[Mundial de Clubes] Com Vermiglio apartando briga, Paykan assegura liderança e enfrenta o Sada/Cruzeiro na semi

Apesar da noite desta quinta (29) não ter tido o Sada/Cruzeiro, a torcida marcou presença em Betim na última rodada da fase de grupos do Mundial. Na segunda partida da noite, o Paykan Tehran fez triplo 25×22 pra cima do UPCN e assegurou o 1º lugar da chave. Na semifinal, os iranianos enfrentarão o Cruzeiro, enquanto o UPCN pega o Zenit Kazan, que mais cedo venceu o Capitanes de Arecibo.

O oposto Ghafour foi peça chave na vitória do Paykan marcando 15 pontos, mesma pontuação de Aleksiev (UPCN). A equipe iraniana dominou os dois primeiros sets, caiu de rendimento durante o 3º, porém conseguiu incrível recuperação após ficar a quatro pontos dos argentinos (20×16) e diminuiu a vantagem para apenas um ponto. Abalados, os jogadores do UPCN pararam no bloqueio adversário e viram o set e a partida escaparem (22×25).

Confusão

Durante a troca de lado entre o 2º e 3º sets, um dos jogadores reservas do Paykan e o preparador físico do UPCN iniciaram uma discussão. O levantador, Valerio Vermiglio – famoso por suas provocações – foi apartar a briga, porém recebeu cartão amarelo. A punição também foi dada para o UPCN. Após a partida, a confusão foi entre as comissões técnicas das equipes.

Confira os confrontos das semifinais

30 de outubro

17h30 – Zenit Kazan x UPCN

20h – Sada/Cruzeiro x Paykan Tehran

Transmissão: ESPN e ESPN+

Foto: FIVb

Anúncios

[Mundial de Clubes] Paykan Tehran vence na abertura do Mundial

Na partida de abertura do Mundial de Clubes em Betim, o Paykan Tehran (Irã) venceu o Ahly Sporting Club (Egito) por 3×0 (25×19, 25×20 e 25×15). O confronto foi válido pelo Grupo B da competição. Amanhã, pelo mesmo grupo, o UPCN faz sua estreia contra o Ahly Sporting às 17h10.

Apesar de ter começado as duas primeiras parciais perdendo por três pontos (5×8), o Paykan logo se encontrou em quadra e conseguiu aproveitar os erros da equipe egípcia, revertendo a vantagem em momentos cruciais dos sets. O terceiro set foi o mais tranquilo para o time iraniano que chegou a abrir seis pontos no placar (14×8). Administrando a vantagem construída ao longo do set e aproveitando os inúmeros erros de saque e ataque do Ahly, o Paykan fechou o set em 25×15.

Ao todo, foram 27 pontos em erros cedidos pelo Ahly Sporting. O Paykan se destacou no saque, com 7 pontos, contra 1 dos adversários. Os atacantes Ghaemi (Paykan Tehran) e El Kotb (Ahly Sporting) dividiram o posto de maiores pontuadores da partida: 14 acertos.

 

Foto: FIVb