[Jogos Olímpicos] Com surpresa na lista, Bernardinho divulga os 12 atletas convocados

Depois de conquistar o vice-campeonato da Liga Mundial, nesta segunda-feira (18), Bernardinho definiu os 12 atletas que irão disputar os Jogos Olímpicos.A grande surpresa foi o corte do bicampeão mundial Murilo, o jogador que se recuperava de uma contusão na panturrilha esquerda e já não tinha participado da fase final da Liga Mundial, era o ponteiro mais experiente do Brasil. Os outros dois jogadores cortados foram o central Isac , que também vinha se recuperando de lesão nas costas e o líbero Tiago Brendle, que perdeu a disputa para o experiente Serginho.

Murilo Endres é bicampeão mundial (2006 e 2010), e foi escolhido como o melhor jogador do mundo em 2010. Nas duas últimas Olimpíadas (2008 e 2012), foi vice-campeão olímpico, sendo eleito o MVP dos Jogos de Londres.  Porém, nos últimos anos o jogador vem sofrendo com lesões, foram duas cirurgias no ombro, algumas leves contusões e só nesta Liga Mundial, o ponteiro sofreu com estiramento no peito e uma contusão na panturrilha.

A seleção brasileira chega na manhã desta terça- feira(18) no país e os jogadores terão dois dias de folga e se reapresentam na sexta-feira(22), em Saquarema, Rio de Janeiro para o treinamento final para a Olimpíada.

O Brasil está no grupo A da Olimpíada, ao lado de Canadá, Estados Unidos, França, México e Itália. A estreia brasileira será no dia 07/08, contra os mexicanos. O grupo B tem Argentina, Cuba,Egito, Irã, Polônia e Rússia.

Lista de convocados

Levantadores: Bruno e William

Opostos: Wallace e Evandro

Ponteiros: Lucarelli, Maurício Borges, Lipe e Douglas Souza

Centrais: Lucas, Éder e Maurício Souza

Líbero: Serginho

[ Foto: Internet]

Anúncios

Sada/Cruzeiro e Sesi vencem primeiro jogo das semifinais

Atuais campeões da Superliga, os mineiros do Sada/Cruzeiro venceram o primeiro jogo da semifinal contra o Minas por 3×1 (25×23,26×24,23×25 e 25×21). Wallace e Leal, ambos do Cruzeiro, dividiram o posto de maior pontuador da partida com 18 pontos cada um. O ponteiro Filipe recebeu o troféu Viva Vôlei. A segunda partida entre Cruzeiro e Minas será na segunda-feira, 30, na Arena Minas, às 18h30. Em caso de vitória dos donos da casa, a terceira partida da melhor de três será no dia 4 de abril.

 

 _ Sada/Cruzeiro é o atual campeão da Superliga. ( Foto: Lucilia Bortone)

_ Sada/Cruzeiro é o atual campeão da Superliga.
( Foto: Lucilia Bortone)

Do lado paulista, Sesi-SP levou a melhor, fora de casa, contra o Funvic/Taubaté também em quatro sets (25/21, 27/25, 28/30 e 25/19). O central Lucão foi eleito o melhor da partida. Na terça-feira, 31, o Sesi recebe o Taubaté, na Vila Leopoldina, com a esperança de fechar a conta da semifinal e garantir mais uma final da Superliga.

SUPERLIGA 2012/ 2013- SADA/ CRUZEIRO É O PRIMEIRO FINALISTA

por Luara Herédia

O time do SADA/ CRUZEIRO  está na final da SUPERLIGA 2012/ 2013, o time mineiro não deu chances para o SESI  e venceu as duas partidas da semifinal por 3 sets a 0. A equipe do oposto Wallace já havia vencido a partida em seu ginásio e precisava vencer na casa do adversário para alcançar a terceira final consecutiva da competição. E foi isso que aconteceu, com muito volume de jogo e liderados pelo “ el mago”, o  levantador  William o Cruzeiro venceu a partida com parciais de 25 x 22, 25 x 23 e 36 x 34. Agora, o time mineiro espera o seu adversário que sai do confronto entre RJX x VIVO/ MINAS.

Imagem

FOTO: DIVULGAÇÃO CBV – ALEXANDRE ARRUDA

O JOGO:

A grande novidade nas escalações das equipes ficou por conta de Sidão, o central do SESI se recuperou das dores das costas que o afastaram das partidas das quartas- de- final. O primeiro ponto do jogo foi do time mineiro. No contra- ataque, os cruzeirense abriram  2 x 0. O saque de Leal atrapalhou a recepção do adversário e na bola de xeque , Felipe pontuou: 5 x 2. Na sequência, Leal fez um ponto de saque: 6 x 2. Dois pontos seguidos do SESI diminuiu a desvantagem do marcador: 6 x 4.  O oposto Lorena forçou o saque e na bola de xeque , Cléber marcou mais um ponto para o time paulista: 7 x 6. No primeiro tempo técnico o placar era: 8 x 6, para os visitantes. Após erro de recepção de Murilo, o SADA abriu três pontos: 9 x 6. As duas equipes forçavam muito saque e com isso cometiam muitos erros.  No contra-ataque, Lorena atacou na diagonal e marcou mais um ponto para o SESI: 10 x 9. As duas equipes trocavam pontos, o central Rogério foi para o saque e fez um ponto de saque: 14 x 12.  A partida ficou paralisada por alguns minutos por causa da rede que furou. NA sequência do jogo, Lorena marcou mais um ponto de saque e equilibrou o jogo  14 x  15 . Na segunda parada técnica, o placar era 16 x 14 para o SADA/ CRUZEIRO.

No contra- ataque, Leal errou o ataque e deu ponto de graça para o SESI:  16 x 5.  Após rally, Rogério pontuou para o time mineiro que abriu três pontos no set:1 9 x 16. No bloqueio duplo, o CRUZEIRO fez 20 x 6, fazendo o técnico Giovane Gávio parar o jogo. Na volta da partida o juiz deu erro de rotação, mas voltou atrás na marcação e voltou o ponto. O oposto Wallace pontuou na saída de rede: 21 x 16.  O SESI tentava uma reação no set, mas o bloqueio cruzeirense parava os ataques do adversário: 22 x 17.  Usando também o  bloqueio, o central Éder, do SESI, parou o ataque do SADA: 23 X 20. Sandro saiu para a técnico do SADA/ CRUZEIRO, Marcelo Mendez, parou o jogo. No erro de saque de Lorena, o set terminou em 25 x 22.

2º set

O  líbero Serginho sentiu a região lombar no fim do primeiro set e permaneceu em quadra jogando com muitas dores. O set começou equilibrado com as duas equipes trocando pontos. Murilo fez 2 x1. O oposto Wallace, pela saída de rede empatou o jogo: 3 x 3. Ace do CRUZEIRO: 5 x 3. Lorena, pela paralela pontuou e deu a vantagem do placar para o time paulista: 6 x 5. Erro de ataque de Douglas e a equipe da casa abriu dois pontos: 7 x 5. No tempo técnico o placar era 8 x 6, SESI. O time da casa era mais equilibrada no segundo set e liderava o placar: 13×11. Éder, no bloqueio parou o ataque do Felipe, o técnico Marcelo Mendez gastou o primeiro tempo técnico. No erro de recepção do líbero Serginho, do SESI, o time mineiro encostou no marcador:16×15,  Giovane Gávio parou o jogo.

O SADA/ CRUZEIRO se recuperou e empatou o set:1 7 x 17. No ‘bloqueio, o time mineiro passou no placar:  18x 17.  Invasão por cima do levantador William e o SESI retomou o placar 19×18. O ponteiro Cléber cometeu uma condução e com isso o CRUZEIRO abriu três pontos: 23 x20. Lorena pontuou novamente no saque 23 x 21, o técnico do SADA parou o jogo.  Wallace, pela saída de rede fechou o set em 25 x 23 e abriu 2 sets a 0.

 3º set

O ponteiro Maurício começou jogando o set no lugar do cubano Leal.  O SESI começou mais agressivo. No bloqueio, o time paulista abriu três pontos: 7 x 4.  No primeiro tempo técnico o placar era 8 x 6, SESI. O SADA voltou melhor na sequência do jogo e empatou o set: 8x 8. No erro de marcação do juiz, o CRUZEIRO virou: 9 x 8. Após erro de recepção de Maurício, o SESI retomou  placar: 10 x 9.  Lorena chamou a responsabilidade para si e no ponto de saque marcou mais um ponto para o time paulista que abriu dois pontos: 15 x 13. No primeiro tempo técnico, o placar era 16×14 para o time da casa.

Os cruzeirenses se recuperaram no set e encostaram no placar: 17 x 16, SESI. O central Sidão sentiu a coluna  e saiu do jogo sem condições de jogo. No set, o SADA empatou a partida aproveitando os erros do adversário : 21 x 21. O experiente ponteiro Murilo atacou pela entrada de rede e o time paulista abriu dois pontos importantes no fim do set: 24 x 22, o técnico do SADA parou o jogo para conversar com  sua equipe. Lorena  desperdiça o ponto que daria o set  para o time paulista e o jogo ficou novamente empatado: 24 x 24. No contra- ataque, Wallace deu o match- point para o time mineiro: 26 x 25.  Na defesa de Serginho, Mão pontuou no contra-ataque e o SESI ganhou mais um set point: 27 x 26, o técnico do SADA pediu tempo. EM mais um erro de Lorena, o CRUZEIRO teve mais um match- point: 29x 28. O jogo seguiu equilibrado e com muita tensão em quadra: 32 x 32. Murilo, explorando o bloqueio deixou tudo igual novamente 33 x 33. No erro de Mão, o set terminou em 36 x 34 e o SADA/ CRUZEIRO fechou o set em 3 x 0.

SUPERLIGA 2012/2013 – Murilo Endres, Danilo Gelinski e Rivaldo são os destaques da 7ª rodada

Por Lucilia Bortone

Depois de mais uma rodada cheia de emoções e viradas espetaculares, conhecemos os jogadores que se destacaram no fim de semana segundo as estatísticas da CBV.

O ponteiro Murilo Endres (Sesi-SP) e o levantador Danilo Gelinski (UFJF) dividem o posto de Melhor Jogador da Rodada. Murilo liderou as estatísticas no bloqueio e recepção, além de ter terminado a 7ª rodada como o 6º melhor no ataque (16 pontos na partida contra o Vivo/Minas).

Danilo Gelinski é um dos melhores da 7ª rodada

Já o levantador Gelinski terminou a rodada como 7º no bloqueio, 5º no saque, 4º na defesa e 3º no levantamento, sendo também um dos destaques da vitória da UFJF sobre o Vôlei Futuro – a primeira dos mineiros na Superliga 2012/2013 – marcando 7 pontos na partida.

O oposto Rivaldo (Medley/Campinas) foi o maior pontuador da vitória da Medley/Campinas e da rodada. O jogador anotou 24 pontos no confronto de sábado que quebrou a invencibilidade do RJX. Mesmo com a derrota fora de casa, o RJX continua líder da competição.

Confira abaixo a lista completa dos Melhores da Rodada.

MELHORES DA 7ª RODADA – TURNO

 Maior Pontuador: Rivaldo – MEDLEY/CAMPINAS : 24 pontos

Melhores:

Ataque: Yoandy Hidalgo – SADA CRUZEIRO

Bloqueio: Murilo Endres – SESI-SP

Saque: Renato Felizardo – SUPER IMPERATIZ VÔLEI

Defesa: Daniel Rossi – VOLTA REDONDA

Levantamento: Sandro Carvalho – SESI-SP

Recepção: Murilo Endres – SESI-SP

Líbero: Alex Almeida – VOLTA REDONDA

Melhor Jogador: Danilo Gelinski – UFJF: 7º Bloqueio; 5º Saque; 4º Defesa; 3º Levantamento.

Melhor Jogador: Murilo Endres – SESI-SP: 6º Ataque; 1º Bloqueio; 1º Recepção.

“ELIMINAÇÃO PRECOCE”…

Depois de uma estreia para se esquecer, a seleção brasileira de volei entrou em quadra contra a Polônia pela segunda rodada da Fase Final da Liga Mundial com a responsabilidade de vencer seu maior “carrasco”  entre as últimas partidas, a Polônia, para se manter na Liga Mundial 2012. Porém, novamente  a equipe  comandada pelo técnico italiano Andrea Anastasi foi superior, jogou melhor nas horas decisivas e eliminou o Brasil no tie- break. Parciais de 25 x 23, 23 x 25, 25 x 23, 17 x 25 e 10 x 15.

Com os ponteiros brasileiros fora de suas condições físicas ideias( Murilo sofre de uma tendinite no ombro, Dante sofre desde a final da última temporada com uma lesão do joelho, Giba passou por uma cirurgia e volta aos poucos), a seleção brasileira até que tentou , mas a  Polônia do ponteiro Bartosz Kurek e do oposto Bartman voltou a vencer a seleção nessa Liga Mundial( foram 5 confrontos e 4 vitórias polonesas) e dessa vez eliminou a equipe brasileira da competição., acabando assim com a possibilidade do deca( dez títulos).

É   a segunda vez que o brasil fica fora do pódio em uma competição na “Era Bernardinho”. A primeira tinha sido também em um ano olímpico, na Liga Mundial ,em 2008, disputada o no Ginásio do Maracãnazinho, Rio de Janeiro.

O central Lucão comentou sobre a eliminação:

 “A equipe mostrou uma evolução boa, de determinação e de voleibol, mas sofremos muito com as lesões. Murilo, Dante, Giba, Vissotto, todos voltando de um tempo sem jogar. Agora precisamos trabalhar ainda mais. Temos três semanas para pensar somente nos Jogos Olímpicos. Temos que treinar, botar a cabeça no lugar e que tudo isso sirva de aprendizado para mostrar que o que estamos fazendo não é o suficiente”.

A seleção agora volta para o Brasil e  ficará treinando no Centro de Treinamento em Saquarema com foco nos Jogos Olímpicos de Londres. A seleção está no Grupo B, considerado o “grupo da morte” ao lado de EUA, Rússia, Alemanha, Sérvia e Tunísia.

 

 

Fase Final Liga Mundial: Estreia para se esquecer…

A seleção brasileira estreiou com derrota diante de Cuba na fase final da Liga Mundial 2012 que está sendo disputado na cidade de Sofia, na Bulgária. Cuba venceu por 3 sets a 0. Parciais de 25-19, 26-24 e 25-22.

O Brasil acumulou muitos erros ( no 2° set por exemplo foram 17 erros)  e diante de uma Cuba agressiva no ataque e eficiente no saque o Brasil foi uma presa fácil para o time cubano que conta com Wilfredo Leon, o jovem( mas já experiente) ponteiro de 18 anos que foi o mairo potuador da partida com 15 pontos sendo5 de saque.

Wilfredo Leon,18 anos mas já experiente e capitão de Cuba foi o grande destaque da partida

Mais uma vez Bernardinho preferiu começar com o oposto Leandro Vissotto , deixando Wallace ( o mais regular e maior pontuador da seleção na competição no banco). Vissotto não conseguiu virar as bolas que recebia do levantador Bruno, sem a bola de segurança para o oposto, os ponteiros Dante e Murilo ficaram sobrecarregados. Murilo que já não está 100% pois se recupera de uma tendinite no ombro também nãoe stava bem na partida o que dificultou ainda mais o ataque do time.

No segundo  set o técnico brasileiro começou com Thiago Alves no lugar de Murilo e tirou Vissotto e colocou Wallace que entrou bem no jogo e incendiou o set porém, como o volei é um esporte coletivo não bastava apenas um jogar bem. Com um erro de jogada do levantador Bruno que preferiu uma bola de meio ao invés de uma jogada na saída de rede com Wallace a seleção de Cuba venceu por 26-24, fazendo 2 sets a 0.

No terceiro set sabendo que era tudo ou nada para o Brasil , a seleção até começou melhor e chegou a abrir 12-8 no placar, porém, cometendo muitos erros de saque e desperdiçando contra-ataques a seleção de Cuba retomou o placar e depois não dava mais pra correr atrás do prejuízo.

Agora, a  selção precisa vencer a seleção da Polônia para mater acesa a chance de classificação. Nessa Liga Mundial já foram 4 confrontos e a selão europeia venceu 3 das 4 partidas.

O jogo será Quinta-feira às 11h30, Sportv e Esporte Interativo mostram a partida.

LIGA MUNDIAL: Após fazer o dever de casa, seleção brasileira viaja para a Finlândia

Depois de vencer os 3 jogos em território brasileiro a seleção comandada pelo técnico Bernardinho já embarcou para a Finlândia para  disputar nos dias 15, 16 e 17 de Junho os três últimos jogos da fase inicial da Liga Mundial 2012. A fase final da competição serão nos dias 4 a 8 de Julho em Sofia, Bulgária.

o levantador Bruninho comentou sobre a etapa do Brasil  e o que espera enfrentar pela frente da competição:

“A torcida brasileira aqui nos inflamou e fez com que continuássemos com a mesma disposição durante os jogos inteiros”.

 “Agora, temos que continuar com a faca nos dentes. Nossa atitude tem que ser sempre essa e não podemos tirá-la de lá de maneira alguma. O mais importante é manter essa liderança e confirmar a classificação para a Bulgária”.

 

Pelo twitter Bruno, Murilo, Éder e Rodrigão agradecem a torcida brasileira e informam que já estão a caminho da Finlândia