Fofão, Renan e Bebeto de Freitas entram para o Hall da Fama

No último sábado (24), mais três brasileiros entraram para o Hall da Fama do Vôlei. A ex-levantadora e campeã olímpica, Fofão; o Diretor de Seleções da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e ex-jogador Renan Dal Zotto; e o treinador da Geração de Prata, Bebeto de Freitas. Além dos brasileiros, o ex-levantador e campeão olímpico, Lloy Ball, também foi homenageado e recebeu sua placa das mãos de seu pai, Arnie Ball, que é treinador de vôlei há mais de 30 anos. A cerimônia também marcou o 30° ano de indicações para o Hall da Fama da modalidade.

Agora, o Hall da Fama tem 12 brasileiros em sua lista. Os outros nove são: Bernard Razjman (2005); Jackie Silva (2006); Carlos Arthur Nuzman (2007); Ana Moser (2009); Adriana Behar e Shelda (2010); Maurício Lima (2012); Sandra Pires e Nalbert (2014). A escolha é feita pelos membros do Hall da Fama, e até 1998 só podiam ser eleitos atletas, treinadores e dirigentes norte-americanos.

Foto destaque: Reprodução Twitter/USA Volleyball

Anúncios