JF Vôlei é campeão dos Jogos de Minas

Após encerrar participação no Campeonato Mineiro, a equipe do JF Vôlei se concentrou na disputa dos Jogos de Minas. Em Itabira, o time de Juiz de Fora venceu Três Corações por 3×0 (25×21, 27×25 e 25×23) e conquistou seu quarto título da competição. Na disputa do 3º lugar, a equipe juvenil do Sada/Cruzeiro venceu Montes Claros por 3×0 (25×14, 25×14 e 25×20).

Para Alessandro Fadul, treinador do JF Vôlei, a conquista veio num momento importante: “Tem um sabor especial. Estamos passando por uma fase de reconstrução e readaptação do nosso projeto. Além disso, viemos de um Campeonato Mineiro em que não conseguimos vencer; superamos adversários tradicionais, como Uberlândia e Sada/Cruzeiro – representado por sua equipe sub-21 -, e, por fim, Três Corações, que foi a ‘pedra no nosso sapato’ durante o estadual. O título certamente aumenta a nossa autoconfiança para o decorrer da temporada”.

O caminho até o taça não foi nada fácil. Mas a rotina desgastante de jogos e os duros adversários não foram os únicos obstáculos. Donna, esposa do ponteiro Phillip Fuchs, precisou passar por cirurgia de urgência em Itabira. Acompanhando-a, o jogador não pode participar de duas partidas. “Isso mexeu muito com o grupo. Deu um significado muito especial à conquista”, ressaltou Fadul.

O JF Vôlei também enfrentou “fogo amigo”: o ponteiro Renato Hermely, contratado após o Campeonato Mineiro, disputou os Jogos de Minas por Três Corações, seu antigo time. As duas equipes fizeram um acordo: “Três Corações só aceitou liberar o Renato caso ele disputasse a etapa estadual dos Jogos e a semifinal do Mineiro por eles”, explica Fadul. Os times se enfrentaram duas vezes em Itabira, com Renato em quadra em ambas as ocasiões. Três Corações chegou a vencer na segunda-feira, pela chave B, o que não se repetiu na quinta: “Felizmente, deu tudo certo e ganhamos a final!”, comemora o treinador. O ponteiro já treina com os novos colegas desde o dia 29 de setembro, em Juiz de Fora.

 

Confira a classificação final:

1) Juiz de Fora (JF Vôlei)

2) Três Corações

3) Sada/Cruzeiro (BH)

4) Montes Claros

*Com informações da Assessoria de Comunicação do JF Vôlei e boletim dos Jogos de Minas

Atualizada em 16/10/2015 às 11h59

 

Após oito anos, vôlei da UFJF muda de nome

por Lucilia Bortone

Em encontro com a imprensa e patrocinadores, a direção do Vôlei UFJF apresentou uma série de mudanças, a começar pelo nome: agora o time passa a se chamar Juiz de Fora Vôlei. Durante o evento também foram apresentados os novos uniformes de jogo e a estruturação do projeto, que continua vinculado ao programa de extensão da Faculdade de Educação Física da UFJF.

O novo ciclo do JF Vôlei busca consolidar o projeto tendo como algumas de suas metas a ampliação de escolinhas de vôlei na cidade e a promoção de cursos de capacitação.

Novas parcerias e velhos desafios

Se no início da temporada o clima era de tensão por conta da drástica diminuição de verba para o projeto e da dificuldade em conseguir apoio de empresas locais, a direção do Juiz de Fora já respira um pouco mais aliviada. “O que consolidamos hoje foi uma luta de dois meses e 110 visitas a empresas. Isso já dá um alívio para a continuidade da temporada, sabendo que o que vier nos permitirá novas ações”, disse o diretor do projeto, Maurício Bara. Ao todo, foram confirmados 19 colaboradores, entre patrocinadores e parceiros.

Enquanto as novidades dão novo gás ao JF Vôlei, um desafio persiste: fechar o elenco com o orçamento apertado. “Ainda precisamos de três peças para compor o elenco, porém já não tem tanta gente no mercado. Temos que avaliar de acordo com a nossa realidade”, completou Bara.

Três Corações vence UFJF na estreia do Mineiro

Foto: Cristiano Lemos/UninCor Vôlei

UninCor/Três Corações e Vôlei UFJF se enfrentaram ontem pela primeira rodada do Campeonato Mineiro, em Três Corações. No confronto, no Ginásio Pelezão, os donos da casa levaram a melhor e fecharam a partida em 3×2 (25×27, 25×11, 19×25, 25×22, 15×12). Ainda sem poder contar com o oposto Ricardo Faccin, o técnico da UFJF, Alessandro Fadul optou por deslocar o ponteiro Philip para a função de oposto e utilizar o líbero Fábio Paes como atacante.

Enquanto a UFJF só retorna às quadras no dia 2 de setembro contra Montes Claros, o Três Corações vai a Belo Horizonte enfrentar o Minas Tênis Clube na próxima quinta-feira, 27.

 

Confira a tabela da competição:

21/ago – sex – 19:30 – Unincor/Três Corações 3 x 2 UFJF
27/ago – qui – 19:00 – Minas Tênis Clube x Unincor/Três Corações
29/ago – sáb – 19:00 – Montes Claros Vôlei x Unincor/Três Corações
02/set – qua – 20:00 – Montes Claros Vôlei x UFJF
09/set – qua – 19:30 – Unincor/Três Corações x Sada Cruzeiro
10/set – qui – 19:00 – Minas Tênis Clube x Montes Claros Vôlei
10/set – qui – 19:30 – Unincor/Três Corações x Sada Cruzeiro
12/set – sáb – 17:00 – Minas Tênis Clube x UFJF
12/set – sáb – 19:00 – Unincor/Três Corações x Montes Claros Vôlei
13/set – dom – 10:00 – UFJF x Minas Tênis Clube
18/set – sex – 20:00 – UFJF x Sada Cruzeiro
19/set – sáb – 11:00 – Montes Claros Vôlei x Minas Tênis Clube
20/set – dom – 11:00 – UFJF x Unincor/Três Corações
23/set – qua – 20:00 – UFJF x Montes Claros Vôlei
25/set – sex – 20:00 – Sada Cruzeiro x Montes Claros Vôlei
26/set – sáb – 19:00 – Sada Cruzeiro x UFJF
26/set – sáb – 19:00 – Unincor/Três Corações x Minas Tênis Clube
30/set – qua – 19:00 – Minas Tênis Clube x Sada Cruzeiro
03/out – sáb – 18:00 – Montes Claros Vôlei X Sada Cruzeiro
13/out – ter – 20:00 – Sada Cruzeiro X Minas Tênis Clube

 

UFJF sofre primeira baixa no elenco

Amanhã, 15, o Vôlei UFJF se apresenta oficialmente à sua torcida em amistoso com a equipe do Flamengo, porém o time juiz-forano não irá contar com o oposto Alemão. O atleta, que estava emprestado ao São Bernardo, não fará mais parte do elenco da Federal. O jovem Álvaro, revelado pelo Bom Pastor/UFJF, assumirá a posição para o amistoso de sábado.

Ricardo Faccin (10) será o novo oposto da UFJF (Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei – arquivo)

Em entrevista do portal Toque de Bola, o técnico da UFJF, Alessandro Fadul, confirmou a contratação de Ricardo Faccin. O jogador atuou pelo Volta Redonda na temporada 2013/2014 sob o comando de Alessandro Fadul.

O amistoso deste sábado será o primeiro teste da equipe na temporada. Com entrada franca, UFJF e Flamengo entram em quadra às 16h no ginásio da Faefid.

 

 

* com informações da Assessoria de Comunicação do Vôlei UFJF

UFJF joga bem, mas não consegue superar o Sada/Cruzeiro

 

por Luara Herédia

        A UFJF fez outro jogo bem equilibrado contra o Sada Cruzeiro nesse sábado, 17 – desta vez, pela Superliga Masculina de Vôlei. A equipe campeã brasileira venceu a Federal por 3×1, no Ginásio do Riacho (Contagem/MG), com parciais de 25×21, 25×22, 22×25 e 25×22. O oposto cruzeirense Wallace foi o maior pontuador da partida, com 19, enquanto o ponteiro Sérgio foi quem mais marcou pela UFJF, com 16 pontos. E o Troféu Viva Vôlei foi conferido ao ponteiro Filipe, eleito pela Comissão Técnica do Sada como o melhor em quadra.

O ponteiro cruzeirense Filipe(18) foi o maior pontuador do confronto. (Foto:Lucilia Bortone)

O ponteiro cruzeirense Filipe(18) foi o maior pontuador do confronto.
(Foto: Assessoria Sada/Cruzeiro- Reprodução Facebook)

         O técnico Alessandro Fadul afirmou que “a equipe do Sada foi ofensiva do início ao fim do jogo, sacando muito bem e exigindo muito da nossa linha de passe e do nosso ataque. Mas conseguimos corresponder e jogar de igual para igual. Os sets foram decididos em detalhes.” Fadul fez uma avaliação dos dois jogos contra o Sada Cruzeiro realizados nessa semana (pela Copa Brasil e pela Superliga): “Saímos de Contagem fortalecidos pelo desempenho que tivemos nos nove sets disputados contra o Sada. Precisamos continuar trabalhando, dando sequência ao que estamos fazendo, para conseguirmos manter este padrão de jogo contra os próximos adversários. Se conseguirmos, isso vai gerar resultados positivos.”

*Texto:  Assessoria de Imprensa Vôlei UFJF

UFJF estreia na Copa doo Brasil de Vôlei

por Luara Herédia

         A equipe do Vôlei UFJF viaja nesta noite para Montes Claros, onde disputará, no domingo, 04, a partida de estreia na Copa do Brasil de Vôlei. A classificação inédita para a competição foi conquistada com o oitavo lugar no turno da fase classificatória da Superliga Masculina 2014/2015. O jogo será contra o time da casa, no domingo, às 18h, no Ginásio Tancredo Neves. O sistema de disputa é eliminatório, com uma partida por fase. Portanto, quem vencer seguirá em frente e jogará contra o Sada Cruzeiro na segunda etapa da Copa do Brasil.

 O time de Juiz de Fora enfrenta Montes Claros. ( Foto: Luciia Bortone)

O time de Juiz de Fora enfrenta Montes Claros.
( Foto: Luciia Bortone)

       O novo técnico da Federal, Alessandro Fadul, relacionou 14 jogadores para a viagem (ver quadro na próxima página). É que, após o jogo pela Copa do Brasil, a equipe juiz-forana vai direto para Campinas, onde enfrentará, na quarta-feira, 7, o Brasil Kirin, pela Superliga. A expectativa de Fadul é de uma partida muito disputada contra Montes Claros: “Sabemos que será um jogo difícil, pois a equipe de Montes Claros vem evoluindo muito durante a temporada. Mas não é impossível sairmos de lá com uma vitória. Inclusive, conseguimos fazer isso no turno da Superliga. Nosso grupo está muito focado em readquirir um bom ritmo de jogo, em buscar um bom desempenho e lutar, até o fim, por uma vitória em Montes Claros. Vamos lutar para fazer um bom jogo e conseguir o resultado positivo.”

         O diretor técnico do Projeto Vôlei UFJF, Maurício Bara Filho, destacou a motivação de disputar a Copa do Brasil pela primeira vez: “É uma competição nova para a UFJF e com formato diferente. Temos dois objetivos muito importantes para este jogo: primeiro, a vitória e, consequentemente, a classificação para a próxima fase; segundo, a recuperação da alma da equipe, para que consigamos levar isso vivo para as próximas fases da Copa e também para a sequência da Superliga.”

 *Texto: Assessoria de Imprensa Vôlei UFJF

UFJF tem novo técnico para a continuação da temporada

por Luara Herédia

           A partir de hoje, a equipe do Vôlei UFJF tem novo treinador. O até então auxiliar técnico Alessandro Fadul assume a equipe no lugar de Carlos Augusto Chiquita, que esteve no projeto por dois anos e meio.

Antes auxiliar técnico da UFJF, Alessandro Fadul agora é o técnico o time mineiro. ( Foto: Divulgação Vôlei UFJF).

Antes auxiliar técnico da UFJF, Alessandro Fadul agora é o técnico o time mineiro. ( Foto: Divulgação Vôlei UFJF).

         “É o momento de trocar o comando para seguirmos na Superliga”, afirmou o diretor técnico do Vôlei UFJF Maurício Bara Filho, que agradeceu a dedicação de Chiquita: “Só temos a agradecer ao Chiquita, que abraçou o projeto e agregou muito conhecimento e experiência”. O ex-treinador, inclusive, vai permanecer no Vôlei UFJF, em função a definir.
Sobre a escolha de Fadul para assumir o comando da equipe, Bara justificou que foi o primeiro nome a ser pensado: “Ele já conhece o grupo e o projeto. É um jovem treinador, mas já com experiência de Superliga. Inclusive levou o Volta Redonda a disputar os playoffs na temporada 2012/2013. A expectativa é que Fadul consiga as vitórias de que precisamos”.