[Mundial de Clubes] Nova data, nova sede, nova fórmula

Após muita especulação, o Mundial Masculino de Clubes terá nova casa em 2017 e fugirá do calor brasileiro. O torneio será realizado entre os dias 11 e 17 de dezembro, na Polônia – em duas cidades a serem definidas –, e terá nova fórmula para definir os oito clubes participantes.

Além dos campeões continentais (América do Sul, Europa e Ásia), terão vaga: o vencedor da Liga Polonesa (anfitriões), dois campeões nacionais dos países melhores colocados no ranking da Federação Internacional de Voleibol (FIVb) e dois wild cards. Com a reformulação, o Mundial passa a privilegiar equipes mais fortes e o equilíbrio dentro da própria competição.

O torneio, assim como em edições anteriores, terá dois grupos com quatro equipes. As duas melhores colocadas avançam para as semifinais.

De volta ao calendário da FIVb em 2009, o Mundial de Clubes já teve como sedes Doha (Qatar), Betim (Brasil), Belo Horizonte (Brasil), São Paulo (Brasil), Milão (Itália), Parma (Itália) e Treviso (Itália). O Trentino é o maior campeão (quatro títulos), seguido pelo Sada Cruzeiro que venceu o torneio três vezes.

Campeões Mundial Masculino de Clubes

Betim 2016 – Campeão: Sada Cruzeiro (Brasil)
Betim 2015 – Campeão: Sada Cruzeiro (Brasil)
Belo Horizonte 2014 – Campeão: Belgorie Belgorod (Rússia)
Betim 2013 – Campeão: Sada Cruzeiro (Brasil)
Qatar 2012 – Campeão: Trentino (Itália)
Qatar 2011 – Campeão: Trentino (Itália)
Qatar 2010 – Campeão: Trentino (Itália)
Qatar 2009 – Campeão: Trentino (Itália)
Treviso 1992 – Campeão: Misura Mediolanum Milano (Itália)
São Paulo 1991 – Campeão: Il Messaggero Ravenna (Itália)
Milão 1990 – Campeão: Mediolanum Milano (Itália)
Parma 1989 – Campeão: Maxicono Parma (Itália)

 

Com informações da FIVb
Fotos: FIVb

[Mundial de Clubes] Enquanto Sada segue 100%, Minas sofre segunda derrota

alexisgonzlezofbolivarencourageshisteammatesO segundo dia do Mundial de Clubes começou com o clássico argentino UPCN e Bolívar. Em sua estreia na competição, o time comandado por Javier Weber fez 3×1 no UPCN em um duelo emocionante, com parciais de 33×31, 22×25, 30×28 e 27×25. “Estou muito feliz porque esta foi uma partida importantíssima para nós, muito emocional em vários aspectos. Viemos de um torneio ruim na Argentina na última semana e precisávamos jogar como jogamos hoje contra novo arquirrival, um time bem formado e preparado. Trabalhamos bem nos contra-ataques e apesar de não termos marcado muitos pontos, estivemos fortes mentalmente para trabalhar as jogadas”, avaliou Weber.

Sem poder contar com o ponteiro Filipe, que se lesionou na partida de ontem (18), o Sada Cruzeiro não teve dificuldades para vencer o Tala’ea El-Geish. A equipe brasileira fez 3×0, com parciais de 25×18, 25×20, 25×15. “Estamos jogando muito bem, mas penso que temos melhorar bastante ainda nosso saque, nosso ataque, temos que melhorar. O Zenit Kazan é um dos favoritos e temos que jogar muito bem para enfrentá-los. Meu compatriota Leon é um grande jogador, e não somente ele, mas todo o time. Mas temos que trabalhar bem e fazer nosso jogo amanhã”, afirmou o central Simon.

Mais cedo, o Minas não conseguiu se recuperar da derrota para o UPCN e caiu diante o Trentino por 3×0 (25×23, 25×19, 25×23). O time de Belo Horizonte segue sem vencer um set e olha de longe o sonho de uma vaga nas semifinais.

O Mundial de Clubes segue com transmissões ao vivo da Federação Internacional e dos canais ESPN e Sportv.

Resultados

Terça-feira – 18/10

Zenit Kazan 3 x 0 Tala’ea El-Gaish

Minas Tênis Clube 0 x 3 UPCN San Juan

Sada Cruzeiro 3 x 0 Taichung Bank

Quarta-feira – 19/10

Bolívar 3 x 1 UPCN San Juan

Diatec Trentino 3 x 0 Minas Tênis Clube

Sada Cruzeiro 3 x 0 Tala’ea El-Gaish

Quinta-feira – 20/10

15h – Tala’ea El-Gaish x Taichung Bank

17h30 – Diatec Trentino x Bolívar

20h – Sada Cruzeiro x Zenit Kazan

Sexta-feira – 21/10

15h – Bolívar x Minas Tênis Clube

17h30 – Zenit Kazan x Taichung Bank

20h – UPCN San Juan x Diatec Trentino

Sábado – 22/10 – Semifinais

15h – 1º do Grupo A x 2º do Grupo B

18h – 2º do Grupo A x 1º do Grupo B

Domingo – 23/10 – Final

14h – Disputa de 3º lugar

16h15 – Decisão

Grupo A

Sada Cruzeiro (BRA)

Taichung Bank (TPE)

Tala’ea El-Gaish (EGY)

Zenit Kazan (RUS)

Grupo B

Bolivar (ARG)

UPCN San Juan (ARG)

DIATEC Trentino (ITA)

Minas Tênis Clube (BRA)

Com informações da FIVb e Sada Cruzeiro
Fotos: FIVb

[Mundial] Sada Cruzeiro estreia com vitória; Minas é derrotado

Em menos de uma hora, o Sada Cruzeiro, atual campeão do Mundial de Clubes fez o dever de casa e venceu o Taichunk Banco, do Taipé Chinês, por 3-0 (25×10, 25×16, 25×13), em partida disputada no ginásio Divino Braga, em Betim (MG).

A superioridade cruzeirense era visível, o que foi demonstrado nos números da partida. Foram 11 pontos de saque dos brasileiros contra apenas um dos asiáticos. No ataque a diferença fica ainda mais evidente, foram 44 pontos nesse fundamento para o Sada e apenas 18 do adversário. O maior pontuador da partida foi o ponteiro Leal, com 16 acertos e 80% de aproveitamento de ataque.

taichungbankschienchenchenspikesagainsttheblock

_ Leal foi o destaque do confronto. (Foto: FIVB/Divulgação)

Com a partida longe de ser complicada, o técnico Marcelo Mendez aproveitou para mexer bastante em sua equipe, dando a chance para o ponteiro Rodriguinho, o levantador Cachopa e o oposto Renan atuarem mais na partida.  Nesta quarta-feira (19), às 19h, o Cruzeiro volta à quadra, desta vez diante do Tala’ea El-Gaish, do Egito.

Minas estreia com derrota para argentinos

 O time minas-tenista foi superado pelo UPCN da Argentina por 3 sets a 0(25×22, 25x 18 e 25x 18).

Com dificuldades em parar os ataques do oposto búlgaro Nikolay Uchikov e do meio de rede Martin Ramos, que marcaram 12 e 11 pontos, respectivamente, o time brasileiro

yordanbissetofminastenisclubefacesthedoubleblock-1

_Bisset foi o maior pontuador, mas não impediu a derrota do Minas. (Foto: FIVB/Divulgação)

pareceu nervoso em quadra e cometeu muitos erros. Mesmo com a derrota, o oposto cubano Yordan Bisset foi o maior pontuador do jogo, com 13 pontos de ataque.

A derrota dificultou o caminho do Minas na competição, para continuar sonhando com uma classificação, os mineiros precisam vencer nesta quarta-feira (19), o Trentino, sendo que a equipe italiana é um dos favoritos a conquistar o Mundial. A partida será às 16h30, com transmissão do Sportv e Espn +.

Zenit Kazan vence com facilidade

No jogo de abertura do Mundial de Clubes, o time russo do Zenit Kazan, atual campeão europeu e um dos favoritos ao título, não encontrou dificuldades para vencer o Tala’ea El-Geish do Egito por 3 a 0 (25×14,25×19 e 25×15).

maximmikhaylovofzenitkazanspikesovertheblock

_ O oposto Mikhaylov  ataca por cima do bloqueio egípcio para marcar mais um ponto. (Foto: FIVB/Divulgação)

Recheados de astros do voleibol mundial, como o cubano naturalizado polonês Wilfredo Leon, o americano MattAnderson, além do russo Maxim Mikhaylov, que foi o maior pontuador do confronto com 11 pontos, o Zenit foi superior em todos os fundamentos, com destaque para o bloqueio, 10 pontos contra zero dos adversários.

Com o resultado, Zenit e Sada Cruzeiro lideram o grupo A, com três pontos conquistados. Os russos folgam na quarta-feira (19) e na quinta-feira (21), às 20h, têm um duelo direto pela liderança com o Sada Cruzeiro, atual campeão mundial.

[Italiano] Trentino e Piacenza encerram a 4ª rodada da SuperLega

O Diatec Trentino recebe, hoje (12), o LPR Piacenza pela 4ª rodada do Campeonato Italiano, no PalaTrento. No último fim de semana, o Trentino perdeu pro Perugia por 3×1, e o Piacenza foi derrotado, em casa, pelo Padova pelo mesmo placar.

Modena e Civitanova conquistam 3 pontos

Até agora, a 4ª rodada foi dominada pelos visitantes. Em todas as partidas, os donos da casa não conseguiram vencer seus confrontos.

Apesar de não contar com Ngapeth – suspenso pelo clube -, o DHL Modena venceu o Monza por 3×1 (25×23, 18×25, 20×25 e 17×25).

Forte candidata ao título, a equipe do Civitanova (antigo Macerata) passou pelo Padova e venceu por 3×1 (22×25, 25×16, 10×25 e 23×25).

Confira os resultados da 4ª rodada da SuperLega

Revivre Milano 2 x 3 Exprivia Molfetta
Tonazzo Padova 1 x 3 Cucine Lube Banca Marche Civitanova
CMC Romagna 1 x 3 Sir Safety Conad Perugia
Gi Group Monza 1 x 3 DHL Modena
Ninfa Latina 0 x 3 Calzedonia Verona

Diatec Trentino x LPR Piacenza – 12/11 às 20h30 (hora local)

 

Foto: Trentino Volley

[Italiano] Trentino passa pelo Padova e assume a liderança da SuperLega

No último fim de semana, o Trentino venceu o Padova por 3×1 (25×15, 25×22, 23×25 e 25×23) e assumiu a liderança do Campeonato Italiano. O central argentino, Sebastian Solé (Trentino), foi eleito o melhor da partida e o ponteiro/oposto Stefano Giannotti (Padova) terminou a partida como maior pontuador, com 25 pontos.

Na próxima rodada, Padova pega o Piacenza, fora de casa, na esperança de fazer seus primeiros pontos no campeonato. Enquanto o Trentino viaja para enfrentar o Perugia. Antes, nesta quinta-feira (5), a equipe de Trento faz sua primeira partida pela Champion’s League contra o Noliko Maaseik da Bélgica.

As equipes do Modena, Latina e Civitanova também conquistaram a segunda vitória na competição e estão empatados, com cinco pontos, na vice-liderança do Italiano.

Confira os resultados da 2ª rodada da SuperLega italiana

Diatec Trentino 3 x 1 Tonazzo Padova

Calzedonia Verona 0 x 3 DHL Modena

Revivre Milano 0 x Sir Safety Conad Perugia

Ninfa Latina 3 x 2 Gi Group Monza

Cucine Lube Banca Marche Civitanova 3 x 1 LPR Piacenza

Exprivia Molfetta 3 x 0 CMC Romagna

Foto: Trentino Volley

Modena derrota Trentino e é campeão da Supercopa italiana

Vettori foi eleito melhor em quadra e foi o maior pontuador do confronto (Foto: Modenavolley.it)

Na abertura da temporada na Itália, o Modena, de Bruninho, Lucão e Ngapeth, venceu o Trentino por 3×2 (35×37, 25×23, 25×23, 23×25 e 15×11) e levantou o troféu da Supercoppa diante de cinco mil torcedores no sábado (24). A partida, que foi realizada no PalaPanini em Modena, reuniu o Campeão Italiano 2014/2015 (Trentino) e o campeão da última edição da Copa Itália (Modena).

Em sua primeira partida oficial pela nova equipe, o central Lucão marcou 17 pontos. O italiano Luca Vettori, também do Modena, foi o maior pontuador da partida com 30 pontos.

Na terça (27), o Modena enfrenta Exprivia Molfetta pela 1ª rodada da SuperLega (Série A1).

Foto: modenavolley.it

MUNDIAL DE CLUBES: SADA/CRUZEIRO CONQUISTA O VICE-CAMPEONATO

Aequipe brasileira do Sada/Cruzeiro não conseguiu superar o favoritismo da equipe italiana do Trentino e ficou com o vice-campeonato do Mundial de Clubes, disputado no Qatar. Ao contrário do confronto entre as equipes na fase de grupo em queo Cruzeiro jogou de igual para igual diante da equipe tricampeã do Mundial, na final, o Trentino mostrou sua experiência ,atropelou o time brasileiro por 3 sets a 0. Parciais de 25/18, 25/15 e 29/27 e so tornou tetracampeão mundial.

O levatador william lamenta a derrota
Foto: FIVB

o Jogo:

A equipe brasileira entrou “respeitando” demais o adversário. Experiente, a equipe italiana dos jogadores Juantorena, Kaziyski e do brasileiro Raphael entrou solta e jogou a pressão para o lado brasileiro. O saque e ataque do Trentino funcionu muito bem. Sem dificuldades a equipe fechou o 1º set em 25 x18 .

2º set

O segndo set começou mais equilibrado, as duas equipes trocavam pontos, porém, o Cruzeiro voltou a cometer muitos erros e o Trentino aproveitou para abrir vantagem no marcador. Na segunda parada técnica , a equipe italiana tinha o dobro de pontos: 16 x 8. Administrando a larga vantagem, o Trentino fechou o set em 25 x 15 e abriu 2 sets a o, dando um passo largo para seu quarto título.

 

3º set

O terceiro set foi o mais equilibrado do jogo. o time brasileiro sabendo que era sua última chance para manter a chance do título inédito diminuiu seus erros e voltou a equilibrar a partida. POrém, do outro lado a experiente equiipe italiana não estava disposta a dar chances para o adversário. Na segunda parada técnica, o Trentino tinha umm ponto a frente do Sada: 16 x 15.

A equipe brasileira consegui liderar o set em 22 x 12, após um ponto de contra-ataque do central Douglas Cordeiro. O final de set seguiu eletrizante e a equipe brasileira teve chances de levar o set, porém, voltou a falhar na hora decisiva. Já a equipe italiana aproveitou suas chances, fechou o set em 29 x 27 e a partida em 3 sets a 0

 

Equipe do Trentino comemora seu 4º título consecutivo do Mundial de Clubes