[Mundial] Itália e Bulgária estreiam com vitória; Brasil entra em quadra dia 12

GetImage (1)O Campeonato Mundial Masculino começou ontem (9) na Itália e na Bulgária, com as duas seleções anfitriãs vencendo seus desafios da estreia. No Foro Itálico de Roma lotado, os italianos superaram o Japão do 3×0 (25×20, 25×21, 25×23). O oposto Ivan Zaytsev terminou a partida com 13 pontos, comandando o ataque italiano.

No mesmo horário, em Varna, a Bulgária entrava em quadra contra a Finlândia. Os donos da casa levaram a melhor e venceram por 3×0, com parciais de 25×21, 25×19, 25×22. Do lado búlgaro, destaque para o atacante Valentin Bratoev, com 14 pontos na estreia.

Na próxima quarta-feira (12), a competição engata com as estreias das demais seleções. Confira abaixo a tabela completa da 1ª rodada do Mundial 2018.

Grupo A – Sedes: Roma e Florença (ITA)
09.09.18 – Itália 3 x 0 Japão (25×20, 25×21, 25×23)
12.09.18 – República Dominicana x Eslovênia (12h – Horário de Brasília)
12.09.18 – Bélgica x Argentina (15h30 – Horário de Brasília)

Grupo B – Sede: Ruse (BUL)
12.09.18 – França x China (8h – Horário de Brasília)
12.09.18 – Holanda x Canadá (11h – Horário de Brasília)
12.09.18 – Brasil x Egito (14h30Horário de Brasília)

Grupo C – Sede: Bari (ITA)
12.09.18 – Camarões x Tunísia (9h – Horário de Brasília)
12.09.18 – Austrália x Rússia (12h – Horário de Brasília)
12.09.18 – Estados Unidos x Sérvia (15h30 – Horário de Brasília)

Grupo D – Sede: Varna (BUL)
09.09.18 – Bulgária 3 x 0 Finlândia (25×21, 25×18, 25×22)
12.09.18 – Irã x Porto Rico (11h – Horário de Brasília)
12.09.18 – Cuba x Polônia (14h30 – Horário de Brasília)

Com informações da FIVb.
Fotos: FIVb

Anúncios

[Pré-mundial] Argentina não decepciona e garante vaga no Mundial 2018

Após cair na semifinal do Sul-americano, a Argentina se recuperou e venceu o Pré-mundial disputado em Delmi de Salta no último fim de semana. A seleção comandada por Julio Velasco venceu, no sábado (2), a Venezuela por 3×0 (25×19, 25×16, 25×12). Esta era a última oportunidade para as seleções da América do Sul de conquistar uma vaga para o Campeonato Mundial de 2018 que será disputado na Itália e Bulgária.

ARG-VEN-(4).jpgO Pré-mundial contou com Argentina, Chile e Venezuela, sendo disputado como um triangular. Os argentinos venceram seus dois confrontos, enquanto os chilenos, que terminaram em 2º lugar, triunfaram diante dos venezuelanos.

Além da Argentina, já estão com vaga garantida: Brasil (campeão Sul-americano); China, Irã, Japão e Austrália (qualificatória asiática); Itália e Bulgária, países sede; Polônia (campeã Mundial 2014); França, Holanda, Eslovênia, Rússia, Sérvia, Finlândia e Bélgica (qualificatória europeia). As cinco vagas da Norceca serão definidas no Pré-mundial da região que será realizado entre os dias 24 de setembro e 2 de outubro. Não há informações sobre os critérios de classificação para as três vagas para as seleções africanas.

O Campeonato Mundial Itália-Bulgária está programado para começar no dia 10 de setembro de 2018 e a final está prevista para o dia 30 do mesmo mês.

Com informações da Feva e FIVb.
Fotos: Feva

[Sul-americano] Na briga pela vaga no Mundial, Brasil estreia nesta segunda (7)

Após breve descanso e treinamentos em Saquarema, a seleção masculina desembarcou no Chile onde disputa, a partir de hoje (7), o Sul-americano de Seleções. O torneio define uma das vagas diretas do continente para o Campeonato Mundial de 2018.

268677299_coleticatemucoO grupo comandado por Renan dal Zotto faz sua primeira partida às 22h (horário de Brasília), contra o Paraguai. Venezuela e Colômbia completam a chave do Brasil, que tem como sede a cidade de Temuco. No Grupo B, Argentina, Chile, Peru e Uruguai fazem seus confrontos em Santiago – a capital chilena também será a sede das finais. “O Brasil é o atual campeão olímpico, tem uma equipe muito forte, mas cada competição é diferente da outra. Para nós, o Sul-Americano tem uma importância muito grande. Neste momento, estamos bem, mas sabemos que, antes de pensar em uma final, temos que pensar jogo a jogo. Por isso, essa fase aqui em Temuco é muito importante”, disse Renan.

Favoritos no Grupo B e maior força ao lado do Brasil, a seleção Argentina chega embalada pelo título da Copa Pan-americana conquistado na última semana. Em 31 edições do torneio, o Brasil saiu campeão em 30 oportunidades.

Todas as partidas terão transmissão da Confederação Sul-americana de Voleibol, enquanto na TV teremos apenas as fases semifinais e final no Sportv.

Confira a tabela completa do Sul-americano 2017:

(Horário de Brasília)

07.08
20h – Colômbia x Venezuela
22h – Brasil x Paraguai
19h30 – Argentina x Uruguai
21h30 – Chile x Peru

08.08
20h – Colômbia x Paraguai
22h – Venezuela x Brasil
19h30 – Argentina x Peru
21h30 – Chile x Uruguai

09.08
13h – Venezuela x Paraguai
15h – Brasil x Colômbia
19h30 – Uruguai x Peru
21h30 – Chile x Argentina

10.08 – Semifinais: 19h30/21h30
11.08 – Final: 21h30

Com informações da CBV e CSV.
Foto destaque: CBV
Foto interna: CSV

[Mundial] Minas leva virada e se despede da competição sem vencer

No último jogo da primeira fase do Mundial de Clubes que está sendo disputado em Betim (MG), o Minas até começou melhor e dificultando a vida do Bolívar (ARG), mas a inexperiência da equipe voltou a pesar e o adversário fechou por 3 sets a 1, parciais de (18/25, 25/19, 25/19 e 25/22). Com o resultado, o Minas somou a terceira derrota e está eliminado da competição.  Já o Bolívar espera o confronto entre Trentino (ITA) e UPCN (ARG) para saber se avança para a próxima fase.

_ Jogadores do Bolívar comemoram vitória importante e a possibilidade de avançar no campeonato. (Foto: FIVB/Divulgação)

Mesmo com mais um resultado negativo, foi a melhor apresentação da equipe mineira no Mundial. No primeiro set os mineiros entraram com mais garra e aproveitaram o excessivo número de erros dos argentinos para sair à frente (18×25). Precisando da vitória para manter o sonho de seguir vivo, o técnico Javier Weber chamou a atenção dos seus jogadores. A cobrança fez efeito rapidamente e o Bolívar parecia uma nova equipe em quadra no 2º set para empatar a partida (25×19).

 O domínio argentino permaneceu nos dois sets seguintes (25×19 e 25×22) com o central Creer se destacando no bloqueio e parando os ataques de Bisset, oposto minas-tenista. O meio de rede foi o maior pontuador do Bolívar, com 13 acertos, sendo cinco só nesse fundamento.Do lado da equipe brasileira, o destaque positivo foi o jovem ponteiro de 22 anos, Thiago Vanole, que começou jogando pela primeira vez no campeonato. O atleta não sentiu a pressão de uma partida nesse nível e foi o jogador de confiança do levantador Gelinski. Vanole foi o maior pontuador do jogo com 17 pontos, sendo 16 de ataque e um em bloqueio.

[Mundial] Sada vence Zenit e avança em primeiro no grupo

Já classificado para as semifinais do Mundial de Clubes de Vôlei Masculino, o Sada Cruzeiro confirmou nesta quinta-feira (20), a primeira colocação do Grupo A. Diante de sua torcida, os cruzeirenses levaram a melhor no confronto mais esperado da primeira fase diante do atual bicampeão europeu Zenit Kazan (RUS) por 3 sets a 1, parciais de (25×20, 20×25, 26×24 e 25×20).

No jogo contra os russos – uma reedição da final do ano passado, vencida pelos brasileiros, o ponteiro Leal foi o principal pontuador, com 18 pontos. Do lado da equipe russa, o cubano León marcou 17 vezes.

Na semifinal, que será disputada no próximo sábado(22), a equipe enfrentará o segundo colocado do grupo B, que poderá ser o Trentino (ITA) ou os argentinos do UPCN ou Bolívar.

Zenit Kazan é campeão europeu e garante vaga no Mundial de Clubes

Campeões em 2008 e 2012, o Zenit Kazan conquistou pela terceira vez o título do Campeonato Europeu de Clubes e garantiu vaga no Mundial. Com uma equipe de estrelas, a equipe russa venceu o Asseco Resovia Rzeszow, da Polônia, por 3×0 (25×22,25×23 e 25×21), em Berlim. Com a conquista do Zenit, a Rússia chega ao sétimo título em 15 anos de Champion’s League.

O cubano Leon foi eleito MVP, além de ter sido um dos ponteiros escolhidos para a seleção do campeonato.

O Zenit Kazan se junta às outras três equipes confirmadas para o Mundial de Clubes: Sada/Cruzeiro (Brasil – anfitriões), UPCN (Argentina – campeão sul-americano) e Ahly (Egito – campeão africano). Completarão a lista de participantes: um representante da Norceca, outro da Confederação Asiática, além de duas equipes convidadas pela Federação Internacional. O Mundial 2015 será realizado entre 27 de outubro e 1º de novembro, em Belo Horizonte.

Foto: CEV – Confédération Européenne de Volleyball

Prêmios individuais

MVP: Wilfredo LEON (Zenit Kazan)

Seleção do Campeonato

Levantador: Fabian DRZYGA (Asseco Resovia Rzeszow)

Oposto: Maxim MIKHAYLOV (Zenit Kazan)

Centrais: Piotr NOWAKOWSKI (Asseco Resovia Rzeszow) e Johannes BONTJE (Berlin Recycling Volleys)

Ponteiros: Wilfredo LEON (Zenit Kazan) e Facundo CONTE (PGE Skra Belchatov

Líbero: Teodor SALPAROV (Zenit Kazan)

Fair play: Scott TOUZINSKY (Berlin Recycling Volleys)

Bola rápida – Amistosos do UPCN no Brasil e Mundial Masculino

Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei

Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei

– Mais uma vez o regulamento confuso do Campeonato Mundial Masculino apronta. Mesmo terminando com a melhor campanha da competição, a seleção brasileira perdeu o privilégio de continuar jogando em Katowice já que, após sorteio, a Polônia caiu no mesmo grupo do Brasil. Como sede do Mundial, a Polônia continuará mandando seus jogos em Lodz.

– UPCN retorna ao Brasil para uma série de amistosos contra o Vôlei UFJF e o Volta Redonda. Antes da viagem ao Brasil, a equipe argentina faz três jogos contra o clube Ciudad de Buenos Aires e contra a Seleção Argentina Sub-23.

– Após não conseguir classificar a Sérvia para o Final Six do Mundial da Polônia, Igor Kolakovic pediu demissão do cargo de treinador da equipe. Kolakovic estava à frente da seleção sérvia há oito anos.