[Superliga] Sesc-RJ ignora queda de energia e derrota Taubaté; confira todos os resultados

A temporada 2017/2018 da Superliga Masculina começou ontem (14) e foi repleta de bons jogos. Em seu primeiro ano na Superliga, o Sesc-RJ conquistou importante vitória na estreia contra a EMS Taubaté Funvic por 3×1. Uma queda de energia parou o 1º set quando o Sesc vencia por 23×20. A pausa não desconcentrou os cariocas que fecharam a parcial para a alegria da torcida no ginásio do Tijuca Tênis Clube. Confiante, o Sesc-RJ deu o ritmo da partida e o Taubaté, que jogou a Supercopa na quarta-feira (11), não conseguiu acompanhar.

Também fazendo sua estreia na elite, o Corinthians-Guarulhos começou a competição dando recado no primeiro set. A derrota no 1º set fez o Sada acordar e a apostar mais ainda no seu poder de saque, ajudando, assim, a marcação de bloqueio. No final, o alto número de erros do Corinthians dificultaram a reação da equipe: ao todo foram 49 pontos cedidos.

O ponteiro Leozinho do JF Vôlei foi o maior pontuador da rodada com os 32 pontos marcados na derrota de sua equipe para o Minas Tênis Clube na Zona da Mata mineira.

Outro mineiro que começou a competição com derrota foi o Montes Claros Vôlei, que caiu diante do Lebes Gedore Canoas e ficou sem o treinador Chico dos Santos, demitido após o jogo. Confira todos os resultados:

Superliga Masculina 2017/2018 – 1ª rodada – Turno – 14.10.17

Sesc-RJ 3 x 1 EMS Vôlei Taubaté Funvic (25×22, 25×19, 23×25, 25×19)
Lebes Gedore Vôlei Canoas  3 x 0 Montes Claros Vôlei (26×24, 25×22, 25×23)
JF Vôlei 1 x 3 Minas Tênis Clube (11×25, 22×25, 26×24, 21×25)
Copel Telecom Maringá Vôlei 0 x  3 Sesi-SP (22×25, 22×25, 13×25)
Ponta Grossa Caramuru Vôlei 0 x 3 Vôlei Renata (21×25, 21×25, 20×25)
Corinthians-Guarulhos 1 x 3 Sada Cruzeiro (31×29, 18×25, 15×25, 22×25)

classificacao_2017-2018_1arodadaturno_15-10-17

Foto destaque: Rafinha Oliveira/Vôlei Taubaté

Anúncios

Rodada cheia na abertura da Superliga 2017/2018

A espera acabou: a temporada 2017/2018 da Superliga Masculina começa hoje (14) e com rodada cheia. Com transmissão da RedeTV e do Sportv, o Sesc-RJ, estreante na competição, recebe o EMS Taubaté Funvic, vice-campeão da Superliga na temporada passada, para a partida de abertura. O encontro está marcado para às 14h no ginásio do Tijuca Tênis Clube, na capital fluminense.

O grande duelo da rodada encerra o dia no Parque São Jorge, onde o Corinthians-Guarulhos faz sua primeira partida na elite contra o atual campeão Sada Cruzeiro. O clássico dos campos, agora nas quadras de vôlei, começa às 20h e terá transmissão do Sportv. Confira a tabela:

Superliga Masculina 2017/2018 – 1ª rodada – Turno

14h05 – Sesc RJ Vôlei x EMS Vôlei Taubaté Funvic (REDE TV e SPORTV)
18h – Lebes Gedore Vôlei Canoas x Montes Claros Vôlei
18h – JF Vôlei x Minas Tênis Clube – Fan Page Oficial
18h30 – Copel Telecom Maringá Vôlei x Sesi SP Vôlei
20h – Ponta Grossa Caramuru Vôlei x Vôlei Renata
20 h – Corinthians-Guarulhos x Sada Cruzeiro Vôlei (SPORTV)

Com novidades, Superliga 2017/2018 já tem tabela definida

Representantes dos 12 times participantes da Superliga se reuniram com os dirigentes da CBV na tarde desta quarta-feira (23) para definição da tabela e regulamento da competição nacional. Com início marcado para o dia 14 de outubro, a Superliga proxima-edicao-tem-tabela-e-regulamento-definidos.jpgMasculina chega com novidades, entre elas o fim da decisão em jogo único após nove temporadas de muitas críticas em relação ao formato. Dessa maneira, as duas partidas que definirão o título também deixam de ser em “campo neutro” com mando da CBV. Além da final em dois jogos e desempate no golden set (o que já vimos no Campeonato Paulista), as quartas de final serão em melhor de três jogos e as semifinais em melhor de cinco. O regulamento, ao contrário da tabela, ainda não está disponível no portal da Confederação.

Nesta temporada temos o retorno de Castro e os acessos de Sesc-RJ, vencedor da Superliga B, e Corinthians, campeão da Taça Ouro. Com a desistência do Bento Vôlei, o Castro herdou a última vaga como 2º colocado na Taça Ouro. As 12 equipes participantes desta edição são: de Minas Gerais, Sada Cruzeiro, Montes Claros Vôlei, Minas Tênis Clube e JF Vôlei; de São Paulo, EMS Funvic Taubaté, Sesi-SP, Vôlei Renata (antigo Brasil Kirin) e Corinthians Guarulhos; do Paraná, Copel Telecom Maringá Vôlei e Caramuru Castro; do Rio de Janeiro, Sesc-RJ; e do Rio Grande do Sul, Lebes Gedore Canoas.

Com início no dia 14 de outubro, a Superliga 2017/2018 tem previsão de término no dia 6 de maio de 2018. Clique aqui para conferir a tabela completa da competição masculina.

Superliga Masculina 2017/2018
1ª Rodada – TURNO 14.10.2017

18h – Sesc-RJ x EMS Funvic Taubaté
18h – Caramuru Castro x Vôlei Renata
18h – Lebes Gedore Canoas x Montes Claros Vôlei
18h – JF Vôlei x Minas Tênis Clube
18h30 – Copel Telecom Maringá Vôlei x Sesi-SP
20h – Corinthians Guarulhos x Sada Cruzeiro

Com informações da CBV.
Foto destaque: Lucilia Bortone/Sacandoovolei
Foto interna: Roberto Casimiro – Fotoarena

[Superliga] Em jogo de 5 sets, Taubaté supera o Sesi mais uma vez e abre 2 a 0 na série

Neste sábado (15), SESI SP e Funvic Taubaté (SP) voltaram à quadra para a disputa do segundo confronto da série melhor de cinco da Superliga Masculina e, assim como aconteceu no primeiro jogo, Taubaté saiu vitorioso, desta vez por 3 sets a 2, parciais de (25×23,21×25, 25×18, 19×25 e 15×13 ) e está a uma vitória da final da competição.

A partida, que teve mando de campo do Sesi, foi realizada no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP) e não na Vila Leopoldina, casa do time da capital paulista durante toda temporada, pois o ginásio não tem a capacidade mínima de 2000 expectadores, uma das exigências da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) a partir dos playoffs.

 A terceira rodada, que poderá definir o finalista desse duelo, será na próxima sexta-feira (21), às 21h, no ginásio do Abaeté, em Taubaté (SP), com transmissão do Sportv 2. Na outra semifinal, o Sada Cruzeiro também poderá carimbar sua vaga na final se vencer o Vôlei Brasil Kirin, no sábado (22), às 21h30, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG).

– Com 21, 9 % de votos, o ponteiro Lucarelli foi eleito o melhor jogador da partida. (Foto: Wander Roberto/ Divulgação CBV]

O jogo:

O time de Taubaté começou melhor (1×4). O ataque de ambas as equipes trabalhava muito bem, sobretudo com Théo, pelo lado do Sesi, e Lucarelli, pelo lado do Funvic, eles marcaram, respectivamente, seis e cinco pontos, totalizando 13 pontos de ataque para cada time na primeira parcial.  O saque foi outro fundamento que funcionou para os dois times e equilibrou a partida. Após excelente saque de Vaccari, o set ficou igual (15×15). Nesse mesmo fundamento, após tempo técnico de Cézar Douglas, o time do Vale da Paraíba aproveitou para voltar a abrir vantagem (15×17). No final, o bloqueio de Taubaté começou a amortecer os ataques do adversário e, nos contra-ataques, a equipe foi ampliando (17×22). Quando parecia que o set já estava decidido, o levantador Bruninho conseguiu excelente sequência no saque e reequilibrou o jogo (23×24). Porém, o oposto Wallace decidiu (23×25), após 27 minutos.

2º set

O início foi mais equilibrado (4×4). Após ataque do oposto Théo, os anfitriões abriram dois pontos pela primeira vez na partida (10×8). Com o central Riad liderando o bloqueio, três no set, sua equipe foi se distanciando na liderança do placar (15×11). Se por um lado a equipe da capital paulista demonstrava um ritmo melhor, Taubaté parecia ter diminuído a intensidade, a linha de recepção encontrava uma certa dificuldade e o ataque caiu de rendimento (19×14). Do lado do Sesi, com o passe chegando na mão do Bruno e com o ataque afiado, foram 15 pontos nesse fundamento contra 10 do adversário, Théo comandava o time, que fechou o set (25×21), em 27 minutos, e igualou o jogo, após erro de saque do oposto de Taubaté.

3º set

– Sesi fez uma grande partida, mas não foi suficiente para igualar a série. (Foto: Wander Roberto/Divulgação CBV]

No ritmo da vitória no set anterior, a equipe mandante começou ditando o ritmo (6×4). Temendo que o adversário abrisse muita margem logo no início Taubaté parou a partida. O saque do Sesi continuou muito agressivo e eficiente, dificultando a virada de bola do Funvic (16×13). O oposto Wallace não conseguia colocar a bola no chão e os ponteiros, Lucarelli e Lucas Lóh, também não tinham caminho fácil (16×13). Depois de 19 segundos de rali, com direito a defesas incríveis de Serginho e Murilo, o ponto terminou no ataque de Théo (18×14). Após 25 minutos, o Sesi fechou o set (25×18), virando o jogo.

4º set

Dispostos a levarem o jogo para o tie- break, Taubaté apresentava o volume de jogo do primeiro set (6×9). O oposto Wallace reapareceu na partida e voltou a desequilibrar, com saques eficientes e ataques indefensáveis (11×16).  A virada de bola do Sesi caiu e o técnico Marcos Pacheco mudou sua equipe, os ponteiros Fábio e Alan entram nos lugares de Murilo e Vaccari. Após longa troca de bolas, que terminou com um ponto de Taubaté, o oposto Wallace recebeu cartão amarelo por causa de uma comemoração efusiva (13×20). Com o passe chegando perfeito na mão de Rapha, o levantador podia ousar mais na distribuição das jogadas, após uma pipe de Lucarelli, o Taubaté venceu a parcial (19×25), levando o jogo para o set decisivo.

5º set

O tie break começou com o Taubaté bloqueando melhor e abrindo vantagem (5×8). Além disso, o ataque do Sesi voltou a cair e, do outro lado, o Taubaté apresentava muito volume de jogo e aproveitava os contra-ataques (10×13). Porém, com apoio da torcida e comandados dentro de quadra por um bom saque, o time mandante reagiu e diminuiu a desvantagem (12×13). Porém, à frente durante todo a última parcial, o Funvic Taubaté deu números finais ao set (13×15), depois de um ataque do oposto Wallace.

Equipes:

SESI SP: Bruno, Théo, Murilo, Vaccari, Lucão, Riad e o  líbero Serginho.

Entraram: Leitzke, Alan, Rafa, Fábio e Johan.

Técnico: Marcos Pacheco

FUNVIC TAUBATÉ: Rapha, Wallace, Lucas Lóh, Lucarelli, Otávio, Éder e o líbero Mário Jr.

Entraram: Japa, Renan e Gelinski.

Técnico: Cézar Douglas

[Fotos:  Wander Roberto/ InovaFoto/ CBV]

[Superliga] Segunda rodada dos playoffs começa hoje (22)

A noite de quarta-feira (22) será de rodada dupla na Superliga Masculina 2016/2017. No finalzinho da tarde, às 17h, o Minas Tênis Clube recebe o Sesi-SP para a segunda partida da série quartas-de-final. No primeiro encontro entre as duas equipes, o Sesi-SP conseguiu a virada e venceu os mineiros por 3×2. “Já vimos o jogo no vídeo. Nery nos mostrou os pontos positivos e negativos, e faltou mesmo decidir melhor. Tivemos a chance de fechar o terceiro, o quarto e o quinto sets, não conseguimos, mas faz parte. A equipe deles é muito mais experiente que a nossa, temos atletas que disputaram o playoff pela primeira vez na carreira. Por ser estreia, jogo de quartas de final, a equipe estava um pouco tensa”, avaliou o ponteiro Tiago Mão.

O outro confronto da noite será entre Lebes Gedore Canoas e Sada Cruzeiro, no Rio Grande do Sul, às 19h30. Os cruzeirenses levam vantagem e já abriram 1×0 nos playoffs. “A gente entrou muito bem no primeiro jogo, os nossos fundamentos foram muito bem feitos e não demos muitas chances ao adversário. Mas agora eles certamente tentarão aproveitar o fator casa, onde eles treinam todos os dias. Acho que eles tentarão, principalmente, sacar melhor, pois é uma grande arma que eles podem ter para essa partida. Então temos que entrar focados em ganhar e fazer o nosso papel para continuar bem na série e ter a oportunidade de encerrá-la em casa”, comentou o oposto da Raposa, Evandro.

As duas partidas de hoje terão transmissão do Sportv. Amanhã (23), Funvic Taubaté recebe o JF Vôlei, às 21h55, enquanto a segunda partida entre Montes Claros Vôlei e Vôlei Brasil Kirin será realizada no sábado (25), às 14h10 – ambas com transmissão da RedeTV e Spotv.com.

Confira a tabela dos playoffs:

SUPERLIGA MASCULINA 16/17

QUARTAS DE FINAL – JOGO I

17.03 – Sada Cruzeiro Vôlei 3 x 0 Lebes/Gedore/Canoas
18.03 – Sesi-SP 3 x 2 Minas Tênis Clube
18.03 – JF Vôlei 0 x 3 Funvic Taubaté
19.03 – Montes Claros Vôlei 1 x 3 Vôlei Brasil Kirin

QUARTAS DE FINAL – JOGO II

22.03 (QUARTA-FEIRA) – Lebes/Gedore/Canoas (RS) x Sada Cruzeiro Vôlei (MG), às 19h30, no La Salle, em Canoas (RS) – SPORTV
22.03 (QUARTA-FEIRA) – Minas Tênis Clube (MG) x Sesi-SP, às 17h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) – SPORTV
23.03 (QUINTA-FEIRA) – Funvic Taubaté (SP) x JF Vôlei (MG), às 21h55, no ginásio Abaeté, em Taubaté (SP) – REDETV E SPORTV.COM
25.03 (SÁBADO) – Vôlei Brasil Kirin (SP) x Montes Claros Vôlei (MG), às 14h10, no Taquaral, em Campinas (SP) – REDETV E SPORTV.COM

QUARTAS DE FINAL – JOGO III

26.03 (DOMINGO) – Sada Cruzeiro Vôlei (MG) x Lebes/Gedore/Canoas (RS), às 18h30, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG) – SPORTV
26.03 (DOMINGO) – Sesi-SP x Minas Tênis Clube (MG), às 16h, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) –  SPORTV
27.03 (SEGUNDA-FEIRA) – Funvic Taubaté (SP) x JF Vôlei (MG), às 18h30, no ginásio Abaeté, em Taubaté (SP) – SPORTV
30.03 (QUINTA-FEIRA) – Vôlei Brasil Kirin (SP) x Montes Claros Vôlei (MG), às 21h55, no Taquaral, em Campinas (SP) – REDETV

QUARTAS DE FINAL – JOGO IV (SE NECESSÁRIO)

01.04 (SÁBADO) – Lebes/Gedore/Canoas (RS) x Sada Cruzeiro Vôlei (MG), a definir, no La Salle, em Canoas (RS)
01.04 (SÁBADO) – Minas Tênis Clube (MG) x Sesi-SP, a definir, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG)
01.04 (SÁBADO) – JF Vôlei (MG) x Funvic Taubaté (SP), a definir, na UFJF, em Juiz de Fora (MG)
03.04 (SEGUNDA-FEIRA) – Montes Claros Vôlei (MG) x Vôlei Brasil Kirin (SP), a definir, no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros Vôlei (MG)

QUARTAS DE FINAL – JOGO V (SE NECESSÁRIO)

06.04 (QUINTA-FEIRA) – Sada Cruzeiro Vôlei (MG) x Lebes/Gedore/Canoas (RS), a definir, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG)
06.04 (QUINTA-FEIRA) – Sesi-SP x Minas Tênis Clube (MG), a definir, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP)
06.04 (QUINTA-FEIRA) – Funvic Taubaté (SP) x JF Vôlei (MG), a definir, no ginásio Abaeté, em Taubaté (SP)
06.04 (QUINTA-FEIRA) – Vôlei Brasil Kirin (SP) x Montes Claros Vôlei (MG), às 21h55, no Taquaral, em Campinas (SP)
Com informações do Minas Tênis Clube e Sada Cruzeiro
Foto destaque: Lucilia Bortone/Sacandoovolei

[Superliga] Em casa, Sesi vence JF Vôlei e segue na briga pela vice-liderança

Sem poder contar com Serginho, Aracaju e Vaccari, o Sesi-SP recebeu ontem (9), na Vila Leopoldina, o JF Vôlei em confronto válido pela 10ª rodada do returno da Superliga 2016/2017. A equipe paulista saiu com a vitória por 3×1 (25×16, 21×25, 25×21, 25×18), em quase duas horas de partida, e teve o ponteiro Murilo na lista dos relacionados, apesar de ainda não ter condições totais de jogo.

Errando mais, Juiz de Fora sentiu o forte saque do Sesi, porém se destacou no bloqueio: foram 10 pontos dos mineiros no fundamento contra três dos paulistas. O troféu VivaVôlei ficou com o ponteiro Douglas Souza que saiu de quadra com 17 pontos e o posto de maior pontuador da partida.

As duas equipes encerram sua participação na primeira fase da competição no próximo sábado (11) e, dependendo de seus resultados, podem voltar a se enfrentar na fase quartas-de-final. O JF Vôlei já assegurou a sétima posição na tabela, não podendo ser superado pelo oitavo colocado Lebes Gedore Canoas.

Sada poupa titulares e é superado por Taubaté

De olho nos playoffs, o Sada Cruzeiro foi ao Vale do Paraíba enfrentar o vice-líder Funvic Taubaté, na última quarta-feira (8), e poupou parte de seu elenco titular – o levantador William, o ponteiro Leal, o central Simon e o líbero Serginho não viajaram. Taubaté, que não tem nada com isso, aproveitou e fez uma bela partida, vencendo por 3×0, parciais de 25×20, 25×21 e 26×24. Esta foi a primeira derrota cruzeirense na competição.

Confira os resultados da 10ª rodada do returno da Superliga 2016/2017

08.03.2017
Montes Claros Vôlei 3 x 1 Caramuru Vôlei Castro (26×24, 25×17, 22×25, 25×19)
Copel Telecom Maringá Vôlei 3 x 0 Bento Vôlei Isabela (25×23, 25×23, 25×21)
Vôlei Brasil Kirin 3 x 1 São Bernardo Vôlei (14×25, 25×23, 25×19, 25×21)
Funvic Taubaté 3 x 0 Sada Cruzeiro (25×20, 25×21, 26×24)
Minas Tênis Clube 3 x 2 Lebes Gedore Canoas (25×20, 25×22, 26×28, 21×25, 15×11)

09.03.2017
Sesi-SP 3 x 1 JF Vôlei (25×16, 21×25, 25×21, 25×18)

Foto destaque: Karen Griz/Divulgação Sesi-SP

[Superliga] Mantendo a boa fase, Sesi vence Bento Vôlei de virada

Sem o ponteiro Murilo, lesionado, e o central Lucão, com uma virose, o Sesi-SP segue na vice-liderança da Superliga 2016/2017. A equipe da Vila Leopoldina venceu, em casa, o Bento Vôlei/Isabela, na noite de ontem (4) por 3×1 (21×25, 25×17, 25×23, 25×19). O troféu VivaVôlei ficou com Bruninho, eleito em votação no portal da CBV.

Com a derrota, o Bento Vôlei mantém os 15 pontos conquistados, dois a menos que o oitavo colocado Lebes Gedore Canoas. Na próxima quarta-feira (8), o time gaúcho enfrenta o Funvic Taubaté, no Vale do Paraíba. Enquanto o Sesi recebe o Montes Claros no mesmo dia.

O jogo

Logo no início da partida, o saque pesado do Sesi desestabilizou a recepção do Bento que errou dois ataques seguidos (3×0). O começo ruim fez com que o técnico Paulão queimasse seu primeiro pedido de tempo (4×0). Aos poucos, Bento se colocou na partida aproveitando seu volume de jogo e contra-ataques (9×7). O time visitante encostou no placar com um belo bloqueio do central Michel pra cima de Riad, empatando na sequência no contra-ataque de Clinty pela entrada de rede (10×10). Com o confronto equilibrado, nenhuma das equipes conseguia desgarrar no placar (15×15). O bloqueio do Bento Vôlei colocou os visitantes dois pontos na frente (17×19). Os donos da casa chegaram a empatar (20×20), porém dois erros de ataque seguidos do Sesi deram ao time gaúcho o set point (21×24). Com a defesa atenta, Clinty fechou o set para o Bento Vôlei no contra-ataque de meio-fundo (21×25).

2º set

A segunda parcial começou equilibrada e com rallys (6×4). Variando o saque, o Sesi conseguiu dificultar o passe e desacelerar o ataque de Bento (10×7). Com Bruninho no saque, o Sesi não desperdiçou as oportunidades e ampliou a vantagem no bloqueio simples de Douglas pra cima de Wagner (13×8). Errando ataques, Bento viu os paulistas abrirem nove pontos no marcador (17×8). Com a recepção falhando, Paulão colocou Deivid e Dante nos lugares de Gabriel e Clinty. Administrando a vantagem e jogando solto, o Sesi fechou o set em 25×17.

3º set

Os erros de saque dividiram a atenção no início da terceira parcial com a discussão entre os técnicos das duas equipes. Aproveitando os erros do Sesi, o time gaúcho abriu três pontos no marcador (6×9). Os paulistas encostaram com o bloqueio de Theo e Aracaju, parando o ataque do central Michel, e empataram no erro de ataque do meio-de-rede de Bento (10×10). No saque do levantador Bruninho, o Sesi passou à frente (19×18). Na reta final, uma bola duvidosa deu ao Sesi a vitória pela vantagem mínima (25×23).

4º set

Buscando salvar um ponto, Bento começou o 4º set quente no saque, desestabilizando o passe do Sesi (2×4). Com a marcação de bloqueio pesada, Bento foi ampliando a vantagem e forçou pedido de tempo de Marcos Pacheco (5×9). Aracaju e Douglas Souza recolocaram o Sesi no set após pegarem Wagner no bloqueio (9×10). Em um erro da arbitragem, Bento viu o Sesi empatar a parcial e passar à frente no ace de Bruninho (11×10). A entrada do ponteiro Vaccari deu novo gás ao Sesi que abriu quatro pontos (18×14). Sem grandes problemas, o Sesi fez 25×19 e garantiu os três pontos.

Sesi-SP
Bruninho, Theo, Fábio, Douglas Souza, Riad, Aracaju. Líbero: Serginho
Entraram: Alan, Rafinha, Leitzke, Vaccari
Técnico: Marcos Pacheco

Bento Vôlei/Isabela
Sandro, Wagner, Gabriel, Clinty, Ze Ricardo, Michel. Líbero: Daniel
Entraram: Deivid, Dante, Rivoli, Tarcísio
Técnico: Paulão

Fotos: Divulgação Sesi-SP/Facebook