espero fazer uma grande temporada no Sada”, comentou o jogador.

O JF Vôlei volta às quadras amanhã (9) quando recebe o Minas Tênis Clube, que no próximo dia 15 enfrenta o Sada Cruzeiro, em Três Corações.

Sistema de videocheck auxilia arbitragem
Além da estreia de ambas equipes no Estadual, a partida também marcou a estreia de uma novidade: o sistema de desafio. O sistema utilizado no Mineiro 2018 foi adquirido pelo Cruzeiro no ano passado e será testado durante toda a competição. Na noite de ontem, o sistema foi acionado uma vez, corrigindo a marcação da arbitragem.

Sada Cruzeiro
Fernando Cachopa, Luan, Filipe e Rodriguinho, Éder Levi, Álvaro. Líbero: Serginho.
Entraram: Sandro, Welinton e Leozinho.
Técnico: Marcelo Mendez

JF Vôlei
Léo, Antony, Thiago, Symon, Gabriel, Lucas. Líbero: Athos.
Entraram: Tarik e Vitão.
Técnico: Marcos Nascimento

 

Fotos: Lucilia Bortone/Sacandoovolei

Apostando na base, JF Vôlei inicia a temporada 2018/2019 com novidades

DSC00123-2.jpgO fim de tarde chuvoso em Juiz de Fora foi a trilha sonora do recomeço do JF Vôlei. Ontem (1), a equipe mineira se reapresentou para a temporada 2018/2019 com novidades após o rompimento da parceria com o Sada/Cruzeiro. “Conseguimos montar um grupo que, para mim, é um grupo fantástico. Estudamos bastante e fomos pontuais nas contratações. É uma alegria e responsabilidade muito grande, são meninos jovens, com um futuro promissor dentro do vôlei. O principal objetivo é fazer com que eles cresçam como atletas”, disse o novo treinador Marcos Henrique, que atuou como auxiliar na temporada passada.

Dentre os novos atletas, dois rostos conhecidos: o levantador Tarik e o líbero Athos. Tarik defendeu o JF Vôlei ao lado do irmão, o líbero Tatinho, na temporada 2015/2016. “Depois que saí de Juiz de Fora eu rodei bastante: fiquei três anos em São Paulo, voltei pra cá, fui jogar no Brasil Kirin [hoje Vôlei Renata], e fiquei os dois últimos anos em Goiânia jogando a Superliga B. Vou tentar ao máximo ajudar os meninos mais novos – claro, eu sou novo também, tenho muito a aprender – mas toda a bagagem que eu conquistei durante todo esse tempo eu vou tentar passar pra eles, pra que o grupo consiga crescer de forma conjunta”, disse o levantador de 22 anos.

JF Volei 3 x 2 Voleisul/Paqueta Esportes - 09.01.2016

Tarik (à esquerda) e o irmão Tatinho (1) atuaram juntos na equipe mineira (Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei – arquivo)

Mineiro e Superliga B
Rebaixado para Superliga B, o JF Vôlei espera entrar em quadra pela competição nacional em janeiro de 2019. Enquanto isso, os juiz-foranos aguardam a confirmação das datas do Estadual, previsto para o próximo mês. Segundo o diretor Maurício Bara, o grupo não está fechado, abrindo possibilidades para novas contratações, que, por sua vez, dependem de recursos vindo de patrocínios. Com o calendário ainda em aberto, o JF Vôlei estuda a realização de amistosos e participações em outros torneios, inclusive o Campeonato Carioca.

 

Confira abaixo o elenco do JF Vôlei:

Levantadores: Léo Rocha e Tarik Bellini;
Ponteiros: Antony Gabriel, Thiago Guilherme e Vitor Henrique;
Oposto: Chizoba;
Centrais: Lucas de Oliveira e Symon Lima;
Líbero: Athos Machado.

Atletas da categoria de base que vão integrar o elenco: Pedro Henrique (Central/Ponteiro), Joel Machado (Central/Oposto) e Álvaro Gonçalves (Líbero).
Atletas da categoria de base que irão compor os treinamentos: Diego Almeida, Gabriel Spinelli e Yan Foresti.

Comissão Técnica
Técnico: Marcos Henrique;
Preparador Físico: Vinicius Figueiroa;
Fisioterapeuta: Lucas Mostaro;
Médico: Oseas Joaquim;
Auxiliares Técnicos: Fernanda Brandão, Marcos Vinicius e Saulo Oliveira;
Analista de Desempenho/Auxiliar: José Augusto