[Europeu] Diante de público recorde, Sérvia cala torcida na Polônia

O primeiro dia da Fase Final do Europeu 2017 viu o recorde de público em uma partida de vôlei ser quebrado na Polônia. Foram 65.407 torcedores presentes ontem (24) no Estádio Nacional de Varsóvia para o duelo entre os donos da casa e a Sérvia, porém, os torcedores poloneses saíram da arena com um gosto amargo. Após 1h30 de jogo, a Sérvia, com boa combinação de saque-bloqueio, superou a Polônia por 3×0 (25×22, 25×22, 25×20).

205517__CGF1268.JPGA partida foi equilibrada em todas as parciais com as equipes se alternando na liderança do marcador, mas os poloneses pecaram bastante nos momentos decisivos e não conseguiram equilibrar sua linha de recepção. O ponteiro Petric (Sérvia) foi o maior pontuador com 15 pontos (12 de ataque, 2 de saque e 1 de bloqueio).

Na primeira rodada do Grupo A ainda tivemos a partida entre Finlândia e Estônia, que terminou com o triunfo dos finlandeses no tie-break. No Grupo C, a Rússia superou a Bulgária por 3×0, mesmo resultado da vitória da Eslovênia sobre a Espanha. Os grupos B e D começam seus duelos nesta sexta-feira (25).

Todas as partidas estão sendo transmitidas no Youtube e Facebook da Confederação Europeia. No Brasil, os canais ESPN são os detentores dos direitos e hoje transmitem a partida entre Alemanha e Itália a partir das 15h20.

Confira a tabela e os resultados do Europeu Masculino de Seleções 2017:

Grupo A
24.08 – Finlândia 3 x 2 Estônia (25×21, 25×22, 25×27, 22×25, 15×9)
24.08 – Polônia 0 x 3 Sérvia (22×25, 22×25, 20×25)
26.08 – Estônia x Sérvia
26.08 – Finlândia x Polônia
28.08 – Sérvia x Finlândia
28.08 – Estônia x Polônia

Grupo B
25.08 – República Tcheca x Eslováquia
25.08 – Alemanha x Itália
27.08 – Eslováquia x Itália
27.08 – República Tcheca x Alemanha
28.08 – Eslováquia x Alemanha
28.08 – Itália x República Tcheca

Grupo C
24.08 – Bulgária 0 x 3 Rússia (23×25, 20×25, 19×25)
24.08 – Espanha 0 x 3 Eslovênia (25×27, 15×25, 16×25)
26.08 – Rússia x Eslovênia
26.08 – Bulgária x Espanha
28.08 – Eslovênia x Bulgária
28.08 – Rússia x Espanha

Grupo D
25.08 – Holanda x Turquia
25.08 – França x Bélgica
27.08 – Turquia x Bélgica
27.08 – Holanda x França
28.08 – Bélgica x Holanda
28.08 – Turquia x França

Fotos: CEV.lu

 

Anúncios

[Liga Mundial] No duelo dos novos técnicos, Polônia leva a melhor sobre o Brasil

Com novidades em suas comissões técnicas, Polônia e Brasil se enfrentaram na estreia da Liga Mundial, em Pesaro (ITA), e os poloneses levaram a melhor. Comandados pelo italiano Ferdinando De Giorgi, os europeus venceram por 3×2 (25×20, 20×25, 19×25, 25×22 e 15×8).

Estreando como treinador da seleção brasileira, Renan Dal Zotto não ousou com os titulares e muito menos durante a partida, ao contrário de De Giorgi que modificou bastante a formação de sua equipe. Destaque para o jovem polonês Sliwka que entrou durante o jogo no lugar do veterano Kurek cuja atuação foi abaixo do esperado, e o oposto Konarski, com 20 pontos no jogo.

O Brasil terminou a partida cedendo 30 pontos em erros para os adversários, enquanto os poloneses cometeram 18 erros contabilizados em pontos para o Brasil.

Amanhã (3), o Brasil enfrenta o Irã, às 12h, e a Polônia encara a Itália, a partir das 9h – horário de Brasília.

O jogo

O oposto Evandro foi o maior pontuador com 22 acertos (Foto: FIVb)

Os poloneses começaram a partida mais ligados e abriram três pontos no início do 1º set (0x3). Após pegar ritmo no bloqueio, os brasileiros conseguiram passar à frente dificultando a virada de bola polonesa (10×8). Porém, na reta final do set, a Polônia encaixou uma boa sequência de saques e no contra-ataque do central Bieniek fechou o set em 25×20.

Na segunda parcial, a seleção brasileira conseguiu manter uma boa atuação. Ao contrário do que vem testando em outras competições, a FIVb não extinguiu as paradas técnicas obrigatórias do 8º e 16º pontos na Liga Mundial. Na segunda parada técnica, a vantagem sul-americana era de quatro pontos (16×12). O descanso acordou os poloneses que encostaram (18×17). Ainda assim, os erros dos europeus fizeram a diferença e o Brasil devolveu o placar do primeiro set (20×25).

Com o empate brasileiro, o treinador da Polônia, Ferdinando De Giorgi, começou a testar o banco: sacou Kurek e colocou em quadra o jovem Sliwka durante o set. Mantendo o ritmo do set anterior e com bom volume de jogo, o Brasil não deu brechas para as tentativas de reação polonesas, fechando o 3º set com dois aces do ponteiro Lucarelli (19×25).

Enquanto o Renan Dal Zotto mantinha sua formação titular e com trocas momentâneas, De Giorgi foi remontando seu time. No 4º set, nenhuma das equipes conseguia desgarrar no placar (13×13). Sem a mesma eficiência nos ataques e bloqueio, o Brasil tomou a virada no finalzinho do set e a Polônia levou a partida para o tie-break (25×22)

No set decisivo os poloneses atropelaram os brasileiros. Sem conseguir pontuar no sideout e contra-ataques, a seleção brasileira ficou sem ação diante da potência de Sliwka e Konarski. Caçado pelos saques da Polônia durante toda a partida, o ponteiro Maurício Borges pouco pôde fazer no tie-break (6×13). Apáticos, os brasileiros viram os poloneses comemorarem a primeira vitória na Liga Mundial 2017 (15×8).

Brasil
Bruninho, Evandro, Lucão, Maurício Souza, Lucarelli, Maurício Borges. Líbero: Brendle
Entraram: Douglas Souza, Otávio, Murilo Radke, Renan
Técnico: Renan Dal Zotto

Polônia
Drzyzga, Konarski, Bieniek, Lemanski, Kubiak, Kurek. Líbero: Zatorski
Entraram: Muzaj, Buszek, Sliwka, Klos, Lomacz
Técnico: Ferdinando De Giorgi

Fotos: FIVb

[Mundial de Clubes] Nova data, nova sede, nova fórmula

Após muita especulação, o Mundial Masculino de Clubes terá nova casa em 2017 e fugirá do calor brasileiro. O torneio será realizado entre os dias 11 e 17 de dezembro, na Polônia – em duas cidades a serem definidas –, e terá nova fórmula para definir os oito clubes participantes.

Além dos campeões continentais (América do Sul, Europa e Ásia), terão vaga: o vencedor da Liga Polonesa (anfitriões), dois campeões nacionais dos países melhores colocados no ranking da Federação Internacional de Voleibol (FIVb) e dois wild cards. Com a reformulação, o Mundial passa a privilegiar equipes mais fortes e o equilíbrio dentro da própria competição.

O torneio, assim como em edições anteriores, terá dois grupos com quatro equipes. As duas melhores colocadas avançam para as semifinais.

De volta ao calendário da FIVb em 2009, o Mundial de Clubes já teve como sedes Doha (Qatar), Betim (Brasil), Belo Horizonte (Brasil), São Paulo (Brasil), Milão (Itália), Parma (Itália) e Treviso (Itália). O Trentino é o maior campeão (quatro títulos), seguido pelo Sada Cruzeiro que venceu o torneio três vezes.

Campeões Mundial Masculino de Clubes

Betim 2016 – Campeão: Sada Cruzeiro (Brasil)
Betim 2015 – Campeão: Sada Cruzeiro (Brasil)
Belo Horizonte 2014 – Campeão: Belgorie Belgorod (Rússia)
Betim 2013 – Campeão: Sada Cruzeiro (Brasil)
Qatar 2012 – Campeão: Trentino (Itália)
Qatar 2011 – Campeão: Trentino (Itália)
Qatar 2010 – Campeão: Trentino (Itália)
Qatar 2009 – Campeão: Trentino (Itália)
Treviso 1992 – Campeão: Misura Mediolanum Milano (Itália)
São Paulo 1991 – Campeão: Il Messaggero Ravenna (Itália)
Milão 1990 – Campeão: Mediolanum Milano (Itália)
Parma 1989 – Campeão: Maxicono Parma (Itália)

 

Com informações da FIVb
Fotos: FIVb

[Jogos Olímpicos] Canadá, Polônia e Egito realizam amistosos com equipes brasileiras

Falta pouco mais de uma semana para a abertura dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro e diversas seleções já estão em solo brasileiro para aclimatação. Campeões mundiais em 2014, os poloneses escolheram Belo Horizonte e o CT do Sada/Cruzeiro para seus treinamentos; já o Canadá, que venceu o Grupo 2 da Liga Mundial em 2016, está em Taubaté.

Treino Egito 25072016

Egito treina em Juiz de Fora desde a última segunda-feira (25) [Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei]

Apesar de não figurarem entre as grandes equipes no cenário mundial, a seleção egípcia é uma das delegações que utiliza o Centro Olímpico da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Entretanto, a preparação dessas equipes não se limita a treinamentos. Na noite de hoje (28) e na tarde de amanhã (29), o Egito faz amistosos com o Minas Tênis Clube no ginásio da UFJF. A entrada é restrita para aqueles que se cadastraram no Portal da Universidade.

Também na sexta-feira, o ginásio do Riacho, em Contagem, será o palco do primeiro confronto entre Sada/Cruzeiro e Polônia; o segundo encontro entre poloneses e cruzeirenses acontece na terça-feira (2). A venda de ingressos começou nesta quinta-feira na Sede Administrativa do clube mineiro.

No sábado (30), o Funvic/Taubaté abre os portões do Abaeté para o amistoso contra o Canadá, que chegou ontem (27) à cidade do Vale do Paraíba. Para o Taubaté esta será uma oportunidade de fortalecer a preparação da equipe para a Copa São Paulo que será disputada no próximo mês.

Com informações do Sada/Cruzeiro, UFJF e Vôlei Taubaté

[Liga Mundial] Sérvia vence a Polônia e se garante na semifinal

A Sérvia é a única entre as seis seleções que disputam a fase final que não vai participar dos Jogos Olímpicos, mas a equipe segue motivada para brigar pelo título da Liga Mundial. Mesmo enfrentando os poloneses, anfitriões da competição, os sérvios saíram vitoriosos por 3 sets a 1, 25-23, 25-20, 18-25, 25-18.

O poderoso saque sérvio voltou a ser o diferencial, foram dez na partida, quatro pontos desse fundamento foram do ponteiro Marko Ivonic, que terminou como o maior pontuador do confronto, com 18 pontos. O bloqueio também foi outra arma dos sérvios, que pontuaram 14 vezes e pararam os ataques de Konarski, Mika,  Kurek e cia.

tab

_ Classificação do grupo após duas rodadas. (Imagem: FIVB

 

Com a vitória, a Sérvia se juntou ao Brasil, garantindo de forma antecipada a classificação para a semifinal da Liga Mundial. Nesta sexta-feira(15), franceses e sérvios se enfrentam para definir o segundo colocado do grupo J , que ainda  poderá ser França ou Polônia. O jogo será às 12h30, com transmissão do Sportv.

 

_ Com fotos da FIVB(Federação Internacional de Voleibol

[Liga Mundial] Maiores vencedores da competição, Brasil e Itália se enfrentam na abertura da fase final

Depois de se classificar em primeiro lugar, foram nove vitórias e apenas uma derrota, a seleção brasileira faz nesta quarta-feira (13) sua estreia na etapa final da Liga Mundial, disputada em Cracóvia, na Polônia. As seis seleções que garantiram um lugar para a última fase da competição foram divididas em dois grupos com três equipes em cada.  No grupo J1 estão Brasil, Itália e Estados Unidos, já o grupo K1 é composto pela Sérvia, França e pela anfitriã Polônia.  A partida de abertura da fase final será entre os maiores vencedores do torneio, o Brasil, com nove conquistas, enfrenta a Itália, que é detentora de oito títulos da Liga Mundial. A partida será às 12h30, com transmissão do Sportv.

O técnico Bernardinho destacou a força do adversário. “Eles têm opções de troca, já que o Zaytsev está jogando de ponteiro e pode alternar como oposto, e estamos esperando para conhecer como vai ser contra o nosso time. A Itália tem um vigor físico enorme e depende muito disso. Saque e bloqueio, sistema defensivo, talvez seja o ponto alto deles. A entrada do Juantorena, o cubano naturalizado, deu um algo a mais no sentido de força e capacidade de decidir”.

bernaaaaaaaa

_  Bernardinho poderá não contar com Lucarell, seu principal jogador. (Foto: FIVB/divulgação)

Com 15 atletas  disponíveis, o técnico brasileiro poderá ter  dor de cabeça para a partida diante da Itália. O  ponteiro Lucarelli, principal jogador do Brasil, que já havia sido poupado na última partida  sentindo dores nas costas, teve  uma lombalgia confirmada.  Vale ressaltar que  dois ponteiros, Murilo e Lipe,também se recuperam de lesões, estiramento no peito e um problema muscular na panturrilha, respectivamente. Bernardo ainda tem no  elenco  Maurício Borges e o jovem Douglas Souza, jogadores menos experientes, mas que vem atuando.

Competição

As seis seleções que garantiram um lugar para a última fase da competição foram divididas em dois grupos, no grupo J é composto por Brasil, Itália e Estados Unidos, já no grupo K estão Sérvia, França e pela anfitriã Polônia. Os dois melhores colocados de cada grupo estarão garantidos na fase semifinal.

tabela final

_   As seis seleções classificadas para fase final: Brasil(1º), EUA(2º), Sérvia(3º), França(4º), Itália(5º) e  a Plônia(10º), classificada por ser sede da fase final. (Imagem: FIVB/site)

 

[Pré-olímpico] Polônia conquista vaga olímpica de forma antecipada

A equipe polonesa conquistou a primeira vaga olímpica disponível no Pré -olímpico Mundial, depois de derrotarem a Venezuela por 3×0 (25-21, 25-18, 25-17) no Tokyo Metropolitan Gymnasium (Japão).  Foi a quinta vitória em cinco jogos dos poloneses, que garantiram a classificação para a Olimpíada com duas rodadas de antecipação.

Após não conseguirem se classificar na Copa do Mundo e ter visto o sonho mais uma vez adiado no Pré-olímpico europeu, os atuais campeões mundiais foram ao Japão decididos a carimbar o passaporte para o Rio. Esta será a nona vez da Polônia na maior competição esportiva do mundo, que conquistou a medalha de ouro uma vez, em 1976, nos Jogos Olímpicos de Montreal (Canadá).

Na entrevista coletiva, o técnico Stéphane Antiga comentou sobre esse longo caminho percorrido pela seleção polonesa. “Este foi um longo processo com muitos torneios e jogos [mais de 20 partidas]. Nós finalmente estamos classificados. Somos uma equipe mais forte por causa desta experiência. Nós queríamos a classificação hoje. Estou muito feliz pelos jogadores.”

PolandqualifyfortheRio2016OlympicGames

_ Seleção polonesa comemora a vaga para os Jogos Olímpicos, a terceira participação seguida. (Foto: FIVb/Divulgação)

O ponteiro e capitão polonês Michal Kubiak, foi o maior pontuador da partida com 13 pontos e não escondeu a felicidade pelo feito. “É uma sensação incrível ir aos Jogos Olímpicos duas vezes seguidas. É um sonho se tornado realidade. Nós não conseguimos nos classificar através Copa do Mundo ou campeonatos europeus, mas, finalmente, nós estamos indo para os Jogos Olímpicos. Vencemos cinco partidas seguidas, embora o nosso nível não esteja tão bom. Agora, vamos para o Rio e tentar vencer lá “, concluiu.

Classificação

Quem também está muito próximo de se classificar é a França, que na abertura da rodada venceu o Canadá por 3 sets a 0.  Confira a tabela

polskaCom fotos e informações da FIVb