[Sul-americano] Sada Cruzeiro tem estreia tranquila contra Montes Claros

A segunda rodada do Sul-americano Masculino de Clubes prometia um grande clássico entre Montes Claros e Sada Cruzeiro no ginásio Tancredo Neves, na noite de ontem (22). Porém, o que vimos foi uma partida abaixo do normal para o Montes Claros. Os donos da casa foram superados pelos cruzeirenses por 3×0 (21×25, 23×23, 15×25), em partida válida pelo Grupo A da competição.

Enquanto o Sada Cruzeiro foi bastante eficiente no ataque e saque, o Pequi Atômico não conseguiu consistência no passe durante a partida – apesar da boa atuação no 2º set – e pecou bastante no sideout.

UPCN San Juan e Personal Bolívar venceram suas partidas e hoje (23) disputam o primeiro lugar do Grupo B, às 20h.

Confira a tabela completa e os resultados:

21.02.2017 – Terça-feira
16h45 – Bolívar 3 x 0 Unilever (GRUPO B)
18h15 – UPCN 3 x 0 San Martín (GRUPO B)
20h15 – Montes Claros Vôlei 3 x 0 Bohemios (GRUPO A)

22.02.2017 – Quarta-feira
17h – Bolívar 3 x 0 San Martín (GRUPO B)
18h30 – UPCN 3 x 1 Unilever (GRUPO B)
20h – Sada Cruzeiro x Montes Claros Vôlei (GRUPO A)

23.02.2017 – Quinta-feira
17h – Unilever x San Martín (GRUPO B)
18h30 – Sada Cruzeiro x Bohemios (GRUPO A)
20h – UPCN x Bolívar (GRUPO B)

24.02.2017 – Sexta-feira
17h – Definição 5º lugar: 3º Grupo A x 3º Grupo B
19h – SEMIFINAL I: 1º Grupo B x 2º Grupo A
21h – SEMIFINAL II: 1º Grupo A x 2º Grupo B

25.02.2017 – Sábado
A definir – 3º Lugar
A definir – FINAL

Foto: Ana Flávia Goulart/Divulgação Sada Cruzeiro

Sete equipes brigam por uma vaga no Mundial a partir desta terça-feira (21)

[Superliga] Maringá vence e assume a décima posição; Minas para diante do Sada

A tarde de ontem (11) prometia um grande clássico entre Minas Tênis Clube e Sada Cruzeiro na capital mineira, e foi o que vimos nos dois primeiros sets do confronto. Apesar da recuperação na segunda parcial, os minastenistas foram dominados no terceiro set encerrando a sequência de seis rodadas seguidas pontuando na Superliga 2016/2017. A vitória por 3×0 (parciais de 23×25, 22×25, 10×25) foi a 17ª do Sada Cruzeiro que segue líder isolado e invicto na competição.

Disputando a 6ª colocação com o Minas, o JF Vôlei foi ao Rio Grande do Sul e se recuperou vencendo o Lebes Gedore Canoas por 3×0. No próximo sábado, o time da Zona da Mata mineira recebe o Minas, às 18h, no ginásio da UFJF.

Maringá vence a segunda seguida

Após o triunfo sobre o JF Vôlei no meio da semana, o Copel Telecom Maringá Vôlei fez o dever de casa e conquistou mais uma vitória importante na briga contra o rebaixamento. No ginásio Chico Neto, os paranaenses fizeram 3×1 sobre o lanterna Caramuru Vôlei e assumiram a décima posição na tabela, ultrapassando o São Bernardo Vôlei que foi derrotado pelo Sesi-SP no interior paulista.

No encerramento da rodada, o Montes Claros Vôlei foi superado, em casa, pelo Funvic Taubaté por três sets a um. Confira os resultados da rodada:

Superliga Masculina 2016/2017 – 6ª rodada returno – 11.02.2017
São Bernardo Vôlei 0 x 3 Sesi-SP (23×25, 20×25, 19×25)
Minas Tênis Clube 0 x 3 Sada Cruzeiro (23×25, 22×25, 10×25)
Lebes Gedore Canoas 0 x 3 JF Vôlei (23×25, 26×28, 22×25)
Copel Telecom Maringá Vôlei 3 x 1 Caramuru Vôlei/Castro (26×28, 25×21, 25×21, 25×23)
Bento Vôlei Isabela 0 x 3 Vôlei Brasil Kirin (16×25, 22×25, 22×25)
Montes Claros Vôlei 1 x 3 Funvic Taubaté (20×25, 25×21, 23×25, 21×25)

7ª rodada returno – 18.02.2017
11h – São Bernardo Vôlei x Copel Telecom Maringá Vôlei
14h10 – Sada Cruzeiro x Bento Vôlei Isabela (REDE TV)
18h – JF Vôlei x Minas Tênis Clube
18h30 – Funvic Taubaté x Sesi-SP
20h – Caramuru Vôlei/Castro x Lebes Gedore Canoas
21h30 – Vôlei Brasil Kirin x Montes Claros Vôlei (SPORTV)

[Mundial de Clubes] Nova data, nova sede, nova fórmula

Após muita especulação, o Mundial Masculino de Clubes terá nova casa em 2017 e fugirá do calor brasileiro. O torneio será realizado entre os dias 11 e 17 de dezembro, na Polônia – em duas cidades a serem definidas –, e terá nova fórmula para definir os oito clubes participantes.

Além dos campeões continentais (América do Sul, Europa e Ásia), terão vaga: o vencedor da Liga Polonesa (anfitriões), dois campeões nacionais dos países melhores colocados no ranking da Federação Internacional de Voleibol (FIVb) e dois wild cards. Com a reformulação, o Mundial passa a privilegiar equipes mais fortes e o equilíbrio dentro da própria competição.

O torneio, assim como em edições anteriores, terá dois grupos com quatro equipes. As duas melhores colocadas avançam para as semifinais.

De volta ao calendário da FIVb em 2009, o Mundial de Clubes já teve como sedes Doha (Qatar), Betim (Brasil), Belo Horizonte (Brasil), São Paulo (Brasil), Milão (Itália), Parma (Itália) e Treviso (Itália). O Trentino é o maior campeão (quatro títulos), seguido pelo Sada Cruzeiro que venceu o torneio três vezes.

Campeões Mundial Masculino de Clubes

Betim 2016 – Campeão: Sada Cruzeiro (Brasil)
Betim 2015 – Campeão: Sada Cruzeiro (Brasil)
Belo Horizonte 2014 – Campeão: Belgorie Belgorod (Rússia)
Betim 2013 – Campeão: Sada Cruzeiro (Brasil)
Qatar 2012 – Campeão: Trentino (Itália)
Qatar 2011 – Campeão: Trentino (Itália)
Qatar 2010 – Campeão: Trentino (Itália)
Qatar 2009 – Campeão: Trentino (Itália)
Treviso 1992 – Campeão: Misura Mediolanum Milano (Itália)
São Paulo 1991 – Campeão: Il Messaggero Ravenna (Itália)
Milão 1990 – Campeão: Mediolanum Milano (Itália)
Parma 1989 – Campeão: Maxicono Parma (Itália)

 

Com informações da FIVb
Fotos: FIVb

[Superliga] Diante do Sesi, bloqueio salva invencibilidade do Cruzeiro no tie-break

O confronto entre Sesi-SP e Sada Cruzeiro na tarde de hoje (10) foi, para dizer o mínimo, nervoso. Apesar de ter dominado a partida, o Sesi acabou derrotado, em casa, pelos visitantes por 2×3 (23×25, 25×18, 27×29, 25×16 e 11×15).

Sem poder contar com Murilo, lesionado, o Sesi apostou no jovem ponteiro Fábio que não decepcionou, se destacando com 6 pontos importantes de bloqueio. O troféu VivaVôlei ficou com Leal (Sada Cruzeiro) mais votado pelo portal da CBV. O ponteiro dividiu o posto de maior pontuador com o oposto Theo (Sesi), com 22 acertos.

O jogo

Sesi abriu o set com uma boa sequência de saques do ponteiro Douglas e se manteve à frente no placar durante todo o set. Apesar das inúmeras reclamações de marcações da arbitragem, o Sada conseguiu se recolocar no jogo e, no finalzinho, encaixou três saques e fechou a primeira parcial em 23×25.

Os visitantes voltaram ligados e abriram quatro pontos no início do 2º set (1×5). Depois do pedido de tempo de Marcos Pacheco, Douglas Souza trouxe o Sesi de volta em outra bela sequência de saques (5×6). Numa sequência de erros dos cruzeirenses, os paulistas conseguiram abrir vantagem (14×10). Errando pouco e sem deixar o Sada crescer novamente, os donos da casa empataram o jogo (25×18).

A terceira parcial começou morna e equilibrada. Após mudanças na equipe, o Sada Cruzeiro voltou a abrir vantagem de dois pontos (11×13). A vantagem logo mudou de lado com o bloqueio de Fábio pra cima de Leal e o contra-ataque de Theo (17×15). Os mineiros conseguiram reencontrar o equilíbrio no saque e recuperar a vantagem mínima para fazer 2×1 na partida (27×29).

O 4º set também começou nervoso e com as equipes trocando pontos. Forçando o saque e desequilibrando o passe adversário, o Sesi abriu quatro pontos (12×8). Perdido nos próprios erros, o Sada Cruzeiro sentiu a pressão do Sesi e viu o tie-break se aproximar (19×11). Tranquilo em quadra, o Sesi fechou a parcial em 25×16 no erro de saque do central Isac.

No set decisivo, o Sada Cruzeiro entrou concentrado no bloqueio e contra-ataque (2×5). Na virada de lado, os visitantes mantinham a vantagem no marcador (5×8). Consistente no tie-break, o Sada Cruzeiro fez 11×15 e segue sem perder na Superliga 2016/2017.

Sesi-SP

Bruninho, Theo, Douglas Souza, Fábio, Aracaju, Lucão. Líbero: Serginho (Escada).
Entraram: Riad, Rafa, Alan, Vaccari
Técnico: Marcos Pacheco

Sada Cruzeiro

William, Evandro, Leal, Rodriguinho, Isac, Simon. Líbero: Serginho
Entraram: Alan, Cachopa, Filipe, Leozinho, Éder Levi
Técnico: Marcelo Mendez

Foto destaque: Helcio Nagamine/Divulgação Fiesp

[Mineiro] Com crias do Cruzeiro, JF Vôlei recebe a equipe da capital na abertura do Estadual

Após apresentar a equipe para a temporada 2016/2017 na última semana, o JF Vôlei fará sua primeira partida oficial na noite desta sexta-feira (26). Logo de cara, os juiz-foranos enfrentam o Sada/Cruzeiro pela abertura do Campeonato Mineiro, às 19h30, no Ginásio da Faefid. No fim de junho, as duas equipes firmaram uma parceria que possibilitou o prosseguimento do projeto de Juiz de Fora e a permanência da equipe na Superliga A.

“Agora vamos enfrentar os meninos que foram para Juiz de Fora. Vai ser um jogo interessante e creio que vai ser bacana para ambas as partes. Até pouco tempo atrás a gente estava treinando com esses garotos aqui também. E agora eles têm essa oportunidade de disputar um Campeonato Mineiro e uma Superliga. Acho que eles vão vir cheios de ambição, cheios de vontade e vão querer mostrar serviço, sabendo que do outro lado tem pessoas, jogadores que eles admiram. Vai ser um crescimento muito importante para eles, vão querer jogar bem e para nós não deixa de ser um incentivo. Temos que entrar com tudo, em busca deste sétimo título seguido do Mineiro”, comentou o ponteiro Filipe.

Vivência para poucos

Antes de chegarem a Juiz de Fora, o elenco da equipe da Zona da Mata realizou seus primeiros treinos no CT do Sada/Cruzeiro onde acompanhou a preparação da seleção masculina da Polônia para os Jogos do Rio. “Foi uma experiência muito enriquecedora, com muita troca de experiência tática, de análise de vídeo, cotidiano e para os meninos também, que puderam acompanhar grandes jogadores e ver que os nossos jogadores jogam de igual para igual com qualquer jogador do mundo. Essa experiência também abriu a visão deles sobre o mercado internacional”, disse o treinador do JF Vôlei, Henrique Furtado.

Para Henrique Furtado, a estreia contra o ex-clube vai ser um momento marcante para todos. “Jogar contra um grande clube como o Cruzeiro, o maior clube do mundo e um dos maiores da história, será excepcional, uma emoção muito grande, um momento muito significativo. Não temos como escolher o adversário, mas temos que entrar bem e jogar bem contra qualquer um. É importante utilizarmos esses jogos para o nosso crescimento”, finalizou.

Com informações do Sada/Cruzeiro

De cara nova, JF Vôlei se apresenta para a temporada 2016/2017

No final da tarde de ontem (15), o JF Vôlei apresentou oficialmente a equipe para a temporada 2016/2017. O encontro aconteceu no ginásio da UFJF e contou com a presença de torcedores e representantes dos patrocinadores da equipe mineira.

A base da equipe veio da parceria com o Sada/Cruzeiro, que cedeu 11 jogadores e o treinador Henrique Furtado. Um dos atletas é o líbero Juan Mendez, filho do treinador cruzeirense Marcelo Mendez. “É uma oportunidade que estamos esperando há muito tempo, um sonho de criança. Disputamos a Superliga B, que foi bacana, mas agora vamos para a Superliga A. Agradecemos ao Sada/Cruzeiro, que nos formou, e ao projeto do Juiz de Fora Vôlei por confiarem em nós”, disse o jovem jogador. A estreia no Campeonato Mineiro será contra os cruzeirenses e o pai, no dia 26 de agosto. “Não esperava jogar contra o Sada e meu pai. Vai ser uma partida emocionante”, finalizou.

Apresentacao JF Volei 2016-2017 - 15.08.2016

Quarteto dos “veteranos”: Renan (oposto), Rodrigo (levantador), Fábio Paes (líbero) e Ricardo (ponteiro). [Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei]

Entre as novidades do time está o oposto Renan Buiatti, que estava há dois anos na Itália. Cria do São Bernardo e com passagens pela seleção brasileira, Renan já estava no grupo que passou as últimas semanas treinando em Belo Horizonte antes da vinda para Juiz de Fora. “Tenho que tentar passar essa experiência para eles [mais jovens], ajudar quando estivermos atrás no placar. Vou contar com o Rodrigo [levantador], Fábio [líbero] e com o Ricardo [ponteiro], um ajudando o outro e passar o melhor que a gente puder”, disse. Sobre o aprendizado na liga italiana, o jogador apontou o ataque como sua maior evolução. “Gostei muito de jogar lá fora, foi uma experiência diferente. Eu melhorei muito no ataque, porque lá eles bloqueiam muito e estudam muito. A tática deles é muito forte no bloqueio, então tem que se virar na hora do ataque e ter paciência”.

O líbero Fábio Paes é o único remanescente da equipe que defendeu a camisa do JF Vôlei na última temporada e o levantador Rodrigo Ribeiro retorna à equipe da zona da mata. Fechando o grupo dos “veteranos” está o ponteiro Ricardo, que tem passagens pelo São Bernado e Funvic/Taubaté.

Confira abaixo a relação dos jogadores.

JF Vôlei – elenco 2016/17:

 

Nome Posição Idade Altura Time anterior
Rodrigo Ribeiro Levantador 30 1,90m Montes Claros
Henrique Adami Levantador 18 1,92m Sada Cruzeiro
Rhendrick Resley Levantador 17 1,82m Sada Cruzeiro
Renan Zanatta Buiatti Oposto 26 2,17m Monza (ITA)
Carlos Junio Oposto 19 2,03m Sada Cruzeiro
Ricardo Júnior Ponteiro 25 2,05m Taubaté
Felipi Rammé Ponteiro 19 2m Sada Cruzeiro
Raphael Marcarini Ponteiro 19 2,02m Sada Cruzeiro
Victor Adriano Ponteiro 19 1,93m Sada Cruzeiro
Bruno Gonçalves Central 20 1,98m Sada Cruzeiro
Franco Drago Central 19 2,03m Sada Cruzeiro
Matheusão Central 19 2,04m Sada Cruzeiro
Rômulo Batista Central 21 2m Sada Cruzeiro
Fabio Paes Líbero 31 1,90m JF Vôlei
Juan Mendez Líbero 19 1,82m Sada Cruzeiro