[Sul-americano] Na briga pela vaga no Mundial, Brasil estreia nesta segunda (7)

Após breve descanso e treinamentos em Saquarema, a seleção masculina desembarcou no Chile onde disputa, a partir de hoje (7), o Sul-americano de Seleções. O torneio define uma das vagas diretas do continente para o Campeonato Mundial de 2018.

268677299_coleticatemucoO grupo comandado por Renan dal Zotto faz sua primeira partida às 22h (horário de Brasília), contra o Paraguai. Venezuela e Colômbia completam a chave do Brasil, que tem como sede a cidade de Temuco. No Grupo B, Argentina, Chile, Peru e Uruguai fazem seus confrontos em Santiago – a capital chilena também será a sede das finais. “O Brasil é o atual campeão olímpico, tem uma equipe muito forte, mas cada competição é diferente da outra. Para nós, o Sul-Americano tem uma importância muito grande. Neste momento, estamos bem, mas sabemos que, antes de pensar em uma final, temos que pensar jogo a jogo. Por isso, essa fase aqui em Temuco é muito importante”, disse Renan.

Favoritos no Grupo B e maior força ao lado do Brasil, a seleção Argentina chega embalada pelo título da Copa Pan-americana conquistado na última semana. Em 31 edições do torneio, o Brasil saiu campeão em 30 oportunidades.

Todas as partidas terão transmissão da Confederação Sul-americana de Voleibol, enquanto na TV teremos apenas as fases semifinais e final no Sportv.

Confira a tabela completa do Sul-americano 2017:

(Horário de Brasília)

07.08
20h – Colômbia x Venezuela
22h – Brasil x Paraguai
19h30 – Argentina x Uruguai
21h30 – Chile x Peru

08.08
20h – Colômbia x Paraguai
22h – Venezuela x Brasil
19h30 – Argentina x Peru
21h30 – Chile x Uruguai

09.08
13h – Venezuela x Paraguai
15h – Brasil x Colômbia
19h30 – Uruguai x Peru
21h30 – Chile x Argentina

10.08 – Semifinais: 19h30/21h30
11.08 – Final: 21h30

Com informações da CBV e CSV.
Foto destaque: CBV
Foto interna: CSV

Após a Liga Mundial, agenda cheia para a seleção masculina

Depois da conquista da medalha de prata na Liga Mundial, a seleção brasileira recomeçou seus trabalhos visando o Sul-americano no próximo mês. A competição, que será realizada no Chile entre os dias 7 e 11 de agosto, dará vaga para o Campeonato Mundial de 2018. “O Sul-Americano é mais uma competição onde a seleção brasileira entra para buscar o título. Mas, não podemos esquecer que o voleibol sul-americano tem crescido muito nos últimos anos e precisamos estar atentos a todos os adversários. Por isso, estamos nos preparando para chegar no Chile com o grupo pronto para disputar mais um título”, disse o técnico Renan dal Zotto.

Além do Sul-americano, o grupo comandado por dal Zotto fará dois amistosos com seleção americana nos dias 13 e 15 de agosto. O primeiro encontro será no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, e o segundo na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus. Os ingressos já foram colocados à venda. As partidas servirão de preparação para a Copa dos Campeões, última competição no calendário da seleção brasileira em 2017.

Com informações da CBV e FIVb.
Foto destaque: FIVb.

Brasil perde set, mas derrota chilenos

O oposto Evandro foi o maior pontuador do confronto, com 23 acertos (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

Tudo indicava que seria mais uma partida tranquila para o Brasil no Sul-americano em Maceió. O adversário do dia era o Chile, equipe formada por atletas amadores. Porém, os comandados de Bernardinho foram surpreendidos logo na primeira parcial.

Apesar da vitória ter vindo, os brasileiros deixaram a torcida apreensiva. Em quase duas horas em quadra, a seleção fechou o jogo em 3×1 (23×25, 25×18, 25×14 e 25×23) e garantiu vaga na semifinal.

Amanhã, às 18h15, Brasil e Venezuela decidem a primeira colocação no Grupo A. Os venezuelanos venceram a seleção peruana (3×1) e dividem a liderança no grupo.

Resultados 01/10/2015

Venezuela 3 x 1 Peru (20×25, 25×19, 26×24 e 11×25)
Colômbia 3 x 0 Guiana (25×22, 25×15 e 25×20)
Chile 1 x 3 Brasil (25×23, 18×25, 14×25 e 23×25)
Uruguai 0 x 3 Argentina (12×25, 16×25 e 16×25)

 

Jogos desta sexta-feira

12h45 – Peru x Chile
15h30 – Guiana x Uruguai
18h15 – Brasil x Venezuela
21h – Argentina x Colômbia

 

Fotos: Alexandre Arruda/CBV

 

Estreia tranquila para o Brasil no Sul-americano

Diante de tímida torcida em Maceió, a seleção brasileira passou fácil pela seleção peruana: 3×0 em uma hora de jogo, parciais de 25×8, 25×9 e 25×15. Sem poder contar com os ponteiros Lipe, Murilo e Maurício (lesionados), Bernardinho colocou Lucas Lóh e Kadu no time titular. Lucas Lóh, que nesta temporada retorna ao Brasil para defender o Brasil Kirin, terminou o confronto com 12 pontos, sendo o maior pontuador.

Lucas Lóh saiu de quadra como maior pontuador (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

Lucas Lóh saiu de quadra como maior pontuador (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

A próxima partida do Brasil será amanhã, às 18h, contra o Chile. O Sul-Americano é a penúltima competição para a seleção de Bernardinho antes dos Jogos do Rio. Em 2016, os brasileiros também disputam a Liga Mundial.

Argentina também vence

O dia terminou com a vitória argentina, em sets diretos (25×9, 25×9 e 25×13), em cima da fraca seleção da Guiana pelo Grupo B. Os argentinos foram responsáveis pela partida mais rápida do dia: 53 minutos.

Mais cedo, os colombianos derrotaram os uruguaios (3×0) e a Venezuela passou pelo Chile (3×1).

 

Confira os resultado do dia e os confrontos desta quinta-feira

30 de setembro
Colômbia 3 x 0 Uruguai (25×18, 25×18 e 25×18)
Chile 1 x 3 Venezuela (25×17, 17×25, 21×25 e 20×25)
Brasil 3 x 0 Peru (25×8, 25×9 e 25×15)
Argentina 3 x 0 Guiana (25×9, 25×9, 25×13)

Dia 1º de outubro
12h30 – Venezuela x Peru
15h15 – Colômbia x Guiana
18h – Chile x Brasil
21h – Uruguai x Argentina

 

Fotos: Alexandre Arruda/CBV