[Sul-americano] Sada Cruzeiro tem estreia tranquila contra Montes Claros

A segunda rodada do Sul-americano Masculino de Clubes prometia um grande clássico entre Montes Claros e Sada Cruzeiro no ginásio Tancredo Neves, na noite de ontem (22). Porém, o que vimos foi uma partida abaixo do normal para o Montes Claros. Os donos da casa foram superados pelos cruzeirenses por 3×0 (21×25, 23×23, 15×25), em partida válida pelo Grupo A da competição.

Enquanto o Sada Cruzeiro foi bastante eficiente no ataque e saque, o Pequi Atômico não conseguiu consistência no passe durante a partida – apesar da boa atuação no 2º set – e pecou bastante no sideout.

UPCN San Juan e Personal Bolívar venceram suas partidas e hoje (23) disputam o primeiro lugar do Grupo B, às 20h.

Confira a tabela completa e os resultados:

21.02.2017 – Terça-feira
16h45 – Bolívar 3 x 0 Unilever (GRUPO B)
18h15 – UPCN 3 x 0 San Martín (GRUPO B)
20h15 – Montes Claros Vôlei 3 x 0 Bohemios (GRUPO A)

22.02.2017 – Quarta-feira
17h – Bolívar 3 x 0 San Martín (GRUPO B)
18h30 – UPCN 3 x 1 Unilever (GRUPO B)
20h – Sada Cruzeiro x Montes Claros Vôlei (GRUPO A)

23.02.2017 – Quinta-feira
17h – Unilever x San Martín (GRUPO B)
18h30 – Sada Cruzeiro x Bohemios (GRUPO A)
20h – UPCN x Bolívar (GRUPO B)

24.02.2017 – Sexta-feira
17h – Definição 5º lugar: 3º Grupo A x 3º Grupo B
19h – SEMIFINAL I: 1º Grupo B x 2º Grupo A
21h – SEMIFINAL II: 1º Grupo A x 2º Grupo B

25.02.2017 – Sábado
A definir – 3º Lugar
A definir – FINAL

Foto: Ana Flávia Goulart/Divulgação Sada Cruzeiro

Anúncios

[Superliga] Maringá vence e assume a décima posição; Minas para diante do Sada

A tarde de ontem (11) prometia um grande clássico entre Minas Tênis Clube e Sada Cruzeiro na capital mineira, e foi o que vimos nos dois primeiros sets do confronto. Apesar da recuperação na segunda parcial, os minastenistas foram dominados no terceiro set encerrando a sequência de seis rodadas seguidas pontuando na Superliga 2016/2017. A vitória por 3×0 (parciais de 23×25, 22×25, 10×25) foi a 17ª do Sada Cruzeiro que segue líder isolado e invicto na competição.

Disputando a 6ª colocação com o Minas, o JF Vôlei foi ao Rio Grande do Sul e se recuperou vencendo o Lebes Gedore Canoas por 3×0. No próximo sábado, o time da Zona da Mata mineira recebe o Minas, às 18h, no ginásio da UFJF.

Maringá vence a segunda seguida

Após o triunfo sobre o JF Vôlei no meio da semana, o Copel Telecom Maringá Vôlei fez o dever de casa e conquistou mais uma vitória importante na briga contra o rebaixamento. No ginásio Chico Neto, os paranaenses fizeram 3×1 sobre o lanterna Caramuru Vôlei e assumiram a décima posição na tabela, ultrapassando o São Bernardo Vôlei que foi derrotado pelo Sesi-SP no interior paulista.

No encerramento da rodada, o Montes Claros Vôlei foi superado, em casa, pelo Funvic Taubaté por três sets a um. Confira os resultados da rodada:

Superliga Masculina 2016/2017 – 6ª rodada returno – 11.02.2017
São Bernardo Vôlei 0 x 3 Sesi-SP (23×25, 20×25, 19×25)
Minas Tênis Clube 0 x 3 Sada Cruzeiro (23×25, 22×25, 10×25)
Lebes Gedore Canoas 0 x 3 JF Vôlei (23×25, 26×28, 22×25)
Copel Telecom Maringá Vôlei 3 x 1 Caramuru Vôlei/Castro (26×28, 25×21, 25×21, 25×23)
Bento Vôlei Isabela 0 x 3 Vôlei Brasil Kirin (16×25, 22×25, 22×25)
Montes Claros Vôlei 1 x 3 Funvic Taubaté (20×25, 25×21, 23×25, 21×25)

7ª rodada returno – 18.02.2017
11h – São Bernardo Vôlei x Copel Telecom Maringá Vôlei
14h10 – Sada Cruzeiro x Bento Vôlei Isabela (REDE TV)
18h – JF Vôlei x Minas Tênis Clube
18h30 – Funvic Taubaté x Sesi-SP
20h – Caramuru Vôlei/Castro x Lebes Gedore Canoas
21h30 – Vôlei Brasil Kirin x Montes Claros Vôlei (SPORTV)

[Superliga] Minas vence Taubaté e Cruzeiro segue sem perder

A 4ª rodada do returno da Superliga Masculina 2016/2017 começou com um jogão entre Minas Tênis Clube e Funvic/Taubaté na Arena Minas, em Belo Horizonte. A partida, realizada na tarde de sábado (4), só foi decidida no tie-break com vitória dos donos da casa, parciais de 25×22, 15×25, 25×22, 22×25 e 16×14.

O dia continuou bom para os times mineiros com as vitórias do Montes Claros sobre São Bernardo, do JF Vôlei sobre o Caramuru Vôlei/Castro e do líder Sada Cruzeiro sobre o Copel Telecom Maringá.

Em Canoas, o time da casa foi superado pelo Vôlei Brasil Kirin por 3×1 e, no encerramento da rodada, o Sesi-SP venceu o Bento Vôlei Isabela.

Confira os resultados e os confrontos da próxima rodada:

Superliga Masculina 2016/2017

4ª rodada returno – 04.02.2017

Minas Tênis Clube 3 x 2 Funvic Taubaté (25×22, 15×25, 25×22, 22×25, 16×14)
Lebes Gedore Canoas 1 x 3 Vôlei Brasil Kirin (20×25, 24×26, 27×25, 21×25)
Montes Claros Vôlei 3 x 0 São Bernardo Vôlei (25×18, 25×22, 25×18)
Sada Cruzeiro 3 x 0 Copel Telecom Maringá Vôlei (25×17, 25×23, 25×19)
Caramuru Vôlei/Castro 1 x 3 JF Vôlei (21×25, 26×24, 23×25, 19×25)
Sesi-SP 3 x1 Bento Vôlei Isabela (21×25, 25×17, 25×23, 25×19)

5ª rodada returno – 08.02.2017
19h – Sesi-SP x Montes Claros Vôlei – Vila Leopoldina
19h30 – São Bernardo Vôlei x Caramuru Vôlei/Castro – Adib Moises Dib
19h30 – JF Vôlei x Copel Telecom Maringá Vôlei – Arena UFJF
20h – Sada Cruzeiro x Lebes Gedore Canoas – Ginásio do Riacho
20h – Vôlei Brasil Kirin x Minas Tênis Clube – Ginásio do Taquaral
20h – Funvic Taubaté x Bento Vôlei Isabela – Ginásio do Abaeté

Foto destaque: Orlando Bento / Minas Tênis Clube

[Mundial de Clubes] Nova data, nova sede, nova fórmula

Após muita especulação, o Mundial Masculino de Clubes terá nova casa em 2017 e fugirá do calor brasileiro. O torneio será realizado entre os dias 11 e 17 de dezembro, na Polônia – em duas cidades a serem definidas –, e terá nova fórmula para definir os oito clubes participantes.

Além dos campeões continentais (América do Sul, Europa e Ásia), terão vaga: o vencedor da Liga Polonesa (anfitriões), dois campeões nacionais dos países melhores colocados no ranking da Federação Internacional de Voleibol (FIVb) e dois wild cards. Com a reformulação, o Mundial passa a privilegiar equipes mais fortes e o equilíbrio dentro da própria competição.

O torneio, assim como em edições anteriores, terá dois grupos com quatro equipes. As duas melhores colocadas avançam para as semifinais.

De volta ao calendário da FIVb em 2009, o Mundial de Clubes já teve como sedes Doha (Qatar), Betim (Brasil), Belo Horizonte (Brasil), São Paulo (Brasil), Milão (Itália), Parma (Itália) e Treviso (Itália). O Trentino é o maior campeão (quatro títulos), seguido pelo Sada Cruzeiro que venceu o torneio três vezes.

Campeões Mundial Masculino de Clubes

Betim 2016 – Campeão: Sada Cruzeiro (Brasil)
Betim 2015 – Campeão: Sada Cruzeiro (Brasil)
Belo Horizonte 2014 – Campeão: Belgorie Belgorod (Rússia)
Betim 2013 – Campeão: Sada Cruzeiro (Brasil)
Qatar 2012 – Campeão: Trentino (Itália)
Qatar 2011 – Campeão: Trentino (Itália)
Qatar 2010 – Campeão: Trentino (Itália)
Qatar 2009 – Campeão: Trentino (Itália)
Treviso 1992 – Campeão: Misura Mediolanum Milano (Itália)
São Paulo 1991 – Campeão: Il Messaggero Ravenna (Itália)
Milão 1990 – Campeão: Mediolanum Milano (Itália)
Parma 1989 – Campeão: Maxicono Parma (Itália)

 

Com informações da FIVb
Fotos: FIVb

[Superliga] Diante do Sesi, bloqueio salva invencibilidade do Cruzeiro no tie-break

O confronto entre Sesi-SP e Sada Cruzeiro na tarde de hoje (10) foi, para dizer o mínimo, nervoso. Apesar de ter dominado a partida, o Sesi acabou derrotado, em casa, pelos visitantes por 2×3 (23×25, 25×18, 27×29, 25×16 e 11×15).

Sem poder contar com Murilo, lesionado, o Sesi apostou no jovem ponteiro Fábio que não decepcionou, se destacando com 6 pontos importantes de bloqueio. O troféu VivaVôlei ficou com Leal (Sada Cruzeiro) mais votado pelo portal da CBV. O ponteiro dividiu o posto de maior pontuador com o oposto Theo (Sesi), com 22 acertos.

O jogo

Sesi abriu o set com uma boa sequência de saques do ponteiro Douglas e se manteve à frente no placar durante todo o set. Apesar das inúmeras reclamações de marcações da arbitragem, o Sada conseguiu se recolocar no jogo e, no finalzinho, encaixou três saques e fechou a primeira parcial em 23×25.

Os visitantes voltaram ligados e abriram quatro pontos no início do 2º set (1×5). Depois do pedido de tempo de Marcos Pacheco, Douglas Souza trouxe o Sesi de volta em outra bela sequência de saques (5×6). Numa sequência de erros dos cruzeirenses, os paulistas conseguiram abrir vantagem (14×10). Errando pouco e sem deixar o Sada crescer novamente, os donos da casa empataram o jogo (25×18).

A terceira parcial começou morna e equilibrada. Após mudanças na equipe, o Sada Cruzeiro voltou a abrir vantagem de dois pontos (11×13). A vantagem logo mudou de lado com o bloqueio de Fábio pra cima de Leal e o contra-ataque de Theo (17×15). Os mineiros conseguiram reencontrar o equilíbrio no saque e recuperar a vantagem mínima para fazer 2×1 na partida (27×29).

O 4º set também começou nervoso e com as equipes trocando pontos. Forçando o saque e desequilibrando o passe adversário, o Sesi abriu quatro pontos (12×8). Perdido nos próprios erros, o Sada Cruzeiro sentiu a pressão do Sesi e viu o tie-break se aproximar (19×11). Tranquilo em quadra, o Sesi fechou a parcial em 25×16 no erro de saque do central Isac.

No set decisivo, o Sada Cruzeiro entrou concentrado no bloqueio e contra-ataque (2×5). Na virada de lado, os visitantes mantinham a vantagem no marcador (5×8). Consistente no tie-break, o Sada Cruzeiro fez 11×15 e segue sem perder na Superliga 2016/2017.

Sesi-SP

Bruninho, Theo, Douglas Souza, Fábio, Aracaju, Lucão. Líbero: Serginho (Escada).
Entraram: Riad, Rafa, Alan, Vaccari
Técnico: Marcos Pacheco

Sada Cruzeiro

William, Evandro, Leal, Rodriguinho, Isac, Simon. Líbero: Serginho
Entraram: Alan, Cachopa, Filipe, Leozinho, Éder Levi
Técnico: Marcelo Mendez

Foto destaque: Helcio Nagamine/Divulgação Fiesp

[Mundial de Clubes] Enquanto Sada segue 100%, Minas sofre segunda derrota

alexisgonzlezofbolivarencourageshisteammatesO segundo dia do Mundial de Clubes começou com o clássico argentino UPCN e Bolívar. Em sua estreia na competição, o time comandado por Javier Weber fez 3×1 no UPCN em um duelo emocionante, com parciais de 33×31, 22×25, 30×28 e 27×25. “Estou muito feliz porque esta foi uma partida importantíssima para nós, muito emocional em vários aspectos. Viemos de um torneio ruim na Argentina na última semana e precisávamos jogar como jogamos hoje contra novo arquirrival, um time bem formado e preparado. Trabalhamos bem nos contra-ataques e apesar de não termos marcado muitos pontos, estivemos fortes mentalmente para trabalhar as jogadas”, avaliou Weber.

Sem poder contar com o ponteiro Filipe, que se lesionou na partida de ontem (18), o Sada Cruzeiro não teve dificuldades para vencer o Tala’ea El-Geish. A equipe brasileira fez 3×0, com parciais de 25×18, 25×20, 25×15. “Estamos jogando muito bem, mas penso que temos melhorar bastante ainda nosso saque, nosso ataque, temos que melhorar. O Zenit Kazan é um dos favoritos e temos que jogar muito bem para enfrentá-los. Meu compatriota Leon é um grande jogador, e não somente ele, mas todo o time. Mas temos que trabalhar bem e fazer nosso jogo amanhã”, afirmou o central Simon.

Mais cedo, o Minas não conseguiu se recuperar da derrota para o UPCN e caiu diante o Trentino por 3×0 (25×23, 25×19, 25×23). O time de Belo Horizonte segue sem vencer um set e olha de longe o sonho de uma vaga nas semifinais.

O Mundial de Clubes segue com transmissões ao vivo da Federação Internacional e dos canais ESPN e Sportv.

Resultados

Terça-feira – 18/10

Zenit Kazan 3 x 0 Tala’ea El-Gaish

Minas Tênis Clube 0 x 3 UPCN San Juan

Sada Cruzeiro 3 x 0 Taichung Bank

Quarta-feira – 19/10

Bolívar 3 x 1 UPCN San Juan

Diatec Trentino 3 x 0 Minas Tênis Clube

Sada Cruzeiro 3 x 0 Tala’ea El-Gaish

Quinta-feira – 20/10

15h – Tala’ea El-Gaish x Taichung Bank

17h30 – Diatec Trentino x Bolívar

20h – Sada Cruzeiro x Zenit Kazan

Sexta-feira – 21/10

15h – Bolívar x Minas Tênis Clube

17h30 – Zenit Kazan x Taichung Bank

20h – UPCN San Juan x Diatec Trentino

Sábado – 22/10 – Semifinais

15h – 1º do Grupo A x 2º do Grupo B

18h – 2º do Grupo A x 1º do Grupo B

Domingo – 23/10 – Final

14h – Disputa de 3º lugar

16h15 – Decisão

Grupo A

Sada Cruzeiro (BRA)

Taichung Bank (TPE)

Tala’ea El-Gaish (EGY)

Zenit Kazan (RUS)

Grupo B

Bolivar (ARG)

UPCN San Juan (ARG)

DIATEC Trentino (ITA)

Minas Tênis Clube (BRA)

Com informações da FIVb e Sada Cruzeiro
Fotos: FIVb

[Mineiro] Minas e Sada Cruzeiro vencem e decidem título estadual mais uma vez

Pelo sétimo ano seguido, Sada Cruzeiro e Minas Tênis Clube decidirão o título do Campeonato Mineiro. Atual campeão, o Cruzeiro garantiu sua vaga ao vencer o JF Vôlei, por 3×0 (25×16, 25×17 e 25×21), na noite de ontem (4). Já o Minas duelou em cinco sets com o Montes Claros e calou a torcida do Pequi Atômico no Tancredo Neves. Após abrir 2×0 (24×26, 19×25), os visitantes sofreram o empate (25×21, 25×22), porém conseguiram aproveitar as oportunidades de ataque para selar a vaga na final (15×13).

Minas e Sada Cruzeiro fazem a partida final na próxima sexta-feira (7), no ginásio do Riacho, em Contagem. Após o Estadual, as duas equipes voltam suas atenções para o Mundial de Clubes que começa no dia 18 de outubro, em Betim.

Com informações do Sada Cruzeiro e Minas Tênis Clube