VAI COMEÇAR A SUPERLIGA

[Superliga] Vai ser dada a largada, amanhã (9) começará mais uma edição da Superliga Masculina. Com mais uma temporada com um elenco estrelado, o Taubaté entra como favorito para defender o título conquistado na última edição!


Confira os primeiros confrontos, todos os jogoS serão transmitidos: TV CULTURA, SPORTV e pela internet, através do CANAL BRASIL!

[Superliga] Caramuru mantém regularidade e vence JF Vôlei fora de casa

DSC09187

Jacu entrou no ginásio e foi o centro das atenções no início do 1º set. (Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei)

Com direito a invasão de um jacu, o Ponta Grossa Caramuru Vôlei saiu de Juiz de Fora com uma vitória importante sobre os donos da casa na noite de ontem (2). Os paranaenses fizeram 3×1 (25×20, 29×31, 25×21, 28×26) e se mantiveram na 9ª colocação, agora com oito pontos e duas vitórias. O Troféu Viva Vôlei ficou com o ponteiro Perón do Ponta Grossa.

Na 10ª rodada, o JF Vôlei vai ao Rio Grande do Sul enfrentar o Lebes/Canoas, na quinta-feira (7), às 19h30, com transmissão do Sportv. Enquanto o Ponta Grossa pega o Minas Tênis Clube no dia 13, em Belo Horizonte.

O jogo

O início da partida já foi marcado por um momento inusitado quando o placar marcava 7×8: um jacu entrou no ginásio e pousou nas placas de publicidade. Coube ao central do Ponta Grossa Caramuru, Thales, a retirar o animal da área de jogo para que a partida recomeçasse. Após abrir dois pontos (13×15), Caramuru manteve a vantagem apostando no saque forçado e incomodando os juiz-foranos no bloqueio. Com Leozão sobrando e acionado nos momentos certos pelo levantador Índio, os visitantes levaram a primeira parcial em 20×25.

No 2º set, o equilíbrio entre as duas equipes deu o ritmo da partida. Com a maioria dos passes fora da rede, o JF Vôlei foi fazendo o seu jogo pelas extremidades, dividindo a responsabilidade entre os ponteiros, Leozinho e Rammé, e o oposto Emerson. Do outro lado, Índio evitava sobrecarregar o oposto Leozão no início da parcial e contou com o bom aproveitamento dos demais atacantes no side-out. O JF Vôlei teve a chance de fechar o set em 25 pontos, porém o saque do central Maycon entrou e as duas equipes passaram a trocar pontos. Em dois erros de ataque de Caramuru, Juiz de Fora fez 31×29 e empatou a partida.

Ao contrário dos sets anteriores, Caramuru conseguiu abrir vantagem logo no início do 3º set (7×11). Enquanto o posicionamento defensivo de Caramuru proporcionava contra-ataques, Juiz de Fora ainda tinha dificuldades em achar Leozão no bloqueio. Cometendo muitos erros de saque e ataque, os donos da casa não conseguiram reverter o placar e foram superados por 21×25.

Precisando vencer o 4º set para levar a partida para o tie-break, o JF Vôlei começou a parcial mais ligado e incomodando a recepção de Caramuru (6×4). Voltando a marcar bem os ataques de Juiz de Fora, o Caramuru conseguiu encaixar os contra-ataques e reequilibrar a parcial (10×10). Com a boa distribuição de Índio, Ponta Grossa conseguiu manter a regularidade no ataque e vencer a parcial em 26×28, garantindo três pontos na classificação e a segunda vitória.

JF Vôlei
Felipe, Emerson, Bruno, Rômulo, Leozinho, Rammé. Líbero: Juan Mendez
Entraram: Raphael, Matheusão, Adami
Técnico: Henrique Furtado

Ponta Grossa Caramuru Vôlei
Índio, Leozão, Maycon, Thales, Leo, Perón. Líbero: Bruno
Entraram: Rubbo, Dutra, Da Silva.
Técnico: Fábio Sampaio

[Superliga] Grande batalha de cinco sets e vitória corintiana sobre o Caramuru

No encerramento da 7ª rodada do turno da Superliga 2017/2018, o Ponta Grossa Caramuru Vôlei recebeu, no fim da noite de ontem (21), o Corinthians-Guarulhos num duelo que, apesar do placar no 1º set, foi bastante equilibrado. O Caramuru deu muito trabalho aos visitantes, principalmente no saque e no bloqueio, que tiveram que suara bastante para vencer por 3×2 (25×16, 21×25, 23×25, 30×28, 12×15).

Com eleição online, o Troféu Viva Vôlei ficou com o ponteiro Fábio que entrou durante a partida e ajudou os corintianos na recuperação após a derrota na primeira parcial.

No sábado (25), o Corinthians recebe o Sesi-SP, às 21h30, e o Caramuru pega o Lebes Canoas, às 20h, no Paraná.

O jogo
Embalados pela primeira vitória na competição, o Caramuru veio quente para o jogo e com a marcação de bloqueio afiada (7×2). Apostando no seu poder de saque, os donos da casa conseguiram imprimir um forte ritmo de jogo e desestabilizar a recepção dos visitantes. Vendo o set escapar, o treinador do Corinthians-Guarulhos, Alexandre Stanzioni, promoveu mudanças na equipe que sofria bastante para virar no side-out (17×8). Com o passe na mão, o levantador do Caramuru, Índio, conseguiu fazer boa distribuição de jogo, chamando o oposto Leozão e o ponteiro Perón nos momentos certos. Após a entrada de Fábio no lugar de Mineiro, o Corinthians conseguiu rodar algumas bolas, mas nada que ameaçasse a vitória de Caramuru que fechou em 25×16, em um ataque de Leozão na saída de rede.

23905243_1754199388216071_7721974322946491289_n

Torcida fez a diferença para o Caramuru (Foto: José Tramontin/Ponta Grossa Caramuru Vôlei)

No 2º set a história foi diferente. Os visitantes ajustaram o bloqueio e a recepção, ajudando na distribuição do levantador Rodrigo que pôde colocar os centrais no jogo, desafogando o oposto Rivaldo (4×7) e acionando também o ponteiro Fábio. Com o acúmulo de erros de saque e sem imprimir a mesma pressão do set anterior, o Caramuru caiu de rendimento e teve que apostar em seu volume de jogo para proporcionar contra-ataques. Apesar que reequilibrar o jogo, os donos da casa cometeram erros em momentos decisivos que deram ao Corinthians tranquilidade para fechar o set em 21×25 e empatar a partida.

Rallys e bloqueios marcaram o início do 3º set para ambos os lados (5×4). Apesar de continuar errando saques, o Caramuru conseguiu aproveitar os erros de ataque do Corinthians para encostar no marcador após os visitantes abrirem três pontos de vantagem (17×18). A recuperação do Caramuru colocou pressão nos corintianos (21×21), porém, em um erro da arbitragem – que marcou bola fora em um ace de Léo –, o Corinthians fechou o set em 23×25.

Contando com a boa atuação do ponteiro Fábio, o Corinthians começou muito bem no 4º set (8×12). Com o incentivo da torcida, o Caramuru foi crescendo na parcial e o saque voltou a entrar, principalmente na passagem do central Maycon no fundamento (18×16). Sentindo a pressão, os corintianos voltaram a cometer erros na recepção e no ataque. Após longa troca de pontos, o Caramuru fechou a parcial em 30×28 com dois erros seguidos do oposto Rivaldo.

No início do tie-break, o Caramuru mostrava ter controle da partida e voltou a ter consistência no saque (5×1). Após pedido de tempo de Stanzioni, os visitantes voltaram a pontuar nos erros do Caramuru e empataram a disputa (7×7). Na virada de lado, o Corinthians aproveitou o nervosismo dos donos da casa e, no momento decisivo, abriu dois pontos (12×14) e fechou o set em 12×15.

Ponta Grossa Caramuru Vôlei
Índio, Leozão, Thales, Maycon, Leo, Perón. Líbero: Bruno
Entraram: Antony, Rubbo, Dutra, Japa, Gustavo
Técnico: Fábio Sampaio

Corinthians-Guarulhos
Rodrigo, Rivaldo, Sidão, Luizinho, Mineiro, Ceará. Líbero: Felipe
Entraram: Matoso, Gabriel, Fábio
Técnico: Alexandre Stanzioni

Foto destaque: Thiago Paes/CBV