Maurício Bara: “O ginásio merece, a energia do ginásio merece”

Casa do JF Vôlei desde sua criação, em 2008, o ginásio da Faculdade de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) já recebeu campeões olímpicos e outras estrelas do voleibol mundial quando ainda eram promessas, e viveu, no último sábado (18), mais um momento histórico: a classificação da equipe mineira para os playoffs da Superliga Masculina. “A única coisa que me passou na cabeça quando estava 14 a 9, 14 a 10 foi o primeiro treino aqui quando o ginásio era velho”, palavras do idealizador do projeto e primeiro treinador do JF Vôlei, Maurício Bara, hoje diretor técnico da equipe.

dsc05886Na última temporada, o JF Vôlei terminou a competição na lanterna e só permaneceu na elite após vencer um torneio seletivo. Porém, o sonho dos playoffs já esteve próximo em duas oportunidades. “A gente sabia, no início do ano [temporada], que não era o objetivo principal – o principal era não cair, não é segredo –, mas as coisas foram acontecendo, os jogadores abraçando a ideia, o Henrique [Furtado] trabalhando de uma maneira espetacular com a comissão técnica. […] Tem a hora certa. Como perdemos a hora certa há dois, três anos quando nós perdemos a classificação nos jogos mais fáceis dentro de casa, deixando para reagir no final. Isso gera uma tensão natural e os meninos souberam lidar com isso de maneira espetacular. Agora vamos ladeira abaixo, soltar o freio de mão e ver até onde esse time vai”, avaliou Bara se referindo às campanhas das temporadas 2013/2014 e 2014/2015 quando a equipe ficou na nona posição.

Apoio local segue como desafio

A equipe surgiu como projeto de extensão da Faculdade de Educação Física e, em 2009, o JF Vôlei – que na época se chamava UFJF – disputou a Liga Nacional pela primeira vez. Dois anos depois foi vice-campeã da competição garantindo vaga para a Superliga. Apesar do acesso e permanência na Superliga A, conseguir apoio das empresas da cidade continua sendo um dos maiores desafios. “Não espero nada. A gente saiu de um time que jogava Jogos de Minas e passou para Liga Nacional e nada mudou; da Liga Nacional, fomos vice-campeões, subimos [para a Superliga], nada mudou; subimos para brigar por uma vaga nos playoffs e nada mudou; e agora não vai mudar. O trabalho não para. A única coisa que sei hoje é que vamos investir nossos esforços nas categorias de base. Fora isso é esperar”, comentou Bara.

Anúncios

Sada/Cruzeiro e Sesi vencem primeiro jogo das semifinais

Atuais campeões da Superliga, os mineiros do Sada/Cruzeiro venceram o primeiro jogo da semifinal contra o Minas por 3×1 (25×23,26×24,23×25 e 25×21). Wallace e Leal, ambos do Cruzeiro, dividiram o posto de maior pontuador da partida com 18 pontos cada um. O ponteiro Filipe recebeu o troféu Viva Vôlei. A segunda partida entre Cruzeiro e Minas será na segunda-feira, 30, na Arena Minas, às 18h30. Em caso de vitória dos donos da casa, a terceira partida da melhor de três será no dia 4 de abril.

 

 _ Sada/Cruzeiro é o atual campeão da Superliga. ( Foto: Lucilia Bortone)

_ Sada/Cruzeiro é o atual campeão da Superliga.
( Foto: Lucilia Bortone)

Do lado paulista, Sesi-SP levou a melhor, fora de casa, contra o Funvic/Taubaté também em quatro sets (25/21, 27/25, 28/30 e 25/19). O central Lucão foi eleito o melhor da partida. Na terça-feira, 31, o Sesi recebe o Taubaté, na Vila Leopoldina, com a esperança de fechar a conta da semifinal e garantir mais uma final da Superliga.

De virada, UFJF sofre derrota diante do Ziober/Maringá

por Luara Herédia

 

              Jogando na casa do adversário, o Vôlei UFJF foi derrotado por 1×3 pelo Ziober Maringá (25×22, 22×25, 18×25, 23×25) na noite desse sábado, 21, pela penúltima rodada do returno da Superliga 2014/2015.  Os maiores pontuadores foram o ponteiro Diogo, por Maringá, e o oposto Bergamo, pela UFJF. Ambos marcaram 19 vezes. Já o central Rodrigo Mudo, do time paranaense, foi considerado o melhor em quadra e ganhou o Troféu Viva Vôlei.

           O técnico Alessandro Fadul avaliou a partida: “Como esperávamos, foi um jogo extremamente difícil, bastante equilibrado. As duas equipes sacaram muito bem, o que foi um diferencial. Mas nos momentos decisivos dos sets, Maringá conseguiu dificultar nossa linha de passe e encaminhar a vitória. Agora precisamos vencer São Bernardo e aguardar o final da última rodada.”

  UFJF começou melhor, mas não conseguiu superar os donos da casa. (Foto:Ziober/Maringá- Divulgação)

UFJF começou melhor, mas não conseguiu superar os donos da casa.
(Foto:Ziober/Maringá- Divulgação)

O diretor técnico do Vôlei UFJF, Maurício Bara Filho, destacou que, apesar de Maringá ter feito uma partida muito consistente, ainda assim o jogo foi disputado de igual para igual. E já está convocando a torcida para o próximo compromisso da Federal: “O mais importante é que temos esperança de classificação na última rodada. Por isso convocamos a torcida para o jogo contra São Bernardo. Vamos lutar para vencer e conquistar nossa melhor campanha na Superliga até hoje, em termos de pontos e vitórias.”

 Chances de classificação

        Apesar de não ter pontuado, a Federal ainda tem chances de se classificar para os playoffs da competição. Para isso, precisa vencer a próxima partida no sábado, 28, às 21h30, contra o São Bernardo Vôlei, em Juiz de Fora. E torcer para Montes Claros e Voleisul Paquetá não pontuarem em seus jogos no mesmo dia – Montes Claros receberá o Brasil Kirin, enquanto Voleisul enfrentará, em casa, o Minas Tênis Clube.

*Texto: Assessoria de Imprensa Vôlei UFJF

UFJF vence São José e mantém as esperanças de classificação

por Luara Herédia

          O Vôlei UFJF conquistou mais uma importante vitória na noite desse sábado, 07. Jogando fora de casa, atropelou o São José por 0x3 (20×25, 16×25, 23×25) e ganhou mais três pontos na tabela, chegando a 23. Com isso, mantém vivas as chances de classificação para os playoffs da Superliga Masculina de Vôlei. O líbero Fábio Paes foi considerado o melhor em quadra e ganhou o Troféu Viva Vôlei. Os maiores pontuadores pela Federal foram Sérgio, com 18, e Bergamo, com 16 pontos. Pelo São José, Caio marcou 15 vezes.

          O levantador titular e capitão da equipe, Rodrigo Ribeiro, não teve condições de jogo devido a uma virose. Em seu lugar, jogou o levantador Victor Gelli, que foi bastante elogiado pelo técnico da UFJF, Alessandro Fadul: “O grupo todo está de parabéns, em especial o Gelli, que teve que entrar em uma situação complicada, já que o Rodrigo estava passando muito mal. Ele jogou muito bem e ajudou extremamente a equipe a conquistar a vitória.”

  UFJF vence fora de casa e ainda sonha com uma vaga entre os oito primeiros. (Foto: Assessoria São José Vôlei- site).

UFJF vence fora de casa e ainda sonha com uma vaga entre os oito primeiros.
(Foto: Assessoria São José Vôlei- site).

             Além disso,o técnico saiu mais uma vez satisfeito de quadra com o desempenho do seu time: “Imprimimos um ritmo de jogo forte do início ao fim. Sacamos muito bem, o que dificultou a saída de jogo por parte de São José e facilitou as nossas ações defensivas – nosso bloqueio e nossa defesa”, afirmou.

FAZENDO CONTAS

               Com a vitória, ao time de Juiz de Fora está em nono lugar, com 23 pontos, e mantém viva a possibilidade de uma classificação inédita para os playoffs (fase em que as oitos melhores equipes se classificam). Para isso, a Federal precisa  no mínimo vencer um de seus jogos (enfrenta Maringá no próximo dia 21, fora de casa e São Bernardo, dia 28, em Juiz de Fora) e  torcer para que Montes Claros, oitavo colocado,com 26 pontos, não vença nenhum dos seus dois jogos( a equipe enfrenta o Minas no Norte do estado e o Brasil/Kirin em Campinas.

*Texto: Assessoria de Imprensa Vôlei UFJF

UFJF conquista a primeira vitória fora de casa

por Luara Herédia

 

         A UFJF venceu nesta quarta, 19, seu primeiro jogo longe de sua torcida. Jogando em Montes Claros, norte de Minas Gerais. os juizforanos superaram os donos da casa por 1 x 3. Parciais de 22×25, 16×25, 25×23 e 20×25.

         O central Ialisson ganhou o Troféu Viva Vôlei como o melhor do jogo. Já Bergamo foi o maior pontuador da Federal, com 20 pontos, enquanto Polaco, com 15, foi quem mais marcou por Montes Claros.

O oposto Bergamo foi o maio pontuador da Federal, com 20 pontos. (Foto: Fredson Souza/ Montes Claros Vôlei)

O oposto Bergamo foi o maio pontuador da Federal, com 20 pontos.
(Foto: Fredson Souza/ Montes Claros Vôlei)

     Com a vitória, a Federal somou mais três pontos na tabela e, agora, está com seis. O próximo jogo será contra outro adversário direto na competição, o Voleisul Paquetá. O confronto está marcado para o próximo sábado, 22, às 19h, no Ginásio da Faefid, em Juiz de Fora.

 UFJF: Rodrigo Ribeiro (levantador), Bergamo (oposto), Ialisson e Victor Hugo (centrais), Manius e Sérgio (ponteiros), Tatinho (líbero).

Entraram: Gelli (levantador), Alemão (oposto) e Guinter (central).

Montes Claros: Rodriguinho (levantador), Léo (oposto), Acácio e Salsa (centrais), Polaco e Ceará (ponteiros).

(texto: Assesoria/ vôlei UFJF)

 Confira a classificação da Superliga 2014/2015:

_ (Fonte: CBV- Confederação Brasileira de Vôlei)

 

 

 

UFJF joga bem, mas não consegue superar o Sada/Cruzeiro

 por Luara Herédia

 

  _ A UFJF começou melhor, mas n~çao conseguiu parar o forte poder de ataque dos cruzeirenses. ( Foto: Lucilia Bortone)


_ A UFJF começou melhor, mas não conseguiu parar o forte poder de ataque dos cruzeirenses.
( Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei)

                   Jogando em casa, a UFJF foi derrotada pelo Sada/Cuzeiro, atual campeão da Superliga, por 3 sets a 1 (parciais de 28×26, 21×25, 20×25 e 21×25). Os maiores pontuadores da partida foram Wallace, pelo Sada/Cruzeiro, com 23 pontos, e Bérgamo, pela UFJF, com 15 . O central cruzeirense Isac ganhou o Troféu Viva Vôlei como o melhor do jogo.

                Agora, o time de Juiz de Fora tem dois jogos contra  adversários diretos na briga pela classificação aos playoffs. Na quarta-feira, 19, enfrenta o Montes Claros fora de casa. E no sábado, 22, pega o Voleisul Paquetá, em Juiz de Fora.

                  Satisfeitos contra a atuação diante da forte equipe cruzeirense, o central Victor Hugo afirmou que a equipe vem em uma crescente“: “Sustentamos bem a pressão deles nos primeiros sets. E estamos evoluindo a cada jogo, para atingir nosso objetivo que é chegar aos playoffs”.

                O técnico Chiquita também elogiou a sua equipe: “Perdemos para o campeão da Superliga, atual primeiro colocado e  uma  ótima  equipe. E  mesmo assim, eles  tiveram  muita  dificuldade  com  o  nosso jogo. Para confrontar com o Cruzeiro, temos que estar com a rodada de bola e o contra-ataque muito altos. E no primeiro set foi assim. Eles tiveram dificuldades para passar, mas se garantiram no ataque”, avaliou. Continuar lendo

UFJF estreia com derrota na Superliga 2014/ 2015

 

          A UFJF perdeu por 3 x 1 para o Minas Tênis Clube na partida de abertura da Superliga de Vôlei Masculino 2014/2015. O jogo, adiantado da segunda rodada da competição, foi realizado na Arena do Minas, em Belo Horizonte. As parciais foram de 25 x 17, 25 x 21, 23 x 25 e 26 x 24.

          A Federal começou a partida contra o Minas com Rodrigo Ribeiro (levantador), Bergamo (oposto), Ialisson e Victor Hugo (centrais), Manius e Sérgio (ponteiros), Tatinho (líbero). Também entraram Gelli (levantador), Alemão (oposto), Guinter (central) e Daivison (ponteiro). O desfalque foi o líbero Fábio Paes, que se recupera de uma lesão e nem viajou para Belo Horizonte. Os maiores pontuadores foram o cubano Escobar, pelo Minas, que marcou 23 vezes, e o oposto Alemão, da UFJF, que fez 16 pontos.

 ___  Jogando na Arena Minas, os donos da casa levaram a melhor por 3 sets a 1. Foto: ALexandre Arruda ( CBV) Foto;


___ Jogando na Arena Minas, os donos da casa levaram a melhor por 3 sets a 1.
Foto: ALexandre Arruda ( CBV)
Foto;

Próxima rodada

           A equipe de Juiz de Fora realiza na quarta-feira, 5, o primeiro jogo diante da sua torcida. O time vai receber o Brasil Kirin, de Campinas, às 20h, no Ginásio da Faefid (Faculdade de Educação Física e Desportos), no campus da UFJF.

             Os ingressos para a partida podem ser adquiridos na loja Camorra  loja Camorra, na Rua São João  e custam R$10, 00( meia entrada) e R$ 20, 00( inteira).