Bola rápida – Amistosos do UPCN no Brasil e Mundial Masculino

Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei

Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei

– Mais uma vez o regulamento confuso do Campeonato Mundial Masculino apronta. Mesmo terminando com a melhor campanha da competição, a seleção brasileira perdeu o privilégio de continuar jogando em Katowice já que, após sorteio, a Polônia caiu no mesmo grupo do Brasil. Como sede do Mundial, a Polônia continuará mandando seus jogos em Lodz.

– UPCN retorna ao Brasil para uma série de amistosos contra o Vôlei UFJF e o Volta Redonda. Antes da viagem ao Brasil, a equipe argentina faz três jogos contra o clube Ciudad de Buenos Aires e contra a Seleção Argentina Sub-23.

– Após não conseguir classificar a Sérvia para o Final Six do Mundial da Polônia, Igor Kolakovic pediu demissão do cargo de treinador da equipe. Kolakovic estava à frente da seleção sérvia há oito anos.

UFJF vence Volta Redonda e sobe na tabela

por Luara Herédia

Equipe conquistou a sexta vitória na Superliga e ainda sonha com a classificação para os playoffs. - Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei

Equipe conquistou a sexta vitória na Superliga e ainda sonha com a classificação para os playoffs.
– Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei

A UFJF segue embalada nesta reta final do returno da Superliga e diante da torcida venceu o Volta Redonda por 3 sets a 1. Parciais de 17 x 21, 32 x 30, 21 x 19 e 21 x 14. Com o resultado, os mineiros conquistaram a sexta vitória na competição, somaram 19 pontos e pularam para o 9º lugar.

Os destaques de Juiz de Fora foram os ponteiro Dede com 17 pontos, e o levantador Rivoli, que levou o Troféu Viva Vôlei, dado ao melhor jogador da partida, que foi entregue pelo reitor da Universidade Federal de Juiz de Fora, Henrique Duque, que acompanhou a partida.

O supervisor da UFJF,Heglison Toledo, o professor Renato Miranda e o reitor, Henrique Duque comemoram a vitória . Foto: Lucilia Bortone

O supervisor da UFJF,Heglison Toledo, o professor Renato Miranda e o reitor, Henrique Duque comemoram a vitória .
Foto: Lucilia Bortone

A UFJF segue sonhando com a classificação para os playoffs (os oito primeiros colocados se classificam), mas não dependem apenas dos próprios resultados. A equipe volta à quadra no próximo sábado,22, para o penúltimo jogo do returno, contra o Kappensberg/Canoas, na casa do adversário. Com 31 pontos, o Canoas está em sexto lugar e já está garantido na próxima fase da Superliga.

O jogo
A partida já começou com um rally, que terminou em ponto para a UFJF, no ataque do ponteiro Dede. As equipes se alternavam à frente do marcador e Volta Redonda chegou à frente no primeiro tempo técnico 7 x 6. O jogo seguiu equilibrado e após bloqueio, os visitantes abriram dois pontos 14 x 12. O técnico de Juiz de Fora, Carlos Augusto “Chiquita” parou o jogo para tentar ajustar sua equipe, mas não evitou que o adversário saísse com a vitória no 1º set por 21 x 17.

2º set
O segundo set foi o mas eletrizante do confronto. A UFJF começou melhor e abriu 2 x 0. Na parada obrigatória , os mineiros venciam por 7 x 6. Mas na sequência do jogo, o Voltaço passou à frente e abriu 13 x 10. Com a torcida jogando junto a UFJF foi buscar o resultado e no erro do adversário deixou tudo igual em 16 pontos.Errando menos, a UFJF passou à frente no placar e teve a primeira chance de vencer o set 20 x 19. Porém, Volta Redonda não se entregou e deixou tudo igual em 20 x 20, e após excelente saque, retomou à frente do placar: 21 x 20. O set seguiu emocionante,com as duas equipes tendo oportunidade de vencer. Depois de quase 40 minutos de disputa, a UFJF fechou em 32 x 30, no bloqueio de Victor Hugo.

volta
3º set
Embalados com a vitória no set anterior, a UFJF abriu vantagem logo no início 3×1.Com dois pontos à frente, a UFJF liderava o set no primeiro tempo técnico por 7 x 5. Os donos da casa permaneceram à frente e no bloqueio de Jardel foram para a na parada técnica com 14 x 12. Na volta do jogo, o juiz deu cartão vermelho para o time fluminense, o que deu um ponto a mais para Juiz de Fora, 15 x 12. Com vantagem, o time mineiro fechou o set em 21 x 16 e virou o jogo para 2 sets a 1.

4º set
Determinados a fecharem o jogo, a UFJF começou de forma arrasadora e liderava por 6 x 2. Já Voltaço, precisando da vitória para levar a partida para o quinto set empatou em 7 x 7. No ponto se saque de Dede, a UFJF abriu dois pontos e no segundo tempo técnico liderava por 14 x 12. Os donos da casa aumentaram a vantagem para quatro pontos 16 x 12, e com folga no placar, fecharam o set em 21 x 14 e o jogo em 3 sets a 1.

uf final

Para conferir mais fotos da partida, clique aqui.

SUPERLIGA 2012/2013- UFJF SOFRE SUA SEGUNDA DERROTA

O time de vôlei da UFJF sofreu sua segunda derrota na Superliga 2012/2013. A equipe de Juiz de Fora chegou a liderar o jogo por dois sets a um, mas sofreu o empate e no tie-break a equipe de Volta Redonda jogou melhor e fechou a partida. Parciais de 25 x 18, 19 x 25, 25 x 21, 19 x 25 e 15 x 12. 

Equipe da UFJF vence o 1º set, mas leva a virada no jogo. Crédito: Lucilia Bortone

Equipe da UFJF vence o 1º set, mas leva a virada no jogo. Crédito: Lucilia Bortone

O jogo

A UFJF começou o jogo com uma novidade em seu time titular. O oposto Luan (maior pontuador do time no primeiro jogo) começou a  artida no lugar de Wanderson. Os outros titularam foram: os ponteiros Juninho e Japa, o líbero Fabio Paes, o levantador Gelinski e os centrais Aureliano e Robinho.

A equipe da UFJF começou com muito volume de jogo. No bloqueio simplesde Japa marcou 4×1. No primeiro tempo técnico do jogo, a equipe tinhatrês pontos de vantagem: 8 x 5. O central Robinho cravou o ataque :12 x 8, o técnico de Volta Redonda, Sérgio Ricardo parou o jogo. O experiente Ezinho atacou duas vezes e diminuiu o placar para 12 x 10,mas a UFJF se recuperou e depois do ataque de Luan foi para o tempo técnico com 16 x 11 no placar. O bloqueio do time mineiro amortecia os ataques do adversário e o time pontuava no contra-ataque: 18 x 14. A equipe fluminense errava muito. No erro de saque do Volta Redonda a UFJF fechou o set em 25 x 19.

2º set

O set começou equilibrado, no erro de levantamento de Gelinski, o Volta Redonda abriu dois pontos. Depois de mais um erro de jogada, o técnico do time mineiro, Maurício Bara parou o jogo quando o placar era 5 x 2 para o adversário. No erro de recepção, a equipe carioca foi com cinco pontos de vantagem: 8 x 3. Mais agressivo no saque , o time de Volta Redonda abriu sete pontos: 12 x 5.  Bara mexeu no time, Japa deu lugar ao ponteiro Hugo. O time de Juiz de Fora buscou a reaçãono placar e diminuiu a diferença para três pontos. Houve um princípio de confusão, após marcação duvidosa do árbitro. No segundo tempo técnico, o placar era 16 x 13 para a equipe carioca.

Crédito: Lucilia Bortone

Crédito: Lucilia Bortone

As equipes seguiam reclamando das marcações e jogadas. O árbitro puniu as equipes com o cartão amarelo.  A UFJF se desconcentrou no set e a equipe adversária aproveitou para ampliar o placar, no ace de Jônatas fez 21 x 14.  No errode saque de Gelinski, Volta Redonda  fechou o set em 25 x 18  empatou a partida.

 3º set

No erro de ataque da UFJF, o Volta Redonda abriu 2 x 0. No ataque de Juninho seguido do erro de ataque de Volta Redonda fizeram a UFJF passar no placar: 5 x 4. No bloqueio em cima de Ezinho, a vantagem no placar no tempo técnico era da UFJF: 8 x 5. Juninho no ace fez a equipe da casa ter o dobro de pontos do adversário: 10 x 5. No bloqueio duplo, a UFJF foi para o segundo tempo técnico com 16 x 12 no placar. Após mais um princípio de confusão , o Volta Redonda pediu tempo 19 x 13. Bara  colocou Clinty no lugar de Japa. No ataque de Luan , a UFJF fechou o set por 25 x 21.

4 °set

 A equipe de Juiz de Fora começou melhor o 4 ° set, decidido a fechar o jogo. No primeiro tempo técnico, o time tinha 8 x 4 no placar, mas a equipe de Volta Redonda não estava disposta a perder o jogo. Após o tempo técnico voltou melhor e em uma sequência de cinco pontos virou a partida para 9 x8. A virada no placar foi sentida pela equipe mineira, já a equipe carioca liderada por Ezinho aproveitou o momento e abriu vantagem no placar. Na segunda parada técnica obrigatória o time fluminense  liderava por 16 x 13.  

O técnico de Juiz de Fora colocou em quadra Wanderson e Ricardinho no lugar de Gelinski e Luan, mas o bloqueio do adversário funcionava bem. O central Alberto , no bloqueio simples fez 23 x 17 Volta Redonda. O ponteiro Clinty invadiu a linha dos três e assim , Volta Redonda fechou o 4 º set.

Tie-break

As equipes começaram o set decisivo do jogo trocando pontos, o bloqueio do time carioca continuava funcionando e no bloqueio duplo de Leonardo e Alberto a equipe abriu dois pontos: 6 x 4, fazendo o técnico da UFJF parar a partida. Na troca de lados Volta Redonda estava três pontos na frente: 8 x 5. A UFJF sentiu a pressão, nem o incentivo da torcida ajudou a equipe a se recuperar no set, em mais um erro de jogada do time da casa  o Volta Redonda abriu cinco pontos 12 x 7. No ataque do central Alberto, a equipe visitante fechou o set em 15 x 12  e o jogo por 3 sets a 2.

Confira momentos da partida. IMAGENS: Lucilia Bortone