[Sul-Americano] Sada Cruzeiro passa fácil pelo UPCN e está em mais uma final

A equipe do Sada Cruzeiro está em mais uma final!  Jogando no Ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (MG), sede do Sul-americano de Clubes, a equipe mineira venceu os argentinos do UPCN San Juan por 3 sets a 0, parciais de (25×21, 25×19 e 25×23), e segue viva na briga pelo quarto título do continente.

O time celeste aguarda o resultado da partida entre Montes Claros e Bolívar, para saber quem será o adversário. A finalíssima será no sábado de carnaval (25), às 17h10, com transmissão do canal Sportv.

O JOGO

 O UPCN começou melhor na partida. Após excelente sequência de saques de Lazo e aproveitando os erros da equipe brasileira, quatro em nove pontos do adversário, os argentinos dominavam o marcador e o técnico Marcelo Mendez parou a partida (6×9. Porém, na volta à quadra, o San Juan continuou melhor e com dois pontos de bloqueio, Filardi e Gustavão, aumentou a diferença para cinco pontos (6×11). Na inversão de 5-1 pelo lado cruzeirense, Cachopa e Alan entraram e deram um novo ritmo para os mineiros, que diminuíram a desvantagem (13×14) e com dois aces seguidos de Simón viraram o marcador (15×14). O saque seguiu como melhor fundamento do Sada Cruzeiro e foi o diferencial para o time reagir e passar a comandar o placar da primeira parcial, que terminou com erro de ataque do UPCN San Juan (25×21).

2º set

O segundo set começou quente, após provocação na rede do ponteiro Leal, o juiz amarelou o jogador. Assim como aconteceu no set anterior, Lazo conseguiu outra boa sequência de saques (8×10). A parcial seguiu equilibrada, com as equipes com um bom percentual em ataques (16×16), do lado argentino, destaque para Uchikov.  Se o bloqueio cruzeirense não havia funcionando no primeiro set, nesse foram três, fundamento que contribuiu para o time brasileiro abrir vantagem no placar (21×18). Os ânimos na rede seguiram à flor da pele e foi a vez do árbitro amarelar o UPCN. Com dois pontos de saque de Simón, o time brasileiro fechoi mais um set (25×19).

3º set

Se Evandro não estava aparecendo muito no ataque, o jogador estava sacando e bloqueando muito bem, ajudando o Sada abrir o dobro de pontos do adversário logo no início do set (8×4). Precisando vencer para continuar com chances de disputar a final, o UPCN buscou uma reação e promoveu algumas mudanças na equipe (15×13). No ponto de saque de Filardi, os Hermanos diminuíram a desvantagem para apenas um ponto (21×20) e no bloqueio do central Gustavão, deixaram tudo igual (22×22).  O central Éder Levi veio para quadra e mercou um ponto direto no saque, tendo o primeiro match point da semifinal (24×22). Após saque errado do San Juan, o Cruzeiro fechou o set (25×23) e carimbou uma vaga na final do Sul-americano de Clubes.

EQUIPES:

Sada Cruzeiro: William, Leal, Rodriguinho, Evandro,Simon, Isac, e Serginho

Entraram: Cachopa, Alan, Éder Levi

Técnico: Marcelo Mendez

 UPCN San Juan : Brajkovic, Uchikov, Gustavão, Martín Ramos, Filardi, Lazo e Garrocq (líbero)

Entraram: Mariano, Guzmán,Martín

Técnico: Fabian Armoa

[Sul-americano] Primeira rodada sem surpresas; Sada Cruzeiro estreia hoje (22)

O Sul-americano Masculino de Clubes começou ontem (21) sem surpresas em Montes Claros, norte de Minas Gerais. A primeira rodada foi aberta com o confronto entre Personal Bolívar (ARG) e Club Unilever (PER), válido pelo Grupo B. Os argentinos venceram por 3×0 (25×16, 25×20, 25×12) e o búlgaro Aleksiev terminou a partida como maior pontuador.

upcn_sanmartin_fredsonsouzamocCampeão em 2013 e 2015, o UPCN San Juan (ARG) também estreou com vitória. A equipe de Fabián Armoa não teve dificuldades para fazer 3×0 diante do Club San Martin (BOL), parciais de 25×13, 25×19 e 25×10.

O primeiro dia do Sul-americano se encerrou com o triunfo dos donos da casa, o Montes Claros Vôlei, também por 3×0 (25×15, 25×9, 25×21), em cima do Bohemios (URU). Diante de sua torcida, o Pequi Atômico aproveitou a partida para dar mais ritmo a jogadores do banco, poupando titulares para o clássico desta quarta-feira (22) com o Sada Cruzeiro.

Confira a tabela completa do Sul-americano de Clubes:

21.02.2017 – Terça-feira
16h45 – Bolívar 3 x 0 Unilever (GRUPO B)
18h15 – UPCN 3 x 0 San Martín (GRUPO B)
20h15 – Montes Claros Vôlei 3 x 0 Bohemios (GRUPO A)

22.02.2017 – Quarta-feira
17h – Bolívar x San Martín (GRUPO B)
18h30 – UPCN x Unilever (GRUPO B)
20h – Sada Cruzeiro x Montes Claros Vôlei (GRUPO A)

23.02.2017 – Quinta-feira
17h – Unilever x San Matín (GRUPO B)
18h30 – Sada Cruzeiro x Bohemios (GRUPO A)
20h – UPCN x Bolívar (GRUPO B)

24.02.2017 – Sexta-feira
17h – Definição 5º lugar: 3º Grupo A x 3º Grupo B
19h – SEMIFINAL I: 1º Grupo B x 2º Grupo A
21h – SEMIFINAL II: 1º Grupo A x 2º Grupo B

25.02.2017 – Sábado
A definir – 3º Lugar
A definir – FINAL

Com informações da Confederação Sul-americana de Voleibol (CSV) e Montes Claros Vôlei
Fotos: Fredson Souza / MCV

[Mundial de Clubes] Enquanto Sada segue 100%, Minas sofre segunda derrota

alexisgonzlezofbolivarencourageshisteammatesO segundo dia do Mundial de Clubes começou com o clássico argentino UPCN e Bolívar. Em sua estreia na competição, o time comandado por Javier Weber fez 3×1 no UPCN em um duelo emocionante, com parciais de 33×31, 22×25, 30×28 e 27×25. “Estou muito feliz porque esta foi uma partida importantíssima para nós, muito emocional em vários aspectos. Viemos de um torneio ruim na Argentina na última semana e precisávamos jogar como jogamos hoje contra novo arquirrival, um time bem formado e preparado. Trabalhamos bem nos contra-ataques e apesar de não termos marcado muitos pontos, estivemos fortes mentalmente para trabalhar as jogadas”, avaliou Weber.

Sem poder contar com o ponteiro Filipe, que se lesionou na partida de ontem (18), o Sada Cruzeiro não teve dificuldades para vencer o Tala’ea El-Geish. A equipe brasileira fez 3×0, com parciais de 25×18, 25×20, 25×15. “Estamos jogando muito bem, mas penso que temos melhorar bastante ainda nosso saque, nosso ataque, temos que melhorar. O Zenit Kazan é um dos favoritos e temos que jogar muito bem para enfrentá-los. Meu compatriota Leon é um grande jogador, e não somente ele, mas todo o time. Mas temos que trabalhar bem e fazer nosso jogo amanhã”, afirmou o central Simon.

Mais cedo, o Minas não conseguiu se recuperar da derrota para o UPCN e caiu diante o Trentino por 3×0 (25×23, 25×19, 25×23). O time de Belo Horizonte segue sem vencer um set e olha de longe o sonho de uma vaga nas semifinais.

O Mundial de Clubes segue com transmissões ao vivo da Federação Internacional e dos canais ESPN e Sportv.

Resultados

Terça-feira – 18/10

Zenit Kazan 3 x 0 Tala’ea El-Gaish

Minas Tênis Clube 0 x 3 UPCN San Juan

Sada Cruzeiro 3 x 0 Taichung Bank

Quarta-feira – 19/10

Bolívar 3 x 1 UPCN San Juan

Diatec Trentino 3 x 0 Minas Tênis Clube

Sada Cruzeiro 3 x 0 Tala’ea El-Gaish

Quinta-feira – 20/10

15h – Tala’ea El-Gaish x Taichung Bank

17h30 – Diatec Trentino x Bolívar

20h – Sada Cruzeiro x Zenit Kazan

Sexta-feira – 21/10

15h – Bolívar x Minas Tênis Clube

17h30 – Zenit Kazan x Taichung Bank

20h – UPCN San Juan x Diatec Trentino

Sábado – 22/10 – Semifinais

15h – 1º do Grupo A x 2º do Grupo B

18h – 2º do Grupo A x 1º do Grupo B

Domingo – 23/10 – Final

14h – Disputa de 3º lugar

16h15 – Decisão

Grupo A

Sada Cruzeiro (BRA)

Taichung Bank (TPE)

Tala’ea El-Gaish (EGY)

Zenit Kazan (RUS)

Grupo B

Bolivar (ARG)

UPCN San Juan (ARG)

DIATEC Trentino (ITA)

Minas Tênis Clube (BRA)

Com informações da FIVb e Sada Cruzeiro
Fotos: FIVb

[Mundial] Sada Cruzeiro estreia com vitória; Minas é derrotado

Em menos de uma hora, o Sada Cruzeiro, atual campeão do Mundial de Clubes fez o dever de casa e venceu o Taichunk Banco, do Taipé Chinês, por 3-0 (25×10, 25×16, 25×13), em partida disputada no ginásio Divino Braga, em Betim (MG).

A superioridade cruzeirense era visível, o que foi demonstrado nos números da partida. Foram 11 pontos de saque dos brasileiros contra apenas um dos asiáticos. No ataque a diferença fica ainda mais evidente, foram 44 pontos nesse fundamento para o Sada e apenas 18 do adversário. O maior pontuador da partida foi o ponteiro Leal, com 16 acertos e 80% de aproveitamento de ataque.

taichungbankschienchenchenspikesagainsttheblock

_ Leal foi o destaque do confronto. (Foto: FIVB/Divulgação)

Com a partida longe de ser complicada, o técnico Marcelo Mendez aproveitou para mexer bastante em sua equipe, dando a chance para o ponteiro Rodriguinho, o levantador Cachopa e o oposto Renan atuarem mais na partida.  Nesta quarta-feira (19), às 19h, o Cruzeiro volta à quadra, desta vez diante do Tala’ea El-Gaish, do Egito.

Minas estreia com derrota para argentinos

 O time minas-tenista foi superado pelo UPCN da Argentina por 3 sets a 0(25×22, 25x 18 e 25x 18).

Com dificuldades em parar os ataques do oposto búlgaro Nikolay Uchikov e do meio de rede Martin Ramos, que marcaram 12 e 11 pontos, respectivamente, o time brasileiro

yordanbissetofminastenisclubefacesthedoubleblock-1

_Bisset foi o maior pontuador, mas não impediu a derrota do Minas. (Foto: FIVB/Divulgação)

pareceu nervoso em quadra e cometeu muitos erros. Mesmo com a derrota, o oposto cubano Yordan Bisset foi o maior pontuador do jogo, com 13 pontos de ataque.

A derrota dificultou o caminho do Minas na competição, para continuar sonhando com uma classificação, os mineiros precisam vencer nesta quarta-feira (19), o Trentino, sendo que a equipe italiana é um dos favoritos a conquistar o Mundial. A partida será às 16h30, com transmissão do Sportv e Espn +.

Zenit Kazan vence com facilidade

No jogo de abertura do Mundial de Clubes, o time russo do Zenit Kazan, atual campeão europeu e um dos favoritos ao título, não encontrou dificuldades para vencer o Tala’ea El-Geish do Egito por 3 a 0 (25×14,25×19 e 25×15).

maximmikhaylovofzenitkazanspikesovertheblock

_ O oposto Mikhaylov  ataca por cima do bloqueio egípcio para marcar mais um ponto. (Foto: FIVB/Divulgação)

Recheados de astros do voleibol mundial, como o cubano naturalizado polonês Wilfredo Leon, o americano MattAnderson, além do russo Maxim Mikhaylov, que foi o maior pontuador do confronto com 11 pontos, o Zenit foi superior em todos os fundamentos, com destaque para o bloqueio, 10 pontos contra zero dos adversários.

Com o resultado, Zenit e Sada Cruzeiro lideram o grupo A, com três pontos conquistados. Os russos folgam na quarta-feira (19) e na quinta-feira (21), às 20h, têm um duelo direto pela liderança com o Sada Cruzeiro, atual campeão mundial.

[Mundial de Clubes] Zenit Kazan vence UPCN e espera adversário da final

Zenit Kazan (RUS) e UPCN (ARG), entraram em quadra nesta sexta-feira (30), no Ginásio Divino Braga, em Betim (MG), para o primeiro jogo válido pelas semifinais do Mundial de Clubes. Em um jogo equilibrado, os sul-americanos até tentaram parar o favorito Zenit, mas a equipe russa demostrou em quadra que segue firme para brigar pelo título e confirmar o favoritismo. Vitória por 3 sets a 0, parciais de (25 a 23, 25 x 21 e 25 x 20).

O destaque da partida foi o cubano naturalizado polonês, Leon. O ponteiro passador do Zenit Kazan fez 21 pontos, sendo 14 de ataque, 2 de bloqueio e 5 de saque. No jogo, os russos marcaram 35 pontos de ataque, 12 de bloqueio e 9 pontos de saque, contra 31 pontos de ataque, 5 de bloqueio e apenas 1 ace, da equipe argentina.

Os europeus esperam o adversário da final, que será o vencedor da partida entre Sada/Cruzeiro (BRA) e Paykan Tehran (IRÃ), a ESPN transmite o confronto às 20 horas. A grande final do Mundial será no sábado (31), às 14h, com transmissão da ESPN. Antes, às 11h30 será realizada a disputa de 3º lugar.

O jogo

A equipe da Rússia começou de forma arrasadora no saque e no bloqueio (4 x 0), mas os argentinos não se entregaram e foram buscar o placar, aproveitando os erros de ataques cometido pelos Zenit (13 x 12).  Novamente com bons saques e bloqueios, os russos abriram vantagem (17 x 13), mas, de novo, o UPCN equilibrou o set (23 x 22). Após uma longa troca de bolas, o atacante Leon conseguiu pontuar, dando o set point para os europeus (24 x 22). À frente durante todo o primeiro set, o Zenit Kazan fechou (25 x23), em 27 minutos.

2º set

O time argentino começou a segunda parcial com mais ritmo de jogo, chegando no tempo técnico obrigatório à frente (5 x 8), mas a boa vantagem adquirida pelo UPCN diminuiu no segundo tempo técnico (15 x 16).  Os russos foram buscar o marcador e empataram o set (17 x 17). O equilíbrio do set permaneceu, mas, Aleksiev, jogador do UPCN, levar um cartão vermelho, o que significa ponto para o adversário, que passou à frente (19 x 18).  Embalados com a reação, o Zenit Kazan conquistou o segundo set (25 x 21), em 32 minutos.

3º set

Com um início de set mais equilibrado que os dois anteriores, as equipes chegaram no tempo técnico com o placar de (8×7) para o time russo. Determinados em encerar a partida, o Zenit pontuava no contra-ataque, o que permitiu a equipe abrir vantagem (16 x 13). Precisando vencer o set, o UPCN até encostou no marcador (16 x 15), mas, liderados pelo ponteiro Leon, que pontuou em todos os fundamentos e marcou dois pontos seguidos de saque, a equipe europeia se encaminhou sem dificuldades para fechar o set (25 x 20), e o jogo por 3 sets a 0, carimbando um lugar na final do Mundial de Clubes.

  • Foto: Federação Internacional de Voleibol(FIVB)

Equipes:

ZENIT KAZAN: Matthew Anderson, Nikolay Apalikov, Teodor Salparov, Wilfredo Leon, Igor Kobzar, Alexander Gutsalyuk, Maxim Mikhaylov

Entraram: Alexey Kuleshov

Técnico: Vladimir Alekno

UPCN SAN JUAN: Sebastian Garrocq, Nikolay Uchikov, Axel Jacobsen, Petar Krsmanovic Javier Filardi, Todor Aleksiev, Martin Ramos

Entraram: Pablo Guzman e Mariano Vildosola

Técnico: Fabian Armoa

[Mundial de Clubes] Com Vermiglio apartando briga, Paykan assegura liderança e enfrenta o Sada/Cruzeiro na semi

Apesar da noite desta quinta (29) não ter tido o Sada/Cruzeiro, a torcida marcou presença em Betim na última rodada da fase de grupos do Mundial. Na segunda partida da noite, o Paykan Tehran fez triplo 25×22 pra cima do UPCN e assegurou o 1º lugar da chave. Na semifinal, os iranianos enfrentarão o Cruzeiro, enquanto o UPCN pega o Zenit Kazan, que mais cedo venceu o Capitanes de Arecibo.

O oposto Ghafour foi peça chave na vitória do Paykan marcando 15 pontos, mesma pontuação de Aleksiev (UPCN). A equipe iraniana dominou os dois primeiros sets, caiu de rendimento durante o 3º, porém conseguiu incrível recuperação após ficar a quatro pontos dos argentinos (20×16) e diminuiu a vantagem para apenas um ponto. Abalados, os jogadores do UPCN pararam no bloqueio adversário e viram o set e a partida escaparem (22×25).

Confusão

Durante a troca de lado entre o 2º e 3º sets, um dos jogadores reservas do Paykan e o preparador físico do UPCN iniciaram uma discussão. O levantador, Valerio Vermiglio – famoso por suas provocações – foi apartar a briga, porém recebeu cartão amarelo. A punição também foi dada para o UPCN. Após a partida, a confusão foi entre as comissões técnicas das equipes.

Confira os confrontos das semifinais

30 de outubro

17h30 – Zenit Kazan x UPCN

20h – Sada/Cruzeiro x Paykan Tehran

Transmissão: ESPN e ESPN+

Foto: FIVb