[Sul-americano] Sada Cruzeiro conquista o pentacampeonato; Simon é MVP

A noite de sábado (3) em Montes Claros foi marcada pela bela apresentação do Sada Cruzeiro na final do Sul-americano Masculino de Clubes 2018. Diante de pouco mais de quatro mil espectadores, a Raposa levantou o seu quinto troféu de campeão continental (2012, 2014, 2016, 2017, 2018), igualando o Banespa e Paulistano em número de conquistas.

Na decisão, os cruzeirenses bateram o Lomas Voley por 3×0, parciais de 25×19, 25×18 e 25×20, e se garantiram no Mundial de Clubes. “A Polônia nos espera. Acredito que será muito legal jogar mais um Mundial no final do ano e esse era um dos nossos grandes objetivos. Mas antes disso precisamos pesar em fechar bem a temporada e concentrar todo o nosso trabalho na Superliga. Vamos com tudo! É hora de festejar bastante mais este título do Sul-Americano e desfrutar deste momento antes de voltar a trabalhar pelo próximo título”, comentou o central Simon.

WhatsApp Image 2018-03-04 at 11.26.49Além do título e da vaga para o Mundial, a equipe brasileira teve quatro jogadores escolhidos para a seleção do campeonato: o central Isac, o levantador Uriarte, o ponteiro Leon e o líbero Serginho. Completaram o time o oposto Lorena (Montes Claros), o ponta Lucas Ocampo (LomasVoley) e o central Jonadabe Carneiro (Lomas Voley). O central cubano do Sada Cruzeiro, Simon, levou o prêmio de melhor do campeonato.

MOC é bronze
Anfitriões da competição, o Montes Claros Vôlei venceu a disputa do terceiro lugar contra o Personal Bolívar (ARG). O Pequi Atômico fez 3×1, parciais de 26×28, 25×23, 25×23, 25×15.

Com informações da CSV, Lomas Voley e Sada Cruzeiro.
Foto destaque: Uarlen Valerio/O Tempo (via Sada Cruzeiro)
Foto interna: Reprodução Instagram Sada Cruzeiro

Anúncios

[Sul-Americano] Sada Cruzeiro passa fácil pelo UPCN e está em mais uma final

A equipe do Sada Cruzeiro está em mais uma final!  Jogando no Ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (MG), sede do Sul-americano de Clubes, a equipe mineira venceu os argentinos do UPCN San Juan por 3 sets a 0, parciais de (25×21, 25×19 e 25×23), e segue viva na briga pelo quarto título do continente.

O time celeste aguarda o resultado da partida entre Montes Claros e Bolívar, para saber quem será o adversário. A finalíssima será no sábado de carnaval (25), às 17h10, com transmissão do canal Sportv.

O JOGO

 O UPCN começou melhor na partida. Após excelente sequência de saques de Lazo e aproveitando os erros da equipe brasileira, quatro em nove pontos do adversário, os argentinos dominavam o marcador e o técnico Marcelo Mendez parou a partida (6×9. Porém, na volta à quadra, o San Juan continuou melhor e com dois pontos de bloqueio, Filardi e Gustavão, aumentou a diferença para cinco pontos (6×11). Na inversão de 5-1 pelo lado cruzeirense, Cachopa e Alan entraram e deram um novo ritmo para os mineiros, que diminuíram a desvantagem (13×14) e com dois aces seguidos de Simón viraram o marcador (15×14). O saque seguiu como melhor fundamento do Sada Cruzeiro e foi o diferencial para o time reagir e passar a comandar o placar da primeira parcial, que terminou com erro de ataque do UPCN San Juan (25×21).

2º set

O segundo set começou quente, após provocação na rede do ponteiro Leal, o juiz amarelou o jogador. Assim como aconteceu no set anterior, Lazo conseguiu outra boa sequência de saques (8×10). A parcial seguiu equilibrada, com as equipes com um bom percentual em ataques (16×16), do lado argentino, destaque para Uchikov.  Se o bloqueio cruzeirense não havia funcionando no primeiro set, nesse foram três, fundamento que contribuiu para o time brasileiro abrir vantagem no placar (21×18). Os ânimos na rede seguiram à flor da pele e foi a vez do árbitro amarelar o UPCN. Com dois pontos de saque de Simón, o time brasileiro fechoi mais um set (25×19).

3º set

Se Evandro não estava aparecendo muito no ataque, o jogador estava sacando e bloqueando muito bem, ajudando o Sada abrir o dobro de pontos do adversário logo no início do set (8×4). Precisando vencer para continuar com chances de disputar a final, o UPCN buscou uma reação e promoveu algumas mudanças na equipe (15×13). No ponto de saque de Filardi, os Hermanos diminuíram a desvantagem para apenas um ponto (21×20) e no bloqueio do central Gustavão, deixaram tudo igual (22×22).  O central Éder Levi veio para quadra e mercou um ponto direto no saque, tendo o primeiro match point da semifinal (24×22). Após saque errado do San Juan, o Cruzeiro fechou o set (25×23) e carimbou uma vaga na final do Sul-americano de Clubes.

EQUIPES:

Sada Cruzeiro: William, Leal, Rodriguinho, Evandro,Simon, Isac, e Serginho

Entraram: Cachopa, Alan, Éder Levi

Técnico: Marcelo Mendez

 UPCN San Juan : Brajkovic, Uchikov, Gustavão, Martín Ramos, Filardi, Lazo e Garrocq (líbero)

Entraram: Mariano, Guzmán,Martín

Técnico: Fabian Armoa

[Sul-americano] Sada Cruzeiro tem estreia tranquila contra Montes Claros

A segunda rodada do Sul-americano Masculino de Clubes prometia um grande clássico entre Montes Claros e Sada Cruzeiro no ginásio Tancredo Neves, na noite de ontem (22). Porém, o que vimos foi uma partida abaixo do normal para o Montes Claros. Os donos da casa foram superados pelos cruzeirenses por 3×0 (21×25, 23×23, 15×25), em partida válida pelo Grupo A da competição.

Enquanto o Sada Cruzeiro foi bastante eficiente no ataque e saque, o Pequi Atômico não conseguiu consistência no passe durante a partida – apesar da boa atuação no 2º set – e pecou bastante no sideout.

UPCN San Juan e Personal Bolívar venceram suas partidas e hoje (23) disputam o primeiro lugar do Grupo B, às 20h.

Confira a tabela completa e os resultados:

21.02.2017 – Terça-feira
16h45 – Bolívar 3 x 0 Unilever (GRUPO B)
18h15 – UPCN 3 x 0 San Martín (GRUPO B)
20h15 – Montes Claros Vôlei 3 x 0 Bohemios (GRUPO A)

22.02.2017 – Quarta-feira
17h – Bolívar 3 x 0 San Martín (GRUPO B)
18h30 – UPCN 3 x 1 Unilever (GRUPO B)
20h – Sada Cruzeiro x Montes Claros Vôlei (GRUPO A)

23.02.2017 – Quinta-feira
17h – Unilever x San Martín (GRUPO B)
18h30 – Sada Cruzeiro x Bohemios (GRUPO A)
20h – UPCN x Bolívar (GRUPO B)

24.02.2017 – Sexta-feira
17h – Definição 5º lugar: 3º Grupo A x 3º Grupo B
19h – SEMIFINAL I: 1º Grupo B x 2º Grupo A
21h – SEMIFINAL II: 1º Grupo A x 2º Grupo B

25.02.2017 – Sábado
A definir – 3º Lugar
A definir – FINAL

Foto: Ana Flávia Goulart/Divulgação Sada Cruzeiro

[Sul-americano] Com direito a 25×10, Cruzeiro atropela Taubaté e conquista o tri

O que se esperava era um confronto equilibrado entre as duas melhores equipes da Superliga Masculina, mas não foi o que vimos na noite desse domingo (21), em Taubaté. Na final do Sul-americano de Clubes, o Sada/Cruzeiro venceu o Funvic/Taubaté por 3×0 (25/20, 25/21 e 25/10), no ginásio do Abaeté.

Apesar do apoio da torcida, o Taubaté se perdeu nos próprios erros e na marcação cruzeirense, e viu a chance de disputar o Mundial de Clubes escapar. Com o título, o Sada/Cruzeiro garante a vaga no Mundial, onde defenderá o título.

Campeão do Sul-americano no ano passado, o UPCN (ARG) venceu o Bolívar (ARG) por 3×0, parciais de 27/25, 28/26 e 25/13, e garantiu o 3º lugar no pódio.

Seleção do campeonato repleta de brasileiros

Entre os eleitos para a seleção do campeonato somente um dos escolhidos não foi um brasileiro. Apesar de ser oposto, o búlgaro Nikolay Uchikov, do UPCN, dividiu o posto de melhor ponteiro com o brasileiro Lucarelli. Já o MVP da competição foi o cubano-brasileiro Leal, do Sada/Cruzeiro. Confira abaixo a lista completa dos melhores do Sul-americano 2016.

Seleção do Sul-americano 2016

Ponteiros: Lucarelli (Funvic/Taubaté) e Uchikov (UPCN)

Centrais: Isac (Sada/Cruzeiro) e Deivid (Funvic/Taubaté)

Levantador: William (Sada/Cruzeiro)

Oposto: Wallace (Sada/Cruzeiro)

Líbero: Felipe (Funvic/Taubaté)

MVP: Leal (Sada/Cruzeiro)

[Sul-americano] Brasileiros e argentinos se enfrentam nas semifinais

UPCN foi superado pelo Bolívar na tarde de sexta-feira. (Foto: Rafinha Oliveira/Funvic Taubaté)

No duelo argentino na última rodada classificatória do Sul-americano de Clubes, o Bolívar venceu o UPCN por 3×0 (25-19, 25-22 e 25-22) e garantiu o primeiro lugar do Grupo A. A equipe de Javier Weber enfrenta hoje (20), às 19h, no ginásio do Abaeté, o dono da casa e segundo colocado do Grupo B, Funvic/Taubaté, em busca de uma vaga na grande final de domingo.

Com a derrota, o UPCN terminou a primeira fase na segunda colocação do Grupo A e pega o Sada/Cruzeiro na outra semifinal. Em 2015, o título foi decidido entre as duas equipes e o UPCN levou a melhor sobre os cruzeirenses. “Temos que ter muito cuidado para este jogo contra o UPCN. Nós já conhecemos o time deles muito bem, têm muito volume defensivo, é chato de se enfrentar, então temos que ter paciência nos momentos de definição, porque eles são osso duro de roer. Perdemos na final do último Sul-Americano na casa deles, com ginásio lotado, quando eles jogaram muito bem. E nós temos que pensar naquele dia para entrar com tudo amanhã [sábado], apostar no nosso saque, no nosso ataque e trabalhar bem na defesa também. Mas vamos com força máxima e tem tudo para dar certo, para que a gente possa chegar a mais uma final”, analisou o ponteiro do Cruzeiro, Filipe.

Na TV

As semifinais e final do Sul-americano serão transmitida no EI Maxx2, canal a cabo da rede Esporte Interativo. Clique aqui para conferir as operadoras que possuem o canal em sua grade.

Tabela – Sul-Americano de Clubes

Quarta-feira – 17/02

16h – Perless (PER) 0 x 3 UPCN (ARG) – Grupo A

18h – Funvic Taubaté 3 x 0 San Martín (BOL) – Grupo B

20h – Bohemios (URU) 0 x 3 Sada Cruzeiro – Grupo B

Quinta-feira – 18/02

16h – Bolívar (ARG) 3 x 0 Perless (PER) – Grupo A

18h – Bohemios (URU) 3 x 0 San Martín (BOL) – Grupo B

20h – Funvic Taubaté 1 x 3 Sada Cruzeiro – Grupo B

Sexta-feira – 19/02

16h – UPCN (ARG) 0 x 3 Bolívar (ARG) – Grupo A

18h – Funvic Taubaté 3 x 0 Bohemios (URU) –  Grupo B

20h – Sada Cruzeiro 3 x 0 San Martín (BOL) – Grupo B

Semifinais – Sábado – 20/02

17h – Sada Cruzeiro x UPCN

19h – Funvic Taubaté x Personal Bolivar

Final – Domingo – 21/02

16h – Disputa 3º lugar

19h – Final

Com informações do Sada/Cruzeiro e CSV

[Sul-americano] Cruzeiro vence duelo nacional e garante vaga nas semifinais

O Sada/Cruzeiro conquistou na noite de ontem (18) a vaga nas semifinais do Campeonato Sul-americano de Clubes após vencer, de virada, o Funvic/Taubaté por 3 sets a 1 (20×25, 25×20, 25×19 e 25×23). Com 16 pontos anotados, o ponteiro da equipe mineira, o cubano Leal, dividiu o posto de maior pontuador com o também ponteiro, Lucarelli (Funvic/Taubaté).

Na abertura da segunda rodada – pelo Grupo A –, o Bolívar (ARG) passou pelo Peerless (PER) por 3×0 (25×11, 25×16 e 25×15).

A fase classificatória se encerra nesta sexta-feira e terá o confronto entre UPCN e Bolívar, líder e vice-líder do Campeonato Argentino, respectivamente. As equipes definem o primeiro colocado do Grupo A do Sul-americano. Pelo Grupo B, o Bohemios (URU) também fez 3×0 em cima do San Martín (BOL).

Formato

As sete equipes se dividem em dois grupos onde os dois primeiros colocados se classificam para as semifinais que serão realizadas no sábado (20). O campeão garante vaga para o Mundial de Clubes. UPCN, Bolívar e Peerless estão no Grupo A. Já o Grupo B é formado por Funvic/Taubaté, Sada/Cruzeiro, Bohemios e San Marin.

Tabela Fase Classificatória

17/02
16h – Peerless 0 x 3 UPCN
18h – Funvic/Taubaté 3 x 0 San Martin
20h – Sada/Cruzeiro 3 x 0 Bohemios

18/02
16h – Bolivar 3 x 0 Peerless
18h – Bohemios 3 x 0 San Martin
20h – Funvic/Taubaté 1 x 3 Sada/Cruzeiro

19/02
16h – UPCN x Bolivar
18h – Funvic/Taubaté x Bohemios
20h – Sada/Cruzeiro x San Martin

Foto: Sada Cruzeiro / Divulgação